MENU

1 de junho de 2013 - 19:30Automobilismo Internacional

Parem as máquinas II: Kartikheyan vence na AutoGP

4009620130601193300

RIO DE JANEIRO – Quando nós achávamos que a pole position tinha sido o bastante, Narain Kartikheyan foi lá e fez das suas mais uma vez: o indiano foi declarado vencedor da corrida #1 da quarta rodada dupla da AutoGP World Series, em Silverstone.

O piloto da Super Nova chegou em segundo, mas acabou beneficiado por uma burrada monumental do italiano Kevin Giovesi, que fez o pit stop obrigatório na última volta, o que não é permitido pelo regulamento. Como efeito da mancada, o representante da Ghinzani acabou com a 13ª colocação apenas e fora da zona de pontos.

A punição imposta a Giovesi deu ao time de David Sears a dobradinha, pois Vittorio Ghirelli chegou em 2º, com o húngaro Tamàs Pal Kiss, da Zele, completando o pódio. Daniel De Jöng terminou em quarto lugar, seguido por Fabrizio Crestani, que estreou neste fim de semana na Ibiza Racing Team – em substituição a Giuseppe Cipriani.

Líder do campeonato até o início desta rodada dupla, o japonês Kimiya Sato somou importantes pontos com a 6ª posição, logo à frente do italiano Sergio Campana e do holandês Meindert Van Buuren, que comporão a primeira fila, tendo o piloto da Manor MP a primazia da pole position.

Resultado da corrida #1 em Silverstone:

1 – Narain Karthikeyan – Super Nova – 14 voltas em 25’47″408
2 – Vittorio Ghirelli – Super Nova – 7”852
3 – Tamàs Pal Kiss – Zele Racing – 14”057
4 – Daniel de Jong – Manor MP – 15”712
5 – Fabrizio Crestani – Ibiza Racing Team – 16”962
6 – Kimiya Sato – Euronova – 18”993
7 – Sergio Campana – Ibiza – 22”952
8 – Meindert Van Buuren – Manor MP – 23”649
9 – Robert Visoiu – Ghinzani – 24”607
10 – Luciano Bacheta – Zele Racing – 25”460

Classificação do campeonato após 7 corridas:

1. Sato 105 pontos;  2. Ghirelli 102; 3. Campana 98; 4. Kartikheyan 59; 5. Agostini 56; 6. Bacheta 46; 7. De Jöng 40; 8. Visoiu 34; 9. Pal Kiss 33; 10. Spavone 22; 11. Van Buuren 19; 12. Snegirev 13; 13. Roda 12; 14. Crestani 10; 15. Kuroda 7; 16. La Rosa 4; 17. Cipriani 3 pontos.

Compartilhar

5 comentários

  1. Fabio disse:

    Ele parou abrindo a última volta ou fechou a última volta parando nos boxes?

  2. Gustavo Oliveira disse:

    Mas esse tal de Sato é muito bom mesmo, além de estar liderando a Indy, ainda arranja tempo de correr, e liderar, nesse campeonato de carros antigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *