MENU

7 de setembro de 2014 - 17:09Fórmula 3

Piquet e Baptista conquistam títulos antecipados na F3 Brasil

15156869831_f208d01e08_b

Com nove vitórias em 12 corridas, Pedro Piquet, 16 anos de idade, é o novo campeão da Fórmula 3 Brasil (Foto: Bruno Terena/Vicar)

RIO DE JANEIRO – A primeira temporada da Fórmula 3 Brasil em seu novo formato consagrou hoje seus campeões por antecipação de duas rodadas. Com os resultados da etapa do Velopark disputada neste domingo – porque a prova #1 marcada para ontem foi cancelada por conta de um temporal no circuito e remarcada para o início da manhã de hoje, Pedro Piquet e Vítor Baptista, ambos da Cesário Fórmula, conquistaram o campeonato nas classes A e Light.

É o primeiro título de Pedro, filho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet, no automobilismo. O piloto venceu nove das 12 corridas disputadas nesta temporada até aqui, inclusive a primeira prova da rodada dupla em Nova Santa Rita. Na prova #2, que teve vários líderes, entre eles o pole Artur Fortunato, Lukas Moraes e Sérgio Sette Câmara, Pedro foi punido com um drive through por ultrapassar sob bandeira amarela, o que lhe impediu de chegar ao décimo triunfo na sua categoria. Mesmo assim, com os doze pontos do segundo lugar – atrás apenas de Leonardo de Souza, uma vez que Raphael Raucci, vencedor na pista, foi punido com acréscimo de tempo de 20 segundos – Piquet chegou ao inalcançável total de 166 pontos, uma vez que Lukas Moraes – o novo vice-líder do campeonato – soma 89 pontos e o argentino Bruno Etman, 82. Com 60 pontos em jogo nas rodadas restantes em Curitiba e Goiânia, é fim de papo. Fatura liquidada.

15159848905_b0ff8a93eb_b

Sob a tutela de Dennis Dirani, Vítor Baptista chegou a onze vitórias e ao título da F3 Light (Foto: Bruno Terena/Vicar)

Na classe Light, Vítor Baptista perdeu sua invencibilidade de 10 corridas em cinco rodadas, ao perder oito voltas na prova #1 e não completar o limite mínimo de 75% da distância. Sem pontuação, ele viu o companheiro de equipe Matheus Leist conquistar seu primeiro triunfo em 2014 com o 3º lugar na geral. Mas na prova #2, Vítor acabou com o baile. Largou da 15ª posição e venceu pela segunda vez no resultado final – a primeira, coincidentemente, foi também no Rio Grande do Sul, só que em Santa Cruz do Sul, por ocasião de um evento da Stock Car. Renan Guerra foi o segundo colocado da prova #2 – mesmo com problemas no diferencial de seu Dallara F301 e somente os dois primeiros pontuaram, pois o 3º colocado da Light, o canadense Ryan Verra, acabou excluído do resultado final após a disputa, por atitude antidesportiva contra o #18 de Matheus Leist.

O resultado da prova #1 foi este:

1. Pedro Piquet (Cesário Fórmula) – 27 voltas em 31’32″501
2. Lukas Moraes (PropCar) – a 12″333
3. Matheus Leist (Cesário Fórmula) – a 15″867
4. Raphael Raucci (RR Racing) – a 25″237
5. Leonardo de Souza (Kemba Racing) – a 29″170
6. Artur Fortunato (A. Fortunato F3 Racing) – a 31″459
7. Sérgio Sette Câmara (Cesário Fórmula) – a 31″569
8. Renan Guerra (RR Racing) – a 41″042
9. Mauro Auricchio (RR Racing) – a 1’01″700
10. Bruno Etman (Hitech Racing) – a 1 volta

Este foi o resultado da prova #2:

1. Vítor Baptista (Cesário Fórmula) – 32 voltas em 31’24″006
2. Renan Guerra (RR Racing) – a 0″955
3. Leonardo de Souza (Kemba Racing) – a 5″312
4. Pedro Piquet (Cesário Fórmula) – a 8″479
5. Fernando Croce (PropCar) – a 12″492
6. Raphael Raucci (RR Racing) – a 22″479
7. Ricardo Landucci (PropCar) – a 10 voltas
8. Lukas Moraes (PropCar) – a 11 voltas
9. Sérgio Sette Câmara (Cesário Fórmula) – a 11 voltas
10. Matheus Leist (Cesário Fórmula) – a 15 voltas

A classificação do campeonato está assim:

Classe A

1. Pedro Piquet (campeão) – 166 pontos; 2. Lukas Moraes – 89; 3. Bruno Etman – 82; 4. Raphael Raucci – 60; 5. Artur Fortunato – 56; 6. Leonardo de Souza – 49; 7. Sérgio Sette Câmara – 30; 8. Renan Guerra – 27; 9. Fernando Croce – 13; 10. Arthur Oliveira – 9; 11. Gaetano Di Mauro e Mauro Auricchio – 3 pontos.

Classe B

1. Vítor Baptista (campeão) – 165; 2. Matheus Leist – 84; 3. Matheus Iorio – 70; 4. Victor Miranda – 60; 5. Renan Guerra – 42; 6. Mauro Auricchio – 34; 7. Alexandre Doretto – 30; 8. Gabriel Kenji Sena – 12; 9. Francisco Alfaya e Ricardo Landucci – 10; 11. Nicholas Silva – 5; 12. Ryan Verra – 3 pontos.

Compartilhar

2 comentários

  1. Chico disse:

    Legal a notícia. O Pedro e a Cesario estao de parabéns. Só uma correção: Pedro tem 16 anos, completados em 03 de julho, e não 17, como está escrito abaixo da foto. Abçs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *