MENU

2 de maio de 2013 - 17:29Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (77)

eskil-suterRIO DE JANEIRO – Há algum tempo no Mundial de Motovelocidade, a gente vê máquinas inscritas – especialmente na Moto2 e agora na MotoGP com a chegada das CRT – com o nome Suter.

Suter vem de Eskil Suter, ex-piloto suíço hoje com 45 anos nascido em Turbenthal, e que se tornou o maior construtor independente de motos de competição do momento.

Na verdade, sua companhia, a Suter Race Technology, já existe desde 1996 e foi ele quem construiu os chassis da MuZ Weber que disputou a extinta classe 500cc no fim daquela década. Depois, o suíço desenvolveu a moto Petronas FP1 que correu no Mundial de Superbikes por quatro temporadas, além de colaborar com o desenvolvimento da Kawasaki ZX-RR de MotoGP até 2006 e desenhar o chassis da fracassada motocicleta Ilmor X3.

Ano passado, Suter conheceu a glória de um título como construtor, pois foi com um chassis de sua fabricação que Marc Márquez conquistou o título da Moto2 que o levou a ser piloto Honda na MotoGP.

Na foto que ilustra o post, Eskil Suter está a bordo de sua Mohag Aprília, equipe que defendeu entre 1991 e 1996, com dois décimos terceiros lugares como melhor classificação no Mundial de Pilotos da classe 250cc e um quinto posto no GP da Holanda de 1996, em Assen, como melhor resultado da carreira.

Há 17 anos, direto do túnel do tempo.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *