MENU

1 de abril de 2013 - 15:50Motovelocidade

Mundial de Motovelocidade 2013 – Quem é quem, Moto3

RIO DE JANEIRO – Vai começar no próximo domingo, com a já tradicional etapa noturna de Losail, no Catar, o Mundial de Motovelocidade. Um campeonato dos mais aguardados, em todas as três categorias em disputa – Moto3, Moto2 e MotoGP, pelo nível de competitividade que deveremos ver ao longo do ano, até novembro.

As equipes tiveram o inverno para testar com os novos contratados, desenvolver seus equipamentos e trabalhar os acertos. Agora é punho colado no acelerador e joelhos ralando no asfalto! O blog vai mostrar a partir de hoje quem são as equipes e os pilotos que vão estar presentes em toda a temporada. Começamos pela Moto3, que vai para seu segundo ano como a sucessora da extinta 125cc, com suas máquinas de 250cc e  motores quatro tempos – onde terermos o brasileiro Eric Granado em seu primeiro ano completo na modalidade.

Confiram!

#3 MATTEO FERRARI (Itália)
Equipe Ongetta-Centro Seta
Moto: FTR-Honda
Idade: 16 anos (12/02/1997)
Estreante no Mundial de Motovelocidade

3-MatteoFerrari

O novato Matteo Ferrari, de apenas dezesseis anos de idade, chega credenciado ao Mundial de Moto3 pelo título europeu conquistado no ano passado. Vai competir pela equipe Ongetta, já tradicional nas categorias de base, com uma FTR-Honda. Como os holofotes estão direcionados aos pilotos mais rodados, digamos assim, ele não é sequer cotado entre os favoritos. Mas é sempre bom ficar de olho no que pode fazer. Afinal, ninguém é campeão de um certame continental por acaso.

#4 FRANCESCO BAGNAIA (Itália)
Equipe: San Carlo Team Italia
Moto: FTR-Honda
Idade: 16 anos (14/01/1997)
Estreante no Mundial de Motovelocidade

4-Bagnaia

Tão jovem quanto seu compatriota Matteo Ferrari, Francesco Bagnaia faz também sua primeira aparição no Mundial de Motovelocidade, pela equipe que tem o apoio da Federação Italiana de Motociclismo. O piloto de 16 anos foi vítima de um acidente na pré-temporada e é dúvida para o GP do Catar neste fim de semana. Caso consiga fazer sua estreia, vamos ver o que ele pode fazer ao longo do fim de semana. Terá uma dura concorrência pela frente, já que seu parceiro de time é mais experiente no Mundial.

#5 ROMANO FENATI (Itália)
Equipe: San Carlo Team Italia
Moto: FTR-Honda
Idade: 17 anos (15/01/1996)
6º colocado na Moto3 em 2012

5-Fenati

Baixinho (1,63 metro) e gordinho (62 kg), Romano Fenati foi uma das grandes surpresas da Moto3 no ano de estreia do campeonato. Fez ótimas corridas, venceu o GP da Espanha em Jerez de la Frontera e terminou o ano com 136 pontos somados, quatro pódios, duas voltas mais rápidas em prova e o 6º lugar no Mundial da Moto3. Parte este ano como um dos principais favoritos e tem a responsabilidade de provar sua experiência em relação ao companheiro de equipe, o novato Francesco Bagnaia.

#7 EFRÉN VÁZQUEZ (Espanha)
Equipe: Mahindra Racing
Moto: Mahindra
Idade: 26 anos (02/09/1986)
10º colocado na Moto3 em 2012

7-Vazquez

Aos 26 anos de idade, Efrén Vázquez já pode ser considerado um dinossauro frente à garotada da Moto3. Com quase 90 largadas no currículo desde sua estreia na finada classe 250cc em 2007, o espanhol não vingou no Mundial de Motovelocidade. Seu melhor ano foi o de 2010, quando terminou em quinto na também extinta 125cc. Só conseguiu quatro pódios na carreira – convenhamos, muito pouco. Neste ano, corre na reformulada equipe Mahindra, que utiliza a tecnologia Suter de construção de chassis. Sua participação é envolta em uma nuvem de incógnita.

#8 JACK MILLER (Austrália)
Equipe: Caretta Technology-RTG
Moto: FTR-Honda
Idade: 18 anos (18/01/1995)
23º colocado na Moto3 em 2012

8-JackMiller

O australiano Jack Miller vem para pôr seu país no mapa da Moto3 neste ano e fazer sua primeira temporada completa na Motovelocidade. Ano passado, disputou 14 provas da categoria novata e terminou o ano com dezessete pontos apenas. Apesar dos resultados medianos, deixou boa impressão e vai andar neste ano na equipe italiana Caretta Technology, com uma FTR Honda. Pode surpreender.

#9 TONI FINSTERBUCH (Alemanha)
Equipe: Kiefer Racing
Moto: Kalex-KTM
Idade: 19 anos (14/06/1993)
30º colocado na Moto3 em 2012

9-Finsterbuch

Compatriota do atual campeão Sandro Cortese, o jovem Toni Finsterbuch, nascido em Leipzig, tem altura pouco comum para os padrões de um piloto de motocicletas de competição – 1,78 metro de estatura. Grande para as 250cc quatro tempos, não teve fácil adaptação a elas: ano passado fez apenas sete pontos em quinze corridas que disputou na Moto3. Neste ano, Finsterbuch conta com a competente retaguarda da escuderia Kiefer Racing, tradicional participante do Mundial. O equipamento é bom: chassi Kalex e motor KTM. Vamos ver se ele poderá brigar com a turma de cima.

#10 ALEXIS MASBOU (França)
Equipe: Ongetta-Rivacold
Moto: FTR-Honda
Idade: 25 anos (02/06/1987)
13º colocado na Moto3 em 2012

10-Masbou

Mais um dos ‘vovôs’ da Moto3, o francês Alexis Masbou tem 25 anos e sua carreira, como a de Efrén Vazquez, jamais decolou. São mais de 100 corridas no cartel e um solitário pódio, no GP da Alemanha do ano passado. Não à toa, só ano passado é que o piloto da moto #10 conseguiu uma classificação razoável no Mundial – ainda assim, em 13º lugar, sem muito brilho. Dificilmente vai além disto em 2013.

#11 LIVIO LOI (Bélgica)
Equipe: Marc VDS Racing
Moto: Kalex-KTM
Idade: 15 anos (27/04/1997)
Estreante no Mundial de Motovelocidade

11-LivioLoi

O adolescente Livio Loi chega à Moto3 cercado de grande expectativa e com uma equipe muito forte a lhe dar suporte – a Marc VDS de Marc Van der Straeten, que montou para ele uma Kalex-KTM, com a qual o piloto, apelidado “The Sniper” (O Franco-Atirador), vai fazer sua estreia após uma boa participação no Red Bull Rookies Cup, com direito a uma vitória em Brno, na República Tcheca. Todavia, Loi terá que esperar mais alguns dias para poder participar de um GP: ele tem 15 anos e a idade mínima para competir na Moto3 – e na Moto2, também – é de 16 anos. Livio Loi só estreia na 3ª etapa, no dia 5 de maio, em Jerez de la Frontera.

#12 ÁLEX MÁRQUEZ (Espanha)
Equipe: Esrella Galicia 0,0
Moto: KTM
Idade: 16 anos (23/04/1996)
20º colocado na Moto3 em 2012

12-AlexMarquez

Irmão mais novo do fenômeno Marc Márquez, Álex, de apenas 16 anos, fará em 2013 seu primeiro ano completo na Moto3. Ano passado, disputou onze etapas da categoria com uma Suter-Honda e conquistou logo em sua terceira aparição um impressionante 6º posto no GP da Catalunha, em Barcelona. Fez 27 pontos no campeonato e terminou em vigésimo, bom resultado para quem ficou ausente em seis corridas. Este ano, com a ótima equipe Estrella Galicia, pode surpreender e conquistar seus primeiros pódios e vitórias na Moto3. Se o sobrenome não falhar, veremos outro piloto espanhol de muito talento no futuro.

