MENU

23 de maio de 2014 - 13:5124 Horas de Le Mans, Mundial de Endurance

Oficial: Nissan no FIA WEC em 2015

NISSAN_GT-R_LMP1-728x485

RIO DE JANEIRO – No último dia 15, o blog já avisara: a Nissan faria um importante anúncio hoje, 23 de maio. E as suspeitas foram confirmadas: após uma longa ausência, a marca japonesa volta às competições do Mundial de Endurance (WEC) na classe LMP1.

O programa oficial de fábrica contemplará de saída dois carros, cujo nome está decidido: Nissan GT-R LM Nismo. A confirmação foi feita em Londres, numa cerimônia que contou com a presença dos principais diretores do motorsport da montadora, além do presidente do ACO Pierre Fillon, de Gérard Neveu, CEO do WEC e Vincent Beaumesnil, diretor do Automobile Club de l’Ouest.

O desenvolvimento do programa começará em outubro deste ano. Logicamente, o novo protótipo da Nissan para o WEC deverá ter tecnologia híbrida como os demais carros dos times oficiais que estão na competição – leia-se Audi, Porsche e Toyota. Não se falou ainda em pilotos, mas tudo indica que a marca vai buscar nomes experientes no mercado, ou mesmo já contratados, para integrar o programa de Endurance.

Neste ano, assim como em 2012, a Nissan se apresenta em Sarthe com o “Garage 56”, um carro com tecnologias experimentais. Ano retrasado, o bólido foi o estranho Delta Wing. E na próxima edição da prova, virá o Nissan ZEOD RC, com um motor a combustão de apenas 40 kg e 400 HP de potência, para funcionar em conjunto com uma unidade movida a energia elétrica. Não obstante, a marca terá vários de seus motores 4,5 litros V8 em protótipos LMP2, muitos deles com chance de vitória – o que, aliás, aconteceu em 2011 e em 2013.

Certo é que a temporada 2015 promete ser fantástica, com a briga entre Alemanha (Audi e Porsche) e Japão (Toyota e Nissan).

13 comentários

  1. Gustavo Oliveira disse:

    Mais uma excelente noticia para o WEC. Só falta agora o campeonato ter mais datas em dos muitos e excelentes circuitos europeus, diminuindo assim, o imenso vazio de meia temporada ou até tirando Shangai ou Bahrain do calendário.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Gustavo, não conte com isso. Até Montreal está na gama de possibilidades para uma prova do WEC.

      • Gustavo Oliveira disse:

        Montreal sou completamente a favor. Pista linda, interessante e tradicional, já tendo, inclusive, recebido etapas do WSC na virada dos 80 para os 90.

        Minha birra mesmo é com Bahrain e Shangai, dois circuitos que não tem nada a ver com nada. Estão na F1 graças a Tio Bernie Malandrão e são Ets no WEC, com corridas vistas por ninguém.

        Enquanto isso, temos verdadeiros templos como Monza, Brno, Jerez, Mugello, Paul Ricard e Nurburgring que cairiam como uma luva no campeonato.

        Isso sem falar em alguns novos e reformados que estão em excelente forma: Aragão, Portimão, o novo Zeltweg… Gostei bastante, também, da palco da última etapa do DTM, Oscherslebben.

  2. lello disse:

    Era meio que esperado , uma pena nenhum esboço do carro nada ???,
    Agora sonhando um pouco eu gostaria de ver a Ferrari e Mercedes
    LMP1.

  3. Nick Nagano disse:

    Audi vs. Porsche vs. Toyota vs. Nissan… A força máxima do endurance está, finalmente, de volta. E o nome do bólido… O melhor da história das 24 Horas dessa montadora. Putz… O GT-R é um dos meus carros prediletos de todos os tempos, e agora como protótipo, do jeito que sou apaixonado por esses carros de corrida, meu irmão… não sei nem o que dizer. Só quero que em 2015 eu tenha condições de ver esse máquina ao vivo e os outros ou em Interlagos ou em Fuji, se eu for pro Japão.

    • Newton disse:

      Espero que a Nissan não se esqueça de que tem uma jóia em suas mãos, que não deve em talento pra Andre Lotterer, Loic Duval e Kazuki Nakajima.

      Claro que estamos falando de JP “Oribera” !

      • Nick Nagano disse:

        Pode crer… Pensei automaticamente nele quando vi o anuncio oficial. A Nissan tem que dar uma chance pro cara guiar pelo menos um deles em Le Mans (torcendo pra que ela venha com três carros), pois o que ele está fazendo de brincadeira no automobilismo japonês não é pouco.

  4. Fernando lima disse:

    Excelente notícia, e a tendência é ocorra o que u previa…ainda que em sonhos muito remotos…o WEC roubará da F1 o status de categoria máxima do automobilismo, porque não será…já é o maior campeonato do mundo, com investimento das fábricas em tecnologia que depois irá para as ruas…e, convenhamos…a F1 está, aos poucos, sofrendo o processo inverso.

  5. Jorge Silva disse:

    Excelente noticia para nós fãs do wec. Já aguardo a etapa de interlagos de 2015 mais do que a desse ano, só espero que não entre na lista de raspão igual foi em 2014 por favor ACO não nos tire esse gostinho de ver de perto o melhor do automobilismo!

  6. Eduardo disse:

    Pra ficar mais bonito agora, poderiam tirar os circuitos do Bahrein e da China e colocarem mais circuitos europeus, como Monza, Nurburgring ou Paul Ricard. Ou mesmo algum circuito na América do Norte , como Watkins Glen, Montreal ou Laguna Seca.

  7. Jarno Saratt disse:

    O FIA WEC ficaria melhor se incluíssem novamente as 12 Horas de Sebring no calendário. Sinceramente o pessoal da ACO/FIA poderia restabelecer os laços com a IMSA, assim teríamos um calendario ideal com Le Mans e Sebring, e mais alguns circuitos como Monza, Spa, Silverstone, Nurburgring, Fuji -ou Suzuka – e é claro Interlagos.

  8. Ricardo Divila disse:

    Tai….era nisso que estavamos trabalhando ha 9 meses, Vai ser bem interessante, o carro explora a tecnologia para eficiencia maxima, aguarde novidades quando comecar a andar, antes do fim do ano.

    Godzilla volta a Le Mans…enquanto isso em Silverstone mais uma vitoria em Pro-Am em Silverstone e semana que vem com os moleques da Academy em Le Mans num LMP2…
    abracos
    Ricardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *