MENU

16 de dezembro de 2014 - 17:35United Sports Car Championship

Ganassi fecha com Joey Hand para o TUSC

ex-bmw-works-driver-joey-hand-moving-to-ford-and-chip-ganassi-racing-90050-7

Uma nova chance para Joey Hand, de volta aos EUA e agora pela Chip Ganassi Racing: o piloto vai guiar o Ford EcoBoost Riley DP #01 ao lado do veterano Scott Pruett

RIO DE JANEIRO – Recém-dispensado pela BMW, com quem tinha contrato havia anos – defendendo a marca na extinta American Le Mans Series e nas últimas temporadas no DTM – o estadunidense Joey Hand é o novo piloto da Chip Ganassi Racing para a disputa do Tudor United SportsCar Championship, em que vai dividir o Ford EcoBoost Riley DP #01 com o veterano Scott Pruett. Ele será o substituto de Memo Rojas, que deixou a equipe na semana passada por conta da ruptura entre a América Móvil, patrocinadora do piloto mexicano e a CGR.

Hand, de 35 anos de idade, não é propriamente cara nova nas hostes da Ganassi. Aliás, em seu primeiro ano de colaboração com o time (2011), venceu as 24 Horas de Daytona dividindo um BMW Dinan Riley em parceria com Scott Pruett, Memo Rojas e Graham Rahal. Fez aparições esporádicas em 2012 e 2013 – sendo que no ano passado fez uma ótima apresentação em Indianápolis dividindo um carro com o brasileiro Tony Kanaan. No DTM, pelo qual competiu nos últimos três anos, terminou a última temporada em 20º com apenas oito pontos somados. Seu melhor ano foi 2013, quando terminou em décimo-segundo lugar.

O piloto não se contém e diz que Papai Noel chegou mais cedo. E que está realizando um sonho de garoto.

“É uma grande oportunidade”, afirmou Joey Hand. “Para dizer que estou empolgado para me juntar à esta equipe seria um eufemismo. Com os sucessos da equipe de Chip no automobilismo, a grande história do #01 e correr ao lado de uma lenda como Scott Pruett, eu acho que o Natal chegou um pouco mais cedo para mim. Eu tive uma grande experiência com a equipe em 2011, 2012 e 2013, e agora aqui estamos de volta juntos em tempo integral no Tudor United SportsCar Championship. O começo da temporada está muito próximo em Daytona e mal posso esperar para começar a trabalhar com Scott e da equipe. Com toda honestidade, eu queria dirigir para esta equipe desde que eu era um garotinho. Estou animado com o meu futuro a longo prazo aqui e o que podemos potencialmente realizar juntos, contribuindo para o crescimento da Ganassi no esporte.”

Compartilhar

2 comentários

  1. Diogo disse:

    E na vaga em aberto no DTM, Mattar? Alguma previsão? Maxime Martin ou algum nome de fora?

  2. Fernando Kesnault disse:

    otimo piloto e qualquer um é melhor que o Memo Rojas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *