MENU

11 de dezembro de 2013 - 09:58Outros

Vergonha!

1463769_10202658721291815_777054401_n (1)RIO DE JANEIRO – Eis o terreno do antigo Autódromo de Jacarepaguá e no que ele se transformou com as chuvas que castigam o Rio de Janeiro desde a noite de ontem. A foto foi tirada pelo Cláudio Capparelli, que mora em frente ao terreno que a prefeitura quer transformar em Parque Olímpico e que depois servirá ao bel-prazer das empreiteiras.

Parabéns aos envolvidos. É uma vergonha o que a cidade está passando. E para os seus governantes, tudo continua “normal” e ficamos como estamos. O Rio de Janeiro realmente merece o prefeito e o governador que tem.

Compartilhar

6 comentários

  1. Alex Hall disse:

    É triste ver a história do automobilismo brasileiro acabar dessa forma… :(
    Parabéns para todos os governantes desse nosso lindo Brasil de Deus.

  2. Zé Maria disse:

    E o mais impressionante é a cara-de-pau da dupla Paes/Cabral!!!
    Para eles, tá tudo uma beleza!!!
    Falasééééério!!!

  3. Renato de Mello Machado disse:

    A vergonha,é total não é só isso não,o Brasil é o país da impunidade,aqui tá virando igual aos filmes do Mad Max,onde cada um luta para ficar vivo.

  4. Fernando Kesnault disse:

    Na verdade, o autodromo do Rio de Janeiro deveria ter sido tombado como um patrimonio publico mesmo que fosse criado um subtítulo de “locais de eventos esportivos e sociais”, pois seria o mínimo de consideração que esse belo parque merecia.

    Sabe Rodrigo, tomara que esses politicos do COI, da coisa publica e privados que levaram vantagem com essa operação sejam todos “marcados” para ter uma vida cheia de coisas ruins…nao gosto de jogar venenos nas pessoas mas esses sim, mereciam e muito…de Nuzman até o degrau mais baixo.

  5. Fernando Lima disse:

    Além de tudo o mau caráter dos governantes que ainda afirmam que vão construir um novo autódromo…naquele campo minado

  6. helio martins disse:

    Rodrigo, tenho 76 anos de idade e participei (jovenzinho, claro), da última corrida de turismo na Barra e inaugurei o autódromo do Rio, onde nunca deixei de participar de uma corrida num 1093 muito bem preparado pelo portugues. Fiz duas 12 horas de Brasilia e uma 12 horas de interlagos onde, para minha honra,o box ao lado do meu era de Chico landi, que ajudou a consertar meu caro e termnei a corrida na bandeirada por isso.. Fiz loucuras como correr em Petropolis e Teresopolis (RJ), Araraquara e até na Ilha do Fundão, onde fica a UFRJ. Enfim, vivi minha adolescência no automobilismo, onde perdi vários amigos, como por exemplo Sergio Cardoso em Petrópolis e o Cacau.Escrevo para deixar meu desprezo pelo oportunista Cesar Maia, que não suportava automobilismo porque atrapalhava seu enrquecimento (assumo o que afirmo) e finalmente acabou com nosso autodromo, expulsando a F1 do Rio e nos deixando a herança de realizar o campeonato carioca em outro estado. Tenho uma foto de meu carro na inauguração do autodromo, (do Globo) onde perdi uma roda e evitei um grave acidente, que poderia anexar aqui, mas não sei como. Continue sua luta, porque ´ela é também a nossa. Um abraço do Helio Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *