MENU

5 de julho de 2013 - 14:13Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (101)

Frutschi_82_02

RIO DE JANEIRO – Em tempos onde se fala de boicote ao GP da Alemanha de Fórmula 1 pela questão da falta de segurança dos pneus Pirelli, no Mundial de Motovelocidade lembro de duas corridas da categoria 500cc onde os principais pilotos se recusaram a competir. Uma foi o GP das Nações de 1989 em Misano Adriático, corrida vencida pelo italiano Pierfrancesco Chili debaixo de muita chuva. A outra foi o GP da França de 1982, em Nogaro, ganho por esta moto e pelo piloto que está a bordo dela: Michel Frutschi.

Com uma Sanvenero, motocicleta de fabricação italiana, Frutschi somou 17 pontos no Mundial de Pilotos daquele ano. Além dos quinze marcados em Nogaro, o suíço fez um 9º lugar em Spa-Francorchamps.

Frutschi deixou a Sanvenero e entrou no campeonato de 1983 com uma Honda, com a qual morreria após acidente em 3 de abril, no circuito francês de Le Mans Bugatti. Em toda sua carreira, o melhor resultado foi um 5º lugar no Mundial de 1979, na classe 350cc.

Há 31 anos, direto do túnel do tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *