MENU

13 de abril de 2013 - 10:24Mundial de Endurance

Em treino confuso, Toyota faz 1-2 para as 6 Horas de Silverstone

RIO DE JANEIRO (atualizado às 10h41) – Como dizia o velho ditado, “de boas intenções o inferno está cheio”. Não adiantou muito mudar as regras da classificação do Campeonato Mundial de Endurance (WEC), já que a confusão reinou no circuito de Silverstone durante o treino que definiu o grid para a corrida deste domingo. Se havia quem não se entendesse com o que acontecia, imagine para quem – como eu – tentou acompanhar a transmissão pelo live timing. Uma confusão só.

Some-se a isso o fato de ter chovido no intervalo dos treinos das classes LMGTE-PRO e LMGTE-AM, que andaram juntas, e dos protótipos LMP1 e LMP2, o que deixou tudo ainda mais estranho, confuso e sem sentido. Pensem bem: pode até ser ‘interessante’ para uma categoria formar seu grid pela média das quatro voltas mais rápidas – duas de cada um dos dois pilotos que agora qualificam. Mas eu confesso que já senti saudade do sistema antigo: um piloto só andando, a melhor volta de todas é a pole e estamos conversados. Só que a FIA adora complicar…

529541_436992826387295_890030809_n

Enfim, deixemos a confusão de lado e vamos ao que interessa: a primeira fila do grid é inteirinha da Toyota, o que não deixa de ser uma surpresa, porque nos três treinos livres os TS030 Hybrid não lideraram nenhuma das sessões. Com o tempo médio das quatro voltas na casa de 1’48″021, o carro #7 de Alex Wurz/Nicolas Lapierre vai liderar o pelotão de 31 carros neste domingo, ao lado do #8 de Sébastien Buemi/Stéphane Sarrazin/Anthony Davidson.

O Audi R18 e-tron quattro de Tom Kristensen/Allan McNish/Loïc Duval vai largar da 3ª posição, com o surpreendente Lola Toyota #12 da Rebellion Racing ao seu lado, graças a uma excelente performance de Nick Heidfeld na qualificação. Os campeões Marcel Fässler/Bénoit Tréluyer/Andre Lotterer saem da quinta colocação.

2012-6-Heures-de-Silverstone-MOTOR-RACING-02113802-017_hd

Na LMP2, deu Delta-ADR/G-Drive Racing na cabeça: o #25 de Antonio Pizzonia/James Walker/Tor Graves ficou com a pole position, no tempo médio de 1’55″148. Em segundo ficou o Morgan LMP2 Nissan #24 de Alex Brundle/Olivier Pla/David Heinemeier-Hänsson e a terceira posição foi do Oreca #26 de Roman Rusinov/John Martin/Mike Conway (foto acima). A boa surpresa foi o desempenho dos dois Lotus T128 – quarto e quinto na divisão, surpreendendo porque o carro andou muito pouco na pré-temporada.

Entre os modelos Grã-Turismo, a Aston Martin cravou a pole para as duas classes em disputa, fazendo as honras da casa. Na LMGTE-PRO, Darren Turner e Stefan Mücke, companheiros do brasileiro Bruno Senna, foram os responsáveis pelas voltas de qualificação, pondo o #97 à frente dos outros cinco carros da divisão, com o tempo médio de 2’00″566, 11º na geral. De acordo com uma informação anterior, o Porsche #92 de Romain Dumas/Richard Lietz/Marc Lieb teria sido o segundo mais rápido no cômputo das quatro voltas mais rápidas, mas a posição pertence mesmo ao Aston #99 de Fred Makowiecki/Pedro Lamy/Paul Dalla Lana. O 3º colocado foi o outro Porsche, o #91 de Timo Bernhard/Patrick Pilet/Jörg Bergmeister.

Já na LMGTE-AM, o #96 de Jamie Campbell-Walter/Stuart Hall/Roald Goethe foi absoluto, figurando como o carro mais rápido do grupo, em dobradinha com o #95 de Christoffer Nygaard/Kristian Poulsen/Allan Simonsen. A terceira posição ficou com a Ferrari F458 #61 da AF Corse, do trio Jack Gerber/Matt Griffin/Marco Cioci, seguida da #81 da 8Star Motorsports, de Enzo Potolicchio/Rui Águas/Philipp Peter. O Corvette #50 do brasileiro Fernando Rees e seus parceiros franceses Patrick Bornhauser/Julien Canal foi o quinto colocado da divisão.

O grid de largada está aqui.

5 comentários

  1. geraldo101 disse:

    Eu já esperava essa confusão.

    Não adianta, treino precisa ter o formato mais simples possível, o que permite que todo mundo acompanhe e entenda o que se passa. Dois pilots, média de volta? Ah, faça-me o favor.

  2. Nino Rainier disse:

    É a parte da parceria ACO-FIA que eu não gosto que são as idéias da FIA. Eles só dão idéia tosca. Deviam ficar no canto deles com a F1 lá. Faz a parceria só pra pegar os lucros disso, mas deixa que a ACO toca o negócio. E vamos tirar essas barbatanas dos carros. KKKKKK

  3. efsantos disse:

    esse campeonato terá transmissão na tv? como acompanhar ao vivo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *