MENU

14 de novembro de 2014 - 10:35Mundial de Endurance

6h do Bahrein, treinos livres: Porsche segue firme no topo

Romain Dumas (FRA) / Neel Jani (CHE) / Marc Lieb (DEU) / Car #14 LMP1 Porsche Team (DEU) Porsche 919 Hybrid  - 6 Hours of Bahrain at Bahrain International Circuit (BIC) - Sakhir - Kingdom of Bahrain

O Porsche #14 foi de novo o mais rápido em Sakhir

RIO DE JANEIRO – A Porsche promete, pelo menos em qualificação, incomodar a rival Toyota nos treinos para as 6h do Bahrein, no circuito de Sakhir. Na sessão desta sexta-feira, com 60 minutos de duração, outra vez Neel Jani foi o piloto a ser batido. Com o 919 Hybrid #14, o helvético fez a melhor volta em 1’43″571 – mais de um segundo abaixo do Toyota TS040 Hybrid #7 de Alex Wurz, o segundo mais rápido do último treino livre do WEC no circuito asiático.

A Audi não teve um bom dia: batida outra vez pelas rivais, ainda precisou manter o carro #1 de Lucas Di Grassi/Loïc Duval/Tom Kristensen fora da pista. Na sessão noturna de ontem, o e-tron quattro do trio sofreu mais um dano ao se chocar com outro adversário. A equipe procedeu ao conserto e preferiu preservar o protótipo para o treino oficial que acontece ainda hoje. Já o outro carro, o #2, ficou em quarto, à frente dos líderes do campeonato Sébastien Buemi e Anthony Davidson.

2014-6-Heures-de-Bahrein-Adrenal-Media-rw7-7571_hd

Sem concorrência entre os LMP1 não-oficiais, a Rebellion foi muito superior à Lotus no terceiro treino livre

Entre os LMP1 sem apoio de fábrica, nenhuma novidade: os Rebellion R-One foram cerca de seis segundos melhores que o Lotus CLM P1/01 AER. Surpresa mesmo foi a melhor marca da LMP2, alcançada pelo Oreca 03R Nissan #27 da SMP Racing, guiado pelo francês Nicolas Minassian. Com a marca de 1’51″524, o franco-armênio deu um tempo no domínio do Ligier JS P2 Nissan da G-Drive Racing – que inclusive enfrentou problemas técnicos na sessão, com Julien Canal a bordo. A terceira marca foi do #37 da SMP Racing, seguido pelo Oreca da KCMG e do Morgan Judd da OAK Racing.

Na LMGTE-PRO, Ferrari na cabeça: Gianmaria Bruni conseguiu baixar de 2 minutos e fez o melhor tempo no FP3, com 1’59″812, apenas 0″068 abaixo do Porsche 991 RSR da dupla Jörg Bergmeister/Richard Lietz. Se por um lado o treino foi positivo para a AF Corse, por outro foi um desastre: a #71 de James Calado perdeu uma roda logo na saída dos boxes e o piloto teve que parar numa “Slow Zone” por cinco minutos até poder devolver seu carro à pista e regressar ao treino. Perdeu-se tempo precioso e o carro da dupla Calado/Rigon ficou em quinto na categoria neste treino. O #99 da Aston Martin Racing, que tem o brasileiro Fernando Rees a bordo, foi o quarto colocado do grupo – 2’01″923.

2014-6-Heures-de-Bahrein-Adrenal-Media-rw7-7332_hd

O Aston #98 guiado por Pedro Lamy segue entre os mais velozes na LMGTE-AM

Entre os LMGTE-AM, outra vez o português Pedro Lamy foi superior aos demais pilotos, levando o Aston Martin #98 à ponta, com o tempo de 2’00″735. Jeff Segal surpreendeu ao marcar o segundo melhor tempo do treino livre com a Ferrari #61 da AF Corse – agora pintada de laranja – e o Aston #95 da turma da Dinamarca ficou com a terceira posição.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *