Tempo de indefinição

T
FcFKo.St.58
Os ânimos se exaltaram na etapa do Texas e o bicho pode pegar em Phoenix, onde quatro pilotos vão se candidatar para o título da Sprint Cup

SÃO PAULO – Neste domingo, saberemos quem serão os quatro pilotos da Sprint Cup Series que vão decidir, no dia 16, o título da categoria principal da Nascar neste ano. Tudo indefinido: os oito pilotos que participam da terceira fase do Chase estão separados por 18 pontos e qualquer um deles pode ir para a decisão que promete ser das mais incríveis, difíceis e tensas dos últimos tempos.

O temor de que os pilotos partam para as últimas consequências não só em Phoenix como também em Homestead-Miami não é infundado. As recentes confusões ocorridas em Charlotte e no Texas apontaram para essa direção e, em comum a todos esses acontecimentos, um piloto: Brad Keselowski. Se existe alguém que pode fazer tudo – absolutamente tudo, mesmo – para chegar à finalíssima, esse é o dono do Ford #2 do Team Penske.

Também aconteceram coisas curiosas na Elimination Phase: os dois vencedores em Martinsville e no Texas foram dois pilotos que nem brigam mais pelo título – vide Dale Earnhardt Jr. e Jimmie Johnson, ambos em luta direta por um modesto 10º lugar no campeonato. Ou o feito se repete na corrida que acontecerá no Arizona, ou então veremos um único classificado por vitórias (nesta última fase, evidentemente) para a decisão.

Poderemos ter, em contrapartida, três e até mesmo todos os quatro pilotos avançando pelos pontos somados e há mais um detalhe: 25% dos nomes que estão nessa luta renhida pelas vagas não venceram sequer uma vez em 2014. Refiro-me a Ryan Newman e Matt Kenseth. O primeiro era considerado carta foríssima no baralho e surpreendeu, pela regularidade e constância. O segundo, tão regular quanto o rival, tem neste ano uma temporada menos brilhante que ano passado, quando estreou pela Joe Gibbs Racing e, disparado, foi o melhor piloto do time.

Para a prova de Phoenix, o grid terá Denny Hamlin na pole position, seguido imediatamente após por Brad Keselowski, Kevin Harvick, Joey Logano e Matt Kenseth. Jeff Gordon larga em 7º, enquanto Carl Edwards parte de 13º e Ryan Newman, dos oito postulantes às quatro vagas na finalíssima, é o pior colocado entre eles com a vigésima posição. A corrida terá 500 km de percurso ou 312 voltas. E se eu fosse você, ligaria amanhã no Fox Sports 2 para conferir a transmissão com Sergio Lago e Thiago Alves, num domingo imprevisível da Sprint Cup.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

3 Comentários

  • Seguinte: Acho que nesta corrida vai ter confusão outra vez…vai ter gente disposta a mandar o #2 para o muro, e não é apenas um só não…embora, para mim o maior causador da briga do Texas foi o sr Kevin Harvick, que tomou as dores e empurrou o Keselowski na direção do Gordon.
    Mudando um pouco de assunto, Mattar, vai ter uma “corridinha” aqui em Interlagos hoje que eu não pagaria R$ 50,00 para ver, cujo os carros que chegarão na frente todos já sabem e que o maior destaque do evento foi a reforma e recapeamento do autódromo. Acredito que terá um post com sua opinião depois…

  • Mattar, a NASCAR é apaixonante! Pra ficar melhor, gostaria de ver as transmissões com o trio Sergio Lago + Thiago Alves + Rodrigo Mattar
    Aquele abraço!

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames