MENU

4 de outubro de 2013 - 14:07Fórmula Indy

A hora e a vez de Kanaan na Ganassi

11518_10151913220423913_46007875_n

RIO DE JANEIRO – Agora sim: Antoine Rizkallah Kanaan Filho, o Tony Kanaan, é o novo piloto da Chip Ganassi Racing na Fórmula Indy. O piloto de 38 anos foi confirmado hoje para a temporada 2014 do certame estadunidense de monopostos, após três temporadas defendendo a KV Racing.

A contratação do brasileiro por uma das mais fortes equipes da categoria mostra o respeito que ele adquiriu nos EUA – que aumentou logicamente com sua extraordinária performance nas 500 Milhas de Indianápolis, vencidas por Tony após várias tentativas frustradas. A Ganassi já o recrutara para a disputa de uma corrida da Rolex Sports Car Series em Indianápolis e, sem conhecer o BMW Riley do time, Kanaan andou muito e só reforçou no dono da equipe o desejo de contar com seus préstimos para 2014.

Os rumores sobre a negociação ganharam corpo, a imprensa dos EUA passou a tratar o assunto da contratação como fato consumado e hoje, em Houston, a equipe confirmou o acerto. Pondo fim a outros burburinhos no paddock da Indy, a Ganassi também fez saber que seus três pilotos – Dario Franchitti, Scott Dixon e Charlie Kimball – permanecem onde estão, pondo fim a especulações sobre a contratação de James Hinchcliffe.

Kanaan correrá com um carro patrocinado pela NTT Data, a mesma empresa que estampou seu nome no carro #02 que o brasileiro guiara ao lado de Joey Hand na Grand-Am.

Adendo: a Ganassi também anunciou o fim da parceria com a Honda como fornecedora de motores. A partir de 2014, o time terá os propulsores da Chevrolet.

Foto: Tony Kanaan, o mais novo contratado da Ganassi (divulgação)

4 comentários

  1. Wallace Michel disse:

    Grande Tony. Na torcida para que ele faça uma temporada espetacular em 2014. Merece demais.

  2. Nino Rainier disse:

    Agora sim !!! Merecido demais essa vaga e muito boa a troca para a a Chevrolet para o próximo ano. Go go go Tony !!!

  3. Fernando Lima disse:

    Quem sabe, depois desta notícia até a Band reconsidera a idéia de largar a transmissão da Indy no Brasil. além da própria SP Indy 300…Helio na Penske e o Kanaan na Ganassi, agora com Chevrolet, motor que ele já conhece, a tendência é termos 2 pilotos em carros bons para disputar vitórias e o título.

    • rmb37 disse:

      Fernando, a situação é beeem difícil. A empresa de auditoria que foi contratada para solucionar os problemas de $$$ do Grupo Bandeirantes mandou de saída cortar gastos com a promoção da Indy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *