MENU

9 de março de 2013 - 09:4924 Horas de Le Mans, Mundial de Endurance

ACO e FIA ratificam mudanças técnicas no regulamento da LMGTE

RIO DE JANEIRO - A reunião do Conselho Mundial da FIA, que aconteceu nesta semana em Genebra, na Suíça, ratificou algumas mudanças técnicas no regulamento das classes LMGTE do Campeonato Mundial de Endurance (WEC), com efeito imediato para o começo do campeonato de 2013. Essas medidas serão também implementadas nas 24 Horas de Le Mans.

Trata-se do BoP (Balance of Performance) realizado todos os anos para equilibrar a competitividade dos carros e, ao longo da temporada, seguidas mudanças são anunciadas de forma a fortalecer o equilíbrio entre os construtores inscritos – Porsche, Ferrari, Aston Martin e Corvette.

Então, vamos lá:

2013_Porsche_911GT3RSR-0-1536

Porsche

Os novos 911 (991) e os antigos 911 (997) terão um decréscimo de 35 kg em relação ao peso mínimo inicial, que por regulamento é de 1245 kg. A entrada de ar original do motor, com diâmetro de 28,6 mm, será aumentada. Todas essas modificações valem para as classes LMGTE-PRO E LMGTE-AM, é bom lembrar. Os dois modelos da marca de Stuttgart passarão também por uma diminuição da altura do aerofólio em relação à parte traseira dos carros em aproximadamente 100 mm.

large_99768

Ferrari

As F458 Italia perderão 10 kg de peso em relação ao peso mínimo da categoria. E seus tanques de combustível passarão dos 90 litros regulares para 85 litros – portanto, cinco litros a menos. Assim como os Porsches, a F458 terá uma redução de altura do aerofólio traseiro em 100 mm.

7401486364_2fd15f40f9_z

Aston Martin

Os Vantage V8 vão se beneficiar bastante neste BoP, pelo que dizem os números: peso mínimo reduzido em 40 kg; abertura da entrada de ar original do motor, medida em 28,3 mm, em mais 1,4 mm; o Gurney Flap do aerofólio traseiro foi reduzido em 10 mm e a capacidade do tanque de combustível do modelo britânico ganha mais cinco litros.

50-Corvette-Larbre1

Corvette

No C6-R, inscrito apenas na divisão LMGTE-AM, houve mudanças no peso (cinco quilos acima), na entrada de ar do motor – com mais 1,3 mm em relação aos originais 27,9 mm e a altura do aerofólio traseiro diminuirá 25mm a partir da extremidade traseira do carro.

5 comentários

  1. Elyeder disse:

    Ficou meio estranho essas medidas, os Aston Martin já eram mais rápidos em qualy e corrida, tendo como grande desvantagem em relação as 458 a autonomia, deixando ele mais leve, ele vai andar mais e teria uma autonomia maior em combustível, o consumo de combustível já deve ser menor por que a AMR modificou bastante seu carro para esse ano e o foco principal foi exatamente o consumo.

    Ja os Vette…é uma medida para segurar o Trovão, por que na AM ele sobrou.

    O novo 991 é uma incógnita, deve ser mais rápido que o antecessor, mais esse peso a mais nele também não justifica, já que ano passado o melhor carro foi a 458 seguida de perto pelo Aston
    vamos aguardar para ver…

    • geraldo101 disse:

      Os Porsche tiveram decréscimo de peso, não acréscimo. Mas essas medidas tbm me pareceram meio estranhas… vamos ver na pista, o que vai dar.

  2. Fernando disse:

    Desde que as novas regras de equalização sejam claras para todos, tudo bem…vide o ocorrido com o nosso brasileiro de Gran Turismo…falando nisso, Rodrigo, você viu que divulgaram a estreia para o Anhembi, na abertura da Indy? Com transmissão da Band, como na temporada 2011, não por coincidência, a melhor temporada que a categoria teve até hoje. Será que se arrependeram de tudo que foi feito no ano passado?

  3. Derci disse:

    Rodrigo desculpa por esse e-mail nao pertencer ao artigo acima mas gostaria de saber se existe uma matéria do BMW M1 com Nelson Piquet, agradeco seu fa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>