MENU

21 de janeiro de 2015 - 17:47United Sports Car Championship

24 Horas de Daytona – Quem é quem, classe Prototype

RIO DE JANEIRO – Chegou a hora da fina flor do grid da abertura da temporada 2015 do Tudor United SportsCar Championship. Agora é a vez dos carros da classe Prototype, a principal da competição estadunidense de Endurance, que apresenta um bom contingente de inscritos para as 24 Horas de Daytona.

Serão 16 carros presentes na pista da Flórida, sendo seis LMP2 – com direito à estreia do HPD ARX-04b da equipe Tequila Patron ESM, nove Daytona Prototypes e o Delta Wing. Nem todos os bólidos estarão na temporada completa – vários deles só serão vistos nas corridas paralelas de longa duração que compõem a Tequila Patron North American Endurance Cup (Daytona, Sebring, Watkins Glen e Petit Le Mans).

Os testes de pré-temporada mostraram um ligeiro domínio dos DPs com griffe Corvette, mas o Ligier JS P2 da equipe de Michael Shank deu trabalho e pode surpreender, se resistir à exigência da disputa. No mais, o comitê técnico da IMSA apenas referendou algumas mudanças. Uma delas é a capacidade do tanque de combustível de alguns bólidos: 78,3 litros para todos os modelos LMP2, 78 litros para os Riley Ford DP e 76 litros para os Corvette DP. A identificação visual continua através da numeração com fundo vermelho e abas dos aerofólios traseiros na mesma cor.

Vamos às equipes, pois:

DELTAWING RACING CARS
Sede: Braselton, Geórgia
Chefe de equipe: Tim Keene
Carro: DeltaWing DWC13 Elan
Pilotos: Katherine Legge/Memo Rojas/Gabby Chaves/Andy Meyrick (#0)

Site oficial: http://www.deltawingracing.com/
Twitter: @DeltaWingRace
Facebook: https://www.facebook.com/DeltaWingRacingCars?ref=ts&fref…

0

O estranho DeltaWing, que não disputou a temporada completa do Tudor United SportsCar Championship, deve ser visto em todas as pistas em 2015. Pelo menos é o que diz o chefe de equipe Tim Keene, tirado por Don Panoz da Ganassi para dar credibilidade ao projeto. O DWC13 continua rápido em alguns circuitos, porém ainda é muito pouco confiável. A vinda de Memo Rojas, dispensado da Ganassi, pode dar à equipe os ingredientes que ainda lhe faltam, embora o mexicano tenha fama de veloz e estabanado. A britânica Katherine Legge continua a bordo para este ano. A revelação colombiana Gabby Chaves e Andy Meyrick completam a tripulação. Como novidade, o carro – que participou do Roar todo de branco – será pintado também de vermelho e azul, cortesia dos novos apoios financeiros da Claro e da Tracfone.

TEQUILA PATRON ESM
Sede: Stuart, Flórida
Chefe de equipe: Tony Leith
Carro: HPD ARX-04b LMP2
Pilotos: Scott Sharp/Ryan Dalziel/David Heinemeier-Hänsson (#1) e Johannes Van Overbeek/Ed Brown/Jon Fogarty (#2)

Site oficial: http://esmracing.com/
Twitter: @PatronESM
Facebook: https://www.facebook.com/ESMracing

1

Novo nome, novo desafio: a partir de 2015, a Extreme Speed Motorsports incorpora o nome do seu apoiador de vários anos e passa a se chamar Tequila Patron ESM. O time vai disputar toda a temporada do World Endurance Championship (WEC), mas como a marca de bebida alcoólica é a patrocinadora da North American Endurance Cup (NAEC), a série de quatro provas longas do TUSC, Scott Sharp e seu sócio Ed Brown se comprometeram a participar em Daytona, Sebring, Glen e Petit Le Mans, em paralelo com a disputa mundial pelo título na LMP2. Como nova “arma”, a equipe da Flórida apresenta o novo protótipo HPD ARX-04b Coupé, projetado pelo engenheiro Nick Wirth. O carro tem visual agressivo e ficou muito bonito com a pintura definitiva. Mas não escapou de algumas piadas: foi chamado pelos detratores de “Chipmunk” (Esquilo), pela semelhança da seção dianteira com as bochechas do roedor, cheias de avelãs e outros alimentos. Entre os pilotos, dois novos recrutas: o dinamarquês David Heinemeier-Hänsson e o experiente Jon Fogarty farão as estreias de ambos na equipe em Daytona.

ACTION EXPRESS RACING
Sede: Denver, Carolina do Norte
Chefe de equipe: Gary Nelson
Carro: Corvette DP (Coyote)
Pilotos: João Barbosa/Christian Fittipaldi/Sébastien Bourdais (#5) e Eric Curran/Dane Cameron/Max Papis/Phil Keen (#31)

Site oficial: http://axracing.com/
Twitter: @AX_Racing
Facebook: https://www.facebook.com/ActionExpressRacing

5

Campeã da primeira temporada da categoria após a unificação entre Rolex Sports Car Series e American Le Mans Series, a Action Express Racing larga mais uma vez para 2015 com o status de favorita a mais um título. A campanha regular de Christian Fittipaldi e João Barbosa, com três vitórias e oito pódios em onze provas no ano passado, afora a continuidade do desenvolvimento do Corvette DP, deixam no ar essa possibilidade. O time dirigido por Gary Nelson tem uma novidade para esta temporada: a encampação da estrutura da Marsh Racing, que compõe agora uma escuderia com dois carros. O campeão da GTD Dane Cameron é uma das boas aquisições do time, que conta também com Eric Curran na temporada completa. O francês Sébastien Bourdais, o italiano Max Papis e o britânico Phil Keen colaboram com a AXR em Daytona. Outra novidade de última hora foi o acerto com a Mustang Sampling, que traz combustível financeiro para a equipe, mudando assim a programação visual do carro #5.

STARWORKS MOTORSPORT
Sede: Fort Lauderdale, Flórida
Chefe de equipe: Simon Morley
Carro: BMW Dinan Riley DP
Pilotos: Brendon Hartley/Rubens Barrichello/Ryan Hunter-Reay/Scott Mayer/Tor Graves (#7)

Site oficial: http://www.starworksmotorsport.com/
Twitter: @starworksmotor
Facebook: https://www.facebook.com/starworksmotorsport

7

De volta à classe Prototype e ao motor BMW Dinan em seu Riley DP, a Starworks Motorsport caprichou para seu retorno nas 24 Horas de Daytona. Trouxe um timaço de feras que tem como uma das grandes atrações o brasileiro Rubens Barrichello. Aos 42 anos, o campeão da Stock Car ano passado vai disputar a prova da Flórida pela segunda vez, na sua segunda experiência com um protótipo da categoria (a primeira foi em Indianápolis, há dois anos). Além dele, Peter Baron convidou o campeão das 500 Milhas de Indianápolis Ryan Hunter-Reay, além do neozelandês Brendon Hartley, piloto da Porsche no WEC e que já colaborou com o time em diversas outras oportunidades. O perigo mora na participação de Scott Mayer e do tailandês Tor Graves, que chegou a anunciar a aposentadoria mas retorna às pistas neste fim de semana. Os dois são o calcanhar de aquiles num carro que pode surpreender na disputa.

WAYNE TAYLOR RACING
Sede: Brownburg, Indiana
Chefe de equipe: Simon Hodgson
Carro: Corvette DP (Dallara)
Pilotos: Jordan Taylor/Ricky Taylor/Max Angelelli (#10)

Site oficial: http://www.waynetaylorracing.com/
Twitter: @WayneTaylorRcng
Facebook: https://www.facebook.com/WayneTaylorRacing

10

Outra das principais equipes da categoria Prototype, a Wayne Taylor Racing vem com tudo em 2015 para tentar desbancar a campeã Action Express Racing. Vice-campeã da última temporada com duas vitórias e seis pódios, a escuderia do veterano sul-africano Wayne Taylor também tem entre seus planos para este ano uma participação inédita nas 24 Horas de Le Mans, com um protótipo LMP2. Enquanto isto não acontece, o que só será anunciado em 5 de fevereiro, a equipe dá a largada para a temporada deste ano com seu confiável Corvette DP de chassi Dallara, que será mais uma vez guiado pelos filhos de Wayne, Jordan e Ricky Taylor, ao lado do fiel escudeiro Max Angelelli, reforço para as provas longas do certame.

FIFTY PLUS RACING/HIGHWAY TO HELP
Sede: Chattanooga, Tennessee
Chefe de equipe: Andy Greene
Carro: BMW Dinan Riley DP
Pilotos: Dorsey Schroeder/Byron DeFoor/David Hinton/Jim Pace (#50)

Site oficial: http://fiftyplusracing.com/
Twitter: @HighwaytoHelp
Facebook: https://www.facebook.com/pages/Fifty-Plus-Racing/271543279562741

50

Esta será a terceira aparição consecutiva da equipe Fifty Plus Racing em parceria com a fundação Highway To Help, liderada pelo vocalista do lendário grupo de rock AC/DC Brian Johnson, arrecadando fundos para uma campanha contra o Mal de Alzheimer. Aqui, o importante é competir e fazer filantropia. Vencer é um detalhe. Terminar é que será uma vitória para o quarteto do protótipo BMW Dinan Riley DP, que neste ano terá o regresso de Dorsey Schroeder, hoje comentarista das provas da categoria para o Fox Sports, ao cockpit. Com 61 anos de idade, o veterano nascido no Missouri é o melhor nome de uma tripulação que conta também com o antigo vencedor em Daytona e Sebring Jim Pace. No Roar Before The Rolex 24, o carro sofreu uma violenta capotagem num acidente sofrido por Byron DeFoor. Reconstruído, estará na pista para os primeiros treinos livres e a definição do grid, nesta quinta-feira.

KROHN RACING
Sede: Houston, Texas
Chefe de equipe: Jeff Glover
Carro: Ligier JS P2 Judd LMP2
Pilotos: Tracy W. Krohn/Nic Jönsson/Olivier Pla/Alex Brundle (#57)

Site oficial: http://www.krohnracing.net
Twitter: @KrohnRacing
Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100000704035833&ref=ts&fref=ts

57

Campeã da Rolex Sports Car Series em 2006 com Jörg Bergmeister, a Krohn Racing regressa às competições de protótipos, das quais por várias vezes também participou o piloto brasileiro Ricardo Zonta. Após aparições esporádicas no ano passado com sua Ferrari F458 Italia na divisão GTLM, a equipe do Texas comprou um LMP2 construído pela Onroak Automotive, o Ligier JS P2, para a disputa das quatro provas da Tequila Patron North American Endurance Cup, além das 24 Horas de Le Mans e do European Le Mans Series. O experiente engenheiro Hayden Burvill está muito satisfeito com o bom desempenho do novo bólido adquirido pelo bilionário do petróleo Tracy W. Krohn, figura das mais queridas no paddock. O fiel Nic Jönsson estará a seu lado mais uma vez e a equipe tem como excelentes reforços o francês Olivier Pla e o britânico Alex Brundle, que podem dar velocidade e qualidade ao desempenho do time na primeira prova de 2015.

MICHAEL SHANK RACING WITH CURB/AGAJANIAN
Sede: Pataskala, Ohio
Chefe de equipe: Justin Harnisfager
Carro: Ligier JS P2 HPD LMP2
Pilotos: Oswaldo Negri/John Pew/AJ Allmendinger/Matt McMurry (#60)

Site oficial: http://www.michaelshankracing.com/
Twitter: @MichaelShankRac
Facebook: https://www.facebook.com/groups/michaelshankracing/

60

A Michael Shank Racing, campeã das 24 Horas de Daytona de 2012, pode ser uma das grandes surpresas da edição deste ano. Tudo porque o protótipo Ligier JS P2 com motor HPD biturbo adquirido junto à OAK Racing mostrou velocidade e que pode ser uma autêntica pedra no sapato dos Corvette DP, sempre favoritos. O time conta com a experiência de Oswaldo Negri para vencer de novo na Flórida, bem como a velocidade de AJ Allmendinger. O carro, que chamou a atenção não só pelo desempenho no Roar Before The Rolex 24 como também por sua belíssima programação visual, que o fez ser chamado de “Golden Beast”, ou a “Besta Dourada”, passou por uma alteração que não foi tão feliz assim: o protótipo vai disputar a abertura da temporada ‘vestindo’ vermelho…

RG RACING
Sede: Columbus, Ohio
Chefe de equipe: Stephen Southard
Carro: BMW Riley Dinan DP
Pilotos: Robert Gewirtz/Andrew Kvamme/Shane Lewis/David Cheng (#66)

Site oficial: não tem
Twitter: @rgracingllc
Facebook: não tem

66

A nova equipe sediada em Columbus, no estado de Ohio, chega ao Tudor United SportsCar com um dos protótipos Riley DP que pertenciam à equipe de Mike Shank, ao qual foi montado um propulsor BMW Dinan. O proprietário e piloto Robert Gewirtz esteve presente nas 24h de Daytona ano passado, competindo num Porsche da Mühlner Motorsport, no qual também andou um de seus colegas, Mark Kvamme. Fecham a tripulação o experiente Shane Lewis e o sino-estadunidense David Cheng. Chegar ao fim da duríssima corrida é o objetivo número um do time.

SPEEDSOURCE
Sede: Coral Springs, Flórida
Chefe de equipe: Link Smith/Matt Martin
Carro: Mazda Skyactiv-D SDR-14
Pilotos: Jonathan Bomarito/Sylvain Tremblay/Tristan Nunez/James Hinchcliffe (#70) e Joel Miller/Tom Long/Ben Devlin/Sylvain Tremblay (#07)

Site oficial: http://www.speedsource.com/
Twitter: @SpeedSource
Facebook: https://www.facebook.com/SpeedSource

07

Única equipe realmente oficial de fábrica no Tudor United SportsCar Championship entre os LMP2, a Speedsource remou muito ao longo da primeira temporada do motor Skyactiv-D 2,2 litros turbodiesel para tornar o carro minimamente competitivo. Os frutos vieram com o desempenho aceitável dos dois Lola B12/80 rebatizados como Mazda Skyactiv-D SDR-14. Tanto que o fosso entre os protótipos do construtor japonês e os melhores carros da categoria já ficou em menos de três segundos nos testes de pré-temporada. A Speedsource, equipe de Sylvain Tremblay, traz de volta um velho conhecido: Jonathan Bomarito aceitou o desafio de fazer o carro melhor e mais rápido em 2015. Nas 24 Horas de Daytona, o time terá reforços como James Hinchcliffe, da Fórmula Indy e o experiente britânico Ben Devlin.

VISITFLORIDA.COM RACING
Sede: Daytona Beach, Flórida
Chefe de equipe: Gary Grossenbaum
Carro: Corvette DP (Coyote)
Pilotos: Richard Westbrook/Michael Valiante/Mike Rockenfeller/Guy Cosmo (#90)

Site oficial: http://www.sdr-motorsports.com/
Twitter: https://twitter.com/sdrmotorsports
Facebook: não tem

90

A equipe antes conhecida como Spirit of Daytona muda o nome para este ano, vinculando-o ao patrocínio da secretaria de turismo do estado da Flórida. A equipe de Troy Flis passa a se chamar VisitFlorida.com Racing, mantendo o mesmo pacote técnico do ano passado, com o chassi Corvette DP e os mesmos pilotos – Richard Westbrook e Michael Valiante, acrescidos do alemão Mike Rockenfeller pelo menos em Daytona. Ano passado, a equipe que tem sede lá mesmo em Daytona Beach, cidade do circuito que sedia a abertura da temporada do TUSC, teve bom desempenho: 3º lugar, com a vitória nas 6h de Watkins Glen e mais três pódios.

CHIP GANASSI RACING WITH FELIX SABATES
Sede: Indianápolis, Indiana
Chefe de equipe: Mike O’Gara
Carro: Ford EcoBoost Riley DP
Pilotos: Scott Pruett/Joey Hand/Charlie Kimball/Sage Karam (#01) e Tony Kanaan/Jamie McMurray/Kyle Larson/Scott Dixon (#02)

Site oficial: http://www.chipganassiracing.com/
Twitter: @CGRTeams
Facebook: https://www.facebook.com/ChipGanassiRacingTeams?fref=ts

02

Uma das mais fortes escuderias das provas de Endurance nos EUA, a Chip Ganassi Racing jamais pode ser desprezada quando o assunto é 24 Horas de Daytona. A equipe já venceu a corrida cinco vezes – três delas, seguidas, entre 2006 e 2008 – e com o apoio da Ford, tudo fará para chegar ao sexto triunfo na prova. A novidade principal no carro #01, único que disputará a temporada completa, é a contratação de Joey Hand no lugar de Memo Rojas, além da saída dos patrocinadores vinculados ao mexicano. Chip também coloca para trabalhar todos os seus contratados da Fórmula Indy, entre eles o brasileiro Tony Kanaan, além dos principais pilotos do time na Nascar – Kyle Larson e Jamie McMurray – além da revelação Sage Karam. É um time de muito respeito e favorito à vitória e ao título.

Compartilhar

4 comentários

  1. Fernando Lima disse:

    Cara…lindíssimo o novo HPD ARX. E numa prova de 24 horas de duração, acredito que desta vez os LMP2 consigam equilibrar as forças com os DP’s e até mesmo superá-los, já que os testes indicam os Ligier J2 muito velozes.
    Vai ser difícil escolher um para torcer, pois por conceito, prefiro os LMP2, mas não ficarei nem um pouco triste em caso de vitórias dos DP’s #5 (favoritíssimo, por sinal), #7 ou ainda o #02 da Ganassi.

  2. Ronaldo disse:

    Qual o motor do Delta Wing? Ele anda como Wild Card? A categoria dele é a P2? Existe alguma chance de vê-lo em Le Mans? Ainda é a Nissan que toca o projeto?

    • Rodrigo Mattar disse:

      O motor do DeltaWing é o Elan, derivado de uma unidade da USF2000 nos EUA. Ele não é Wild Card. A categoria dele é a Prototype, nos EUA. Não, não há chance de vê-lo em Le Mans. Não, a Nissan não toca mais o projeto.

  3. luiz alberto disse:

    Por puro saudosismo tenho a preferencia pelos DPs pois lembram mais os carros do antigo (e põe antigo,nisto) Grupo C do WSC,embora saiba que os LM P2 sejam mais modernos e creio que a aerodinâmica seja mais eficiente, Vamos ver oque acontece ,pois em 24 horas de corrida, ocorre muita coisa. Mas que vença o melhor,detesto corridas vencidas na sorte,pois não prova nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *