MENU

13 de março de 2013 - 12:12Outros

Perninha curta

RIO DE JANEIRO - Muito bem: e como vários já sabem, o “mautorista” da Ferrari que atropelou espectadores no TNT Street Race, aquela exibição do Felipe Massa no Aterro do Flamengo no último domingo, onde houve feridos, estava alcoolizado.

O sr. Adolfo Cardoso de Araújo, 55 anos de idade, bebeu cinco latinhas de cerveja antes de sentar no seu carro, que não custa menos que R$ 1,5 milhão e fazer o que fez no Rio de Janeiro. Além do atropelamento, soube-se que o cidadão é estelionatário, citado em inquéritos da Polícia Civil de São Paulo por falsidade ideológica.

Agora, fica a pergunta: a quem interessava dizer que o referido “mautorista” da Ferrari que atropelou e feriu gente no domingo não estava alcoolizado. Alguém tinha ouvido-o? A polícia foi consultada para dar o parecer definitivo? Em casos como este, de atropelamento, é praxe o exame toxicológico em quem está dirigindo. E por que não dizer a verdade?

Como quase sempre acontece, meus caros leitores, aí está: a mentira tem perninha curta. E, mais cedo ou mais tarde, ela aparece.

A confirmação de que o sr. Adolfo tinha bebido sua cervejinha – o que absolutamente não condeno, pois eu também gosto, embora tenha hora e lugar adequados para isso – comprova mais uma vez que se esse tipo de incidente acontece num autódromo, ele levaria o prejuízo sozinho, ninguém (exceto ele, talvez) se machucaria e não teríamos que ficar falando disto, lembrando que o fim de Jacarepaguá é culpa exclusiva da administração municipal do Rio de Janeiro e do sr. Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro.

3 comentários

  1. Hermes disse:

    e mesmo assim a justiça não vai ser feita afinal o estelionatário tem uma ferrari, por mais bandido que seja mais um “magnata bandido” pelas ruas livre no Brasil.

  2. J.E.Avila disse:

    O seo Gomes disse quase tudo em sua coluna,assino embaixo.

  3. Renato de M. Machado disse:

    é o meu mantra que falo todo dia para as pessoas; ninguém proibe ninguém de beber,mas beber e dirigir ,qualquer coisa até uma bicicleta ,definitivamente não dá certo,eu só queria perguntar só uma coisa a esse tipo de gente que faz isso?: voçê entraria num ônibus,em que o motorista tivesse bebido,para fazer um trajeto qualquer?,você deixaria um dentista cuidar do seu dente sabendo que ele tivesse bebido?você entraria com sua família num avião sabendo que o piloto tava de porre,e o co-piloto estivesse de ressaca?,sua família não te cobra postura de cidadão não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>