#17 JOHN McPHEE (Grã-Bretanha)
Equipe: Caretta Technology-RTG
Moto: FTR-Honda
Idade: 18 anos (14/07/1994)
37º colocado na Moto3 em 2012

17-McPhee

Escocês de 18 anos, John McPhee faz neste ano seu primeiro ano completo na Moto3 após presenças esporádicas no Mundial desde 2010, quando estreou nas 125cc durante o GP da Comunidade Valenciana. Ano passado, esteve presente em menos da metade das corridas e seu único resultado na zona de pontos foi um 15º posto no GP da República Tcheca. Para quem tem apenas 12 GPs no currículo, marcar mais pontos ao longo do ano será lucro.

#19 ALESSANDRO TONUCCI (Itália)
Equipe: LaFonte Tascaracing
Moto: Honda
Idade: 19 anos (23/04/1993)
18º colocado na Moto3 em 2012

19-Tonucci

Mais um representante da jovem safra italiana da Motovelocidade, Alessandro Tonucci vai para o terceiro ano consecutivo no Mundial. Ele disputara o campeonato completo das 125cc em 2011 e estreou junto com a Moto3 ano passado, conquistando a 18ª posição no campeonato com direito a um pódio – foi 3º colocado no GP do Japão. A expectativa por seu desempenho em 2013 é de total incógnita, uma vez que suas performances ano passado foram bastante irregulares. A ver.

#22 ANA CARRASCO (Espanha)
Equipe: Team Calvo
Moto: KTM
Idade: 16 anos (10/03/1997)
Estreante no Mundial de Motovelocidade

22-AnaCarrasco

Uma das grandes atrações da Moto3 neste ano será a presença da espanholinha Ana Carrasco, de 16 anos. Nascida em Murcia, ela fará sua estreia na Moto3 no próximo fim de semana em Losail. Nos treinos da pré-temporada, andou bem e na pista de Jerez de la Frontera, numa ocasião em que seu companheiro de equipe foi o mais rápido, ficou a menos de dois segundos do tempo dele. A menina não é boba. Se pegar a mão de algumas pistas mais rápido que muito marmanjo, poderá dar trabalho…

#23 NICCOLÒ ANTONELLI (Itália)
Equipe: Go & Fun Gresini Moto3
Moto: FTR-Honda
Idade: 17 anos (23/02/1996)
14º colocado na Moto3 em 2012

23-Antonelli

Niccolò Antonelli é uma das novas apostas de Fausto Gresini no Mundial de Motovelocidade. Ano passado, o jovem piloto de Cattolica mostrou muita regularidade: em 16 corridas que largou, só abandonou duas delas e numa única vez deixou de pontuar. Com 13 aparições no top 15, Antonelli conseguiu como melhor resultado a 4ª colocação no GP da Itália, em Mugello. Se a equipe estiver afinada, o piloto – já mais experiente e conhecedor dos circuitos – pode surpreender.

#25 MAVERICK VIÑALES (Espanha)
Equipe: Team Calvo
Moto: KTM
Idade: 18 anos (12/01/1995)
3º colocado na Moto3 em 2012

25-Viñales

Jovem, talentoso, impetuoso, boquirroto e irascível. Este é Maverick Viñales, tido por muitos como um futuro fenômeno da Motovelocidade neste século. Com apenas duas temporadas no currículo e 32 GPs disputados, ele já soma nove vitórias em seu cartel e dezesseis pódios (50% das provas, portanto), além de oito pole positions. Tamanho talento contrasta com um péssimo temperamento, que pôs por água abaixo a possibilidade real de conquista do título da Moto3, que acabou nas mãos do alemão Sandro Cortese. Brigou com a equipe Blusens e foi para a Laglisse (Team Calvo), pela qual corre neste ano. Na pré-temporada, Maverick sofreu um acidente que lhe custou a amputação de um dedo no teste de encerramento disputado em Jerez de la Frontera. Mesmo com tudo isso, inegavelmente ele não pode ser descartado como um dos favoritos ao título deste ano.

#29 HYUGA WATANABE (Japão)
Equipe: LaFonte Tascaracing
Moto: Honda
Idade: 18 anos (23/08/1994)
Sem pontos marcados no Mundial de Motovelocidade

29-Watanabe

Os pilotos japoneses são artigo de luxo nas categorias de base da Motovelocidade e, além de Takaaki Nakagami e Yuki Takahashi, o outro representante da terra do Sol Nascente é Hyuga Watanabe, de 18 anos. No ano passado, em sua única aparição na Moto3 durante o GP do Japão em Motegi, quase marcou um pontinho: chegou em 16º lugar. Mais adaptado à moto de 250cc quatro tempos, o japonês deverá andar no meio do pelotão. Pontuar com regularidade é o principal objetivo dele em 2013.

#31 NIKI AJO (Finlândia)
Equipe: Avant Tecno
Moto: KTM
Idade: 18 anos (10/07/1994)
19º colocado na Moto3 em 2012

31-Ajo

Niki Ajo disputa seu terceiro ano completo na Motovelocidade com um único objetivo: apagar a péssima reputação que deixou no ano passado. Em 17 corridas, colecionou duas exclusões (Portugal e República Tcheca), uma desclassificação – em Indianápolis, quando deu uma cabeçada num adversário após um acidente – e resultados muito opacos: sua melhor posição ao fim de uma corrida foi um 8º posto em Assen. Acabou o ano em décimo-nono no Mundial, com 40 pontos. Neste ano, trabalha sozinho na equipe Avant Tecno, uma espécie de time B da escuderia montada pelo pai do piloto, Aki Ajo.

#32 ISAAC VIÑALES (Espanha)
Equipe: Bimbo-Ongetta-Centro Seta
Moto: FTR-Honda
Idade: 19 anos (06/11/1993)
28º colocado na Moto3 em 2012

32-Viñales

O sobrenome é o mesmo do talentoso Maverick Viñales, mas Isaac é apenas primo do piloto do Team Calvo. Nascido em 1993, ele fará em 2013 sua primeira temporada completa na Moto3 e no Mundial de Motovelocidade, após 20 corridas disputadas na carreira. Ano passado, participou de quase todo o campeonato de estreia da Moto3, ficando fora de apenas duas etapas. Seus resultados foram modestos: fez um 14º posto em Indianápolis e a décima posição na Austrália. Divide a equipe Ongetta com o jovem Matteo Ferrari e o francês Alexis Masbou. Se conseguir mostrar o que sabe, tem tudo para ser o melhor do time neste ano.

#39 LUIS SALOM (Espanha)
Equipe: Red Bull KTM Ajo
Moto: KTM
Idade: 21 anos (07/08/1991)
Vice-campeão da Moto3 em 2012

39-Salom

Eis o favorito ao título da Moto3 em 2013: aos 21 anos, o espanhol Luis Salom tem a responsabilidade de ir além do vice-campeonato conquistado ano passado e ganhar o Mundial deste ano. Com 60 corridas no currículo, o piloto nascido em Palma de Mallorca finalmente engrenou na modalidade. Ano passado, venceu pela primeira vez e conquistou oito pódios, somados aos dois que já tinha nas 125cc em 2011. Diante de tamanha evolução e competitividade demonstrada ano passado por Luis Salom, não se pode descartá-lo como um dos principais nomes da categoria neste ano.

#41 BRAD BINDER (África do Sul)
Equipe: Ambrogio Racing
Moto: Suter-Honda
Idade: 17 anos (11/08/1995)
21º colocado na Moto3 em 2012

41-Binder

Um dos únicos representantes da África do Sul na Motovelocidade, Brad Binder compete pelo segundo ano consecutivo na Moto3. Ano passado, fez o campeonato todo pela equipe do ex-piloto e hoje engenheiro Hans Spaan, conquistando alguns resultados razoáveis. Sua melhor performance foi na última corrida do ano, com um 4º posto no GP de Valência, o que lhe dá boas esperanças para 2013. Nesta temporada, vai andar de Suter-Honda na Ambrogio Racing.

#42 ALEX RINS (Espanha)
Equipe: Estrella Galicia 0,0
Moto: KTM
Idade: 17 anos (08/12/1995)
5º colocado na Moto3 em 2012

42-AlexRins

Uma das gratíssimas surpresas da Moto3 em seu ano de estreia foi a performance do novato espanhol Alex Rins. Então com 16 anos, ele foi muito rápido e constante de saída. Foi 5º colocado no campeonato, com apenas um pódio (3º colocado na França) e uma pole position. Das 17 corridas do ano, marcou pontos em treze – ou seja, a regularidade é o seu forte. E na competitiva equipe Estrella Galicia, a jovem promessa nascida em Barcelona está no grupo dos favoritos ao título mundial da Moto3 este ano.

#44 MIGUEL OLIVEIRA (Portugal)
Equipe: Mahindra Racing
Moto: Mahindra
Idade: 18 anos (04/01/1995)
8º colocado na Moto3 em 2012

44-MiguelOliveira

A falta de regularidade foi o maior obstáculo do simpático e rápido piloto português Miguel Oliveira na Moto3 ano passado. Com dois pódios conquistados na Austrália e Catalunha, o oitavo lugar ao fim do ano com 114 pontos somados deixou um travo de desapontamento para o luso. Ao assinar com a Mahindra, para correr pela marca indiana ao lado de Efrén Vázquez, Miguel tem duas vias a seguir: ou dá um tiro no próprio pé e fica para trás em relação aos adversários, ou surpreende com bons desempenhos e se mantém no pelotão de ponta. Como a Mahindra nunca foi de grande confiança, a temporada 2013 do português corre alguns riscos.

#53 JASPER IWEMA (Holanda)
Equipe: RW Racing GP
Moto: Kalex-KTM
Idade: 23 anos (15/11/1989)
26º colocado na Moto3 em 2012

53-Iwema

Jasper Iwema é outro do lote dos dinossauros da temporada 2013 da Moto3, porque com a pouca idade da maioria, quem tem mais de 20 anos feito ele, Salom, Masbou e Vázquez já é considerado velho. Com 63 corridas disputadas no currículo, o holandês não emociona: seus resultados são muito modestos e ano passado, em 13 provas, marcou pontos apenas em Le Mans, com um 7º posto no GP da França. Para este ano, alinha com a esperança de melhores dias na escuderia RW Racing GP, do compatriota Hans Spaan.

#57 ERIC GRANADO (Brasil)
Equipe: Mapfre Aspar Team Moto3
Moto: Kalex-KTM
Idade: 16 anos (10/06/1996)
Sem pontos no Mundial de Motovelocidade

57-Granado

Primeiro brasileiro no Mundial de Motovelocidade desde a aposentadoria de Alex Barros, o paulista Eric Granado estreou na Moto2 ano passado e, em meia temporada, foi vítima da sua inexperiência com motos muito mais possantes em relação as que havia guiado no começo de sua carreira internacional. Consciente do risco que existiu em ver sua trajetória manchada por uma temporada fracassada na Moto2, o piloto de 16 anos resolveu fazer o certo e “desceu” para a Moto3, mais adequada à sua idade e experiência. E parece que a escolha foi a mais correta: assinou com a equipe do experiente e capaz Jorge “Aspar” Martinez e dentro da pista, terá em Jonas Folger um referencial duríssimo de ser batido. A expectativa é pela conquista dos primeiros pontos no campeonato. Veremos se Eric será capaz de corresponder.

#58 JUAN FRANCISCO GUEVARA (Espanha)
Equipe: CIP Moto3
Moto: TSR-Honda
Idade: 17 anos (19/08/1995)
32º colocado na Moto3 em 2012

58-Guevara

Sobrenome de revolucionário ele tem: Juan Francisco Guevara é espanhol da região de Murcia e faz 18 anos em agosto deste ano. Sua experiência prévia no Mundial de Motovelocidade se resumia a três corridas como wild-card em 2011 e ano passado, quando obteve um bom 12º posto no GP da Comunidade Valenciana. Estreia na Moto3 para sua primeira temporada completa com a moto TSR-Honda da equipe CIP, que tem estrutura também na Moto2.

#61 ARTHUR SISSIS (Austrália)
Equipe: Red Bull KTM Ajo
Moto: KTM
Idade: 17 anos (15/06/1995)
12º colocado na Moto3 em 2012

61-Sissis

O australiano Arthur Sissis, de 17 anos, é outro figurante na lista de candidatos a fazer uma boa temporada na Moto3 em 2013. Ano passado, teve um primeiro ano completo de altos e baixos, onde seu melhor desempenho foi em casa, com o 3º posto no GP da Austrália. Acabou em décimo-segundo lugar no Mundial de Pilotos, com 84 pontos. Correndo mais uma temporada pela equipe de Aki Ajo, Sissis deve vir bem melhor neste ano. Vamos aguardar.

#63 ZULFAHMI KHAIRUDDIN (Malásia)
Equipe: Red Bull KTM Ajo
Moto: KTM
Idade: 21 anos (20/10/1991)
7º colocado na Moto3 em 2012

63-Khairuddin

Após o folclórico Shahrol Yuzy, piloto dos anos 90, a Malásia voltou ao cenário do motociclismo internacional com as boas participações do piloto Zulfahmi Khairuddin, apadrinhado por Tony Fernandes e agora contratado da Red Bull. Aos 21 anos e com 51 GPs disputados, o malaio terá a grande chance da carreira para conquistar um título mundial. Ano passado, Khairuddin mostrou velocidade mas teve um ano de altos e baixos: acabou em sétimo no campeonato, com 128 pontos somados, uma pole position e dois pódios.

#65 PHILIPP ÖTTL (Alemanha)
Equipe: Paddock TT Motion Events
Moto: Kalex-KTM
Idade: 16 anos (03/05/1996)
31º colocado na Moto3 em 2012

65-Oettl

Filho do antigo piloto Peter Öttl, que disputou o Mundial de Motovelocidade com as famosas “cinquentinhas” e também nas “oitentinhas”, Philipp Öttl faz neste ano seu primeiro ano completo no Mundial de Motovelocidade. Na única aparição ano passado com uma Kalex-KTM semelhante a que usará neste ano, o jovem piloto deu seu recado em chegou em 11º lugar. Se conseguir mostrar potencial, pode ser uma das boas surpresas do ano.

#66 FLORIAN ALT (Alemanha)
Equipe: Kiefer Racing
Moto: Kalex-KTM
Idade: 16 anos (30/04/1996)
Estreante no Mundial de Motovelocidade

66-FlorianAlt

Outro alemão cercado de grande expectativa na Moto3, o novato Florian Alt estreia no Mundial credenciado pelo título do certame Red Bull Rookies Cup, criado para revelar jovens valores do motociclismo. Estará na Kiefer Racing ao lado do compatriota Toni Finsterbuch. Alto para os padrões do motociclismo (1,80 metro), o piloto de Gummersbach também é mais um candidato a possível revelação de 2013. Olho nele, portanto.

#77 LORENZO BALDASSARRI (Itália)
Equipe: Go & Fun Gresini Moto3
Moto: FTR-Honda
Idade: 16 anos (06/11/1996)
Estreante no Mundial de Motovelocidade

77-Baldassarri

O novato Lorenzo Baldassarri, de 16 anos, é outro que sobe para a Moto3 credenciado pelas aparições na Red Bull Rookies Cup. Sem ter conseguido o apoio do fabricante de energéticos, que apoiará Florian Alt nesta temporada, além dos pilotos já contratados da marca, Baldassarri encontrou abrigo no time de Moto3 de Fausto Gresini. Já conhece algumas pistas, mas a moto nem tanto assim. É um primeiro ano de aprendizado para o jovem piloto.

#84 JAKUB KORNFEIL (República Tcheca)
Equipe: Redox RW Racing GP
Moto: Kalex-KTM
Idade: 19 anos (08/04/1993)
15º colocado na Moto3 em 2012

84-Kornfeil

Com 56 GPs disputados no currículo, o tcheco Jakub Kornfeil assegurou sua presença para mais uma temporada da Moto3, disposto a melhorar o 15º lugar conquistado ano passado. Com 71 pontos somados, Kornfeil teve como melhor desempenho um 6º lugar diante da torcida, em Brno. Para esse ano, troca a FTR-Honda pela Kalex-KTM do time de Hans Spaan. Deve ficar no pelotão intermediário.

#89 ALAN TECHER (França)
Equipe: CIP Moto3
Moto: TSR-Honda
Idade: 18 anos (08/09/1994)
22º colocado na Moto3 em 2012

89-Techer

Natural de Cannes, terra do famoso festival de cinema e também do MIDEM, onde cantaram Elis Regina, Mutantes e Clara Nunes, Alan Techer vai para o segundo ano completo na Moto3 após um ano de estreia com resultados bastante discretos. Pontuou em cinco corridas e o seu melhor resultado foi em casa, com a 8ª posição em Le Mans. Continuará a bordo de uma TSR-Honda. Veremos se poderá fazer melhor este ano.

#94 JONAS FOLGER (Alemanha)
Equipe: Mapfre Aspar Team Moto3
Moto: Kalex-KTM
Idade: 19 anos (13/08/1993)
9º colocado na Moto3 em 2012

94-Folger

Muito rápido e muito inconstante. Este é o alemão Jonas Folger, típico representante da linhagem de pilotos “oito ou oitenta”, capazes de desempenhos impressionantes quando estão no seu dia e de apresentações diametralmente sofríveis quando as coisas não dão certo. Nos seus dias, Folger é um piloto muito difícil de ser batido. Mas a irregularidade dita a carreira do germânico, que em 67 aparições no Mundial, venceu só duas vezes. Ano passado, sem disputar a temporada completa da Moto3, chegou em nono lugar. Neste ano, pode ser levado em conta como um dos favoritos a vitórias e pódios. Se conseguir domar seu ímpeto feroz, Folger entra como um dos nomes a brigar pelo título. O alemão será, dentro da equipe Aspar, um duro concorrente para o brasileiro Eric Granado.

#99 DANNY WEBB (Grã-Bretanha)
Equipe: Ambrogio Racing
Moto: Suter-Honda
Idade: 22 anos (22/03/1991)
Sem pontos na Moto3 em 2012

99-DannyWebb

Danny Webb é mais um da turma de “mais de 20” da Moto3. Neste ano, o piloto de 22 anos completará 100 aparições no Mundial de Motovelocidade (tem 94 até o momento) e sua carreira nunca foi capaz de decolar. Só apareceu razoavelmente bem nas 125cc em 2010, quando foi 10º colocado. Ano passado, penou com a Mahindra – disputou 14 provas e seu melhor resultado foi um 18º lugar no Catar. O britânico só conseguiu terminar cinco destas catorze corridas. Muito pouco. E por isso mesmo, saiu em retirada do time indiano. Assinou com a Ambrogio Racing, esperando um ano muito melhor do que este que passou.

8 comentários

  1. Victor disse:

    O que a Italia não tem feito no automobilismo tem compensado no motociclismo. Tomara que não seja um evento esporadico.

  2. Mefistófeles disse:

    Eric Granado do Brasil tem muita altura e peso para a categoria, foi um dos motivos de ter andado na Moto 2 ano passado

  3. Rafael disse:

    Nota 10! Muito legal!

  4. Jonny'O disse:

    Po Mattar!!! Fantastico post, é otimo var uma previa piloto por piloto!

    O Gramado deu o passo certo, era o que tinha que fazer, mais uma temporada ruim na M2 seria o fim pra ele.

    Vamos torcer.

    • rmb37 disse:

      Valeu pela visita, Jonny’O Quest!

      • Luciano Barcelos disse:

        Valeu Johnny O´ Connell! Estamos com saudades de vc nas provas de Endurance! kkkkkkkkkk… Brincadeiras a parte, belo post este! Acho que nem o site oficial da Moto GP é separado por moto assim, só pela foto dos carinhas (O que não interessa agora, obviamente)!

  5. Racing Fan disse:

    Eu ouvi dizer que Vinales só amputou a ponta do dedo e não o dedo todo. Será que Vinales consegue correr este fim de semana? Acho que Maverick Vinales não tem adversários a altura este ano. Me parece que a moto Mahindra feita pela Suter é a melhor não KTM. O resto é tudo KTM na ponta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *