MENU

8 de abril de 2013 - 20:19Motovelocidade

Espanha 100% em Losail

RIO DE JANEIRO – O mundo inteiro sabe que a Espanha é hoje o país mais representativo da Motovelocidade com quatro corridas no calendário, várias equipes do país e dezenas de pilotos – alguns muito bons e promissores, outros nem tanto. Então, para nenhuma surpresa, as vitórias do fim de semana de corridas da abertura da temporada 2013 em Losail, no Catar, foram todas de pilotos daquele país.

2013-qata-moto3-results

A Moto3, que abriu os trabalhos com um grid repleto de jovens valores e caras novas, teve um domínio absoluto dos espanhóis ao longo das 18 voltas da disputa. O único que tentou se intrometer na seara dos conterrâneos de Salvador Dalí foi o alemão Jonas Folger, que acabou em 5º lugar, mas a apenas 0″916 de Luis Salom, que liderou quando foi necessário e e levou os primeiros 25 pontos do ano num final de arrepiar.

Maverick Viñales, estreando pelo Team Calvo, chegou a 0″417 de Salom, trazendo Alex Rins – líder do maior número de voltas durante a disputa –  em terceiro a seis milésimos dele. Álex Márquez, irmão do fenômeno da MotoGP Marc Márquez – outro que chegou a comandar a corrida, aliás –  chegou em quarto e completou a quadrifeta espanhola em Losail.

No best of the rest, o malaio Zulfahmi Khairuddin terminou na 6ª colocação, atropelando o português Miguel Oliveira, em boa estreia com a Mahindra, nos metros finais da disputa. Arthur Sissis, Niki Ajo e Efrén Vázquez completaram o grupo dos 10 primeiros.

Nenhum dos novatos na Moto3 pontuou: o alemão Philipp Öttl chegou na 17ª colocação, três postos à frente da espanholinha Ana Carrasco. Eric Granado caiu para antepenúltimo na largada e não conseguiu fazer uma única ultrapassagem ao longo das 18 voltas. Só ficou à frente de Hyuga Watanabe e Lorenzo Baldassarri, completando num modestíssimo 26º lugar.

PolEspargaro-01

A Moto2 teve Pol Espargaró, o grande favorito ao título, no topo do pódio. Mas não foi fácil para o piloto da equipe dirigida por Sito Pons chegar à vitória: Takaaki Nakagami, da Italtrans, largou bem da primeira fila e comandou a corrida até a 9ª volta, quando seus pneus acabaram e ele começou a perder terreno para Espargaró e Scott Redding. Só o britânico da Marc VDS Racing ofereceu alguma resistência ao espanhol e a luta entre os dois durou até o fim: o piloto da Pons Kalex número #40 derrotou o rival da moto #45 por 0″844 de segundo.

moto2_fp2_nakagami_original

Nakagami ainda salvou o pódio em Losail, chegando seis segundos à frente de Dominique Aegerter. Mika Kallio e Julián Simón completaram os seis primeiros colocados na Moto2, com Simone Corsi em 7º, Alex De Angelis em oitavo, Esteve “Tito” Rabat em nono e Xavier Siméon completando os dez mais bem classificados.

Boas performances de Jordi Torres em 11º e Marcel Schrötter em 13º, contrastando com o obscuro 15º posto de Toni Elias e a estreia do campeão da Moto3 Sandro Cortese fora dos pontos, com o décimo-sétimo posto. Outros pilotos que decepcionaram foram o espanhol Sérgio Gadea e o japonês Yuki Takahashi, que também ficaram bem longe da zona de pontuação.

podiomotogp

A cereja do bolo foi, sem nenhuma dúvida, a MotoGP. Embora Jorge Lorenzo tenha vencido com alguma folga, a grande atração do domingo foi o 2º lugar do Dottore Valentino Rossi que, aos 34 anos, mostrou que ainda tem dentro de si o imenso talento que o fez campeão mundial nove vezes em quatro diferentes categorias, além de vencer 105 corridas em 16 anos no Mundial de Motovelocidade. Não à toa, quando subiu ao pódio, foi ovacionado como nos velhos tempos.

valentino-rossi-motogp-qatar-gp-yamaha-racing

Após baixar para 7º na segunda volta, Rossi empreendeu uma recuperação que fez jus ao seu histórico. Superou Andrea Dovizioso, Stefan Bradl, Cal Crutchlow e depois a dupla da Honda. Marc Márquez, em grande estreia na MotoGP, só perdeu o segundo posto na 20ª das 22 voltas previstas.

img63753-1365186773-v580x435

Aliás, o pódio do piloto da moto #93, mais do que um cartão de visitas, é uma mostra de que Pedrosa vai ter trabalho para superar o jovem companheiro de time e atual campeão da Moto2. E, se bobear, sei não…

A destacar alguns duelos “internos” durante a corrida entre algumas escuderias: Dovizioso foi melhor que Nicky Hayden na Ducati de fábrica e Andrea Iannone, também em boa estreia, superou Ben Spies na Pramac. Aleix Espargaró, com a 12ª colocação, foi o melhor entre os pilotos com as máquinas CRT, superando Randy De Puniet, seu companheiro de equipe. O colombiano Yonny Hernández e o japonês Hiroshi Aoyama marcaram os últimos pontos do domingo.

No dia 21 acontece a 2ª etapa, o GP das Américas, em Austin, no Texas. A nova pista estadunidense deverá ser palco de corridas excepcionais nas três categorias. Tomara que eu não esteja errado no meu julgamento.

7 comentários

  1. Zé Maria disse:

    Rossi mostrou a todos ( Lorenzo inclusive!) que ainda tem café no bule. . .e muito!
    Queria ver o que seria se não fosse obrigado a remar o que remou após o erro que o relegou à 7a posição.
    Pedrosa. . .melhor procurar o que fazer em 2014. . . Marquez mesmo sendo estreante, vai simplesmente atropelá-lo. . .
    Que venha Austin. . .

    Zé Maria

    PS: e “Il Dottore” foi humilde o suficiente para retornar à Yamaha como o ” número 2″ do time oficial de fábrica!

  2. edufiorini disse:

    Estou torcendo pelo Pedrosa, mas se ele não conseguir superar o Marquez é melhor arrumar outra equipe para 2014.

  3. Eduardo disse:

    Bela corrida do Rossi. Espero que ele lute pelo título esse ano.

  4. Mefistófeles disse:

    Se em 8 anos Pedrosa Cry Baby que teve tudo, desde a vantagem de largar bem por ser o piloto mais leve, sempre equipe de ponta,até mudaram regulamento baixando de 1.000cc para 800cc e voltando depois para 1.000 não será agora que será campeão, logo logo vai terminar andando de CRT ou no máximo em equipe stélite.

  5. wellington disse:

    nossa o Marquez e bom mesmo

  6. Tiago PW disse:

    Caro Rodrigo, boa tarde!

    Só uma pequena correção: O Eric teve um problema na volta de apresentação e teve de largar em último por causa disso!

    Abs, paz e luz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *