MENU

2 de junho de 2014 - 09:03DTM

Mais uma de Wittmann no DTM

4492320140601171551

Na largada, Marco Wittmann, no carro à esquerda, desponta na frente do compatriota Timo Glock. O alemão venceu pela segunda vez no DTM

RIO DE JANEIRO – Em corrida atribulada, especialmente para o brasileiro Augusto Farfus, obrigado a abandonar na 32ª volta por uma falha nos freios de sua BMW, o alemão Marco Wittmann conquistou sua segunda vitória em três corridas, o que torna o piloto do carro número #23 novamente líder do campeonato com 50 pontos. A etapa do último fim de semana foi no travado circuito de Hungaroring, próximo à Budapeste, no qual as escuderias da categoria de turismo já haviam testado na pré-temporada.

Na ocasião, o espanhol Miguel Molina tinha sido um dos mais rápidos e de novo o piloto da Audi mostrou predicados. Chegou em segundo após uma disputa ferrenha com o ex-Fórmula 1 Timo Glock, que só terminou em décimo-nono ao fim da prova. Bruno Spengler optou por uma tática diferenciada quanto aos pneus e saiu-se bem: o campeão de 2012 completou o pódio.

Após uma sequência de péssimos resultados ano passado, Edoardo Mortara parece ter reencontrado um bom caminho, chegando em quarto lugar nesta etapa, seguido por Adrien Tambay e Maxime Martin. Nenhum piloto da Mercedes-Benz pontuou desta vez. Ao contrário de Oschersleben, quando quem venceu foi Christian Vietoris, o melhor colocado foi Robert Wickens, na 11ª posição – resultado magérrimo, convenhamos.

Para Augusto Farfus, a corrida foi um pesadelo. Prejudicado na largada e nos pit stops obrigatórios, o brasileiro vinha entre os últimos colocados quando tudo terminou na 32ª volta. “Nosso carro era rápido, mas essa falha nos freios nos prejudicou. Tentei resolver durante a prova, mas não foi possível”, afirmou.

A próxima corrida é no circuito de Norisring, no último domingo do mês.

O resultado final da 3ª etapa foi este:

1 – Marco Wittmann (BMW M4) – RMG – 41 voltas em 1.08’35″291
2 – Miguel Molina (Audi RS5) – Abt – 6″615
3 – Bruno Spengler (BMW M4) – Schnitzer – 21″842
4 – Edoardo Mortara (Audi RS5) – Abt – 29″960
5 – Adrien Tambay (Audi RS5) – Abt – 30″112
6 – Maxime Martin (BMW M4) – RMG – 30″357
7 – Jamie Green (Audi RS5) – Rosberg – 34″403
8 – Antonio Felix Da Costa (BMW M4) – MTEK – 34″560
9 – Mattias Ekstrom (Audi RS5) – Abt – 34″826
10 – Mike Rockenfeller (Audi RS5) – Phoenix – 36″017

Classificação do campeonato:

1. Marco Wittmann – 50 pontos; 2. Mike Rockenfeller – 31; 3. Edoardo Mortara – 27; 4. Miguel Molina e Adrien Tambay – 26; 6. Christian Vietoris – 25; 7. Bruno Spengler – 23; 8. Mattias Ekström – 20; 9. Augusto Farfus – 14; 10. Paul Di Resta – 12; 11. Timo Glock – 10; 12. Maxime Martin, Martin Tomczyk e Timo Scheider – 8; 15. Jamie Green; 16. Antônio Félix da Costa e Gary Paffett – 4; 18. Joey Hand – 1 ponto.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *