MENU

11 de novembro de 2014 - 11:34United Sports Car Championship

Ótima notícia: Negri renova com a MSR

2014_TUDORChampionship_RoadAtlanta_Practice_6

Negri renova com a Michael Shank: será o 12º ano do piloto brasileiro nas competições de Endurance nos EUA

RIO DE JANEIRO – Acabo de receber press-release confirmando a renovação do contrato de Oswaldo Negri com a Michael Shank Racing para a disputa do Tudor United SportsCar em 2015. Será a 12ª temporada do piloto brasileiro pelo time sediado em Ohio no automobilismo dos EUA.

Negri, que soma 131 provas de Endurance no currículo, terá mais uma vez como parceiro o gentleman driver John Pew, que guia com Oswaldo desde 2010.

“Esse ano foi tudo novo: campeonato, carro, motor, regulamento. Ao longo da temporada a gente conseguiu desenvolver bastante a versão atualizada do chassi Riley e o novo motor Ford EcoBoost. É muito bacana poder dar continuidade a esse trabalho e com o mesmo pessoal, que já faz parte da família”, comentou Negri.

Como novidade, a MSR terá um protótipo P2 em 2015 – mas só a partir das 12 Horas de Sebring. O time assegurou a compra de um chassi Ligier JS P2, mesmo modelo usado pela OAK Racing nas provas finais da temporada recém-encerrada do Tudor United SportsCar. O motor do bólido será o Ford EcoBoost V6 Turbo, com 3,5 litros de capacidade cúbica. Nas 24h de Daytona, prova que abre o certame estadunidense de Endurance em janeiro do próximo ano, a equipe vai alinhar o protótipo Riley DP utilizado neste ano.

Compartilhar

5 comentários

  1. Cuca Beludo disse:

    Acho que o Ford Ecoboost no Ligier JS P2 deverá ser 3.1 por força de regulamento do ACO. Não que isso faça diferença porque é um excelente chassis com um motor confiavel e o unico que casou bem com os pneus Continental. Pelo visto em Sebring terá no minimo seis carros LMP2 no grid com os dois HPD da ESM, os dois Mazda Prototype, o Ligier deles e o Ligier Judd do Tracy Krohn.

  2. Fernando Lima disse:

    Vai ser curioso, primeiro ver um time tradicional de DP alinhar um LMP2. Segundo, com o motor EcoBoost, inicialmente projetado para o Riley DP…sei não…se der certo, para mim a Ford será mais uma montadora a ensaiar um ingresso no WEC, ainda que como fornecedora de motores.

  3. Robertom disse:

    Negri é um piloto completo e competitivo, e é bom vê-lo com contrato assinado para 2015.
    Mas com esse parceiro, fica difícil brigar realmente pela ponta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *