MENU

8 de setembro de 2014 - 15:46Blancpain GT World Challenge Europe

Götz mantém liderança no Blancpain Sprint Series

timthumb (7)

Com a vitória no Algarve, Götz segue líder do Blancpain Sprint Series (Foto: Brecht Decancq Photography)

RIO DE JANEIRO – O alemão Maximilian Götz segue na liderança do Blancpain Sprint Series (esqueçam esse papo de Mundial de Grã-Turismo, porque não existe essa competição). Restando duas rodadas para o fim do campeonato, em Zolder e Baku, no Azerbaijão, o piloto da HTP Motorsport continua no comando da classificação, agora com 116 pontos – dezesseis a mais que o compatriota Maximilian Bühk, que poderia estar também no comando da tabela, mas levou uma corrida de suspensão e perdeu a etapa da Eslováquia.

Os dois venceram ontem a corrida principal disputada no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, embolsando os 25 pontos que, somados aos seis da prova classificatória, renderam 31 pontos a mais para os teutônicos, que assim abrem razoável vantagem para Hari Proczyk/Jeroen Bleekemolen, que venceram a prova do sábado e chegaram em 2º no domingo. A dupla da Grässer Racing Team soma 93 no campeonato.

Na verdade, a segunda posição fora da dupla Cesar Ramos/Laurens Vanthoor, em ótima corrida do Audi #1 do Belgian Audi Club Team WRT. Só que o belga, companheiro de equipe do piloto brasileiro, fez uma ultrapassagem sobre Bleekemolen fora do limite da pista portuguesa. E por conta disso a direção de prova aplicou uma punição de 30 segundos. Como resultado, Ramos e Vanthoor despencaram para oitavo, após largarem da quarta posição conquistada na prova classificatória. A dupla está em 7º no certame, com 43 pontos.

O fim de semana não foi dos melhores para o BMW Team Brasil. Na prova classificatória, os dois carros conquistaram, respectivamente, o nono e o 10º lugares. O domingo foi repleto de contratempos: o #30 de Nelsinho Piquet/Matheus Stumpf atrasou-se em virtude de um furo de pneu e o #0 de Cacá Bueno/Sérgio Jimenez foi prejudicado por um problema no sistema de partida rápida (quick launch) do carro. “Até reiniciarmos todo o sistema, perdemos 45 segundos no box. Foi uma pena, porque o ritmo era bom e brigaríamos pelo pódio”, disse Jimenez.

No fim das contas, o 3º lugar na prova do domingo foi de outro Audi da equipe WRT, guiado por Fabian Hamprecht/Stéphane Ortelli. Sem pontuar, Cacá/Jimenez caíram para 5º lugar no campeonato, com 51 pontos. Matheus Stumpf está em 16º com 14 pontos e Nelsinho Piquet é o 27º, com quatro. Outro brasileiro que pontuou no Blancpain Sprint Series é Valdeno Brito, que ocupa a 20ª colocação.

A classificação do Blancpain Sprint Series:

1. Maximilian Götz – 116 pontos
2. Maximilian Bühk – 100
3. Hari Proczyk/Jeroen Bleekemolen – 93
4. Enzo Ide/René Rast – 65
5. Cacá Bueno/Sérgio Jimenez – 51
6. Dominik Baumann/Thomas Jäger – 45
7. Cesar Ramos/Laurens Vanthoor – 43
8. Stéphane Ortelli – 36
9. Vincent Abril/Mateusz Lisovski – 28
10. Sergey Afanasiev/Stef Dusseldorp – 23
11. Grégory Gulivert – 21
12. Niki Mayr-Melnhof/Markus Winkelhock, Nico Verdonck e Jaap Van Lagen/Robert Renauer – 16
15. Fabian Hamprecht – 15
16. Matheus Stumpf, Roman Rusinov/Tomas Enge e Marc Basseng/Alessandro Latif – 14
19. Alex Zanardi – 12
20. Valdeno Brito e Lucas Wolf/Luca Stolz – 10
22. Sascha Halek/Stefan Landmann – 8
23. Filip Salaquarda/Andrea Montermini – 7
24. Stefan Rosina e Peter Kox – 6
26. Fabio Onidi/Giorgio Pantano – 5
27. Nelsinho Piquet e Sten Pentus/Chris Van der Drift – 4
29. Stefano Colombo/David Fumanelli – 3
30. Miguel Toril/Armaan Ebrahim – 1

2 comentários

  1. Fernando Lima disse:

    Ontem comentei a mesma coisa: Tanto o pessoal do “Canal Campeão” como o da Rede tv (que reprisa as 14:30h…) tem esta mania de se referir ao certame como Mundial de Grã-Turismo, ou ainda de FIA GT…pode uma coisa dessas??
    Sobre a corrida, aconteceu o que se imaginava…Mercedes e Labor sobrando numa pista de alta velocidade (gosto muito desta pista…) e os Z4 sofríveis…a tv local deu bastante destaque ao Zanardi, que travou boa disputa com um R8 que não me recordo o nº agora…isso mostra que o BMW não venceria mas independente disso o Team Brazil foi muito mal nesta etapa…

  2. Fernando Lima disse:

    Outra coisa: Esta alternância constante entre Nelsinho Piquet e Valdeno Brito prejudica diretamente a evolução e pontuação do #30. Pelo entrosamento e pelos resultados nesta própria temporada, eu definiria Valdeno como parceiro de Stumpf…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *