MENU

11 de janeiro de 2015 - 17:01Rali Dakar

Gonçalves vence e Coma desconta diferença para Barreda

ng45CBBE6E-71F8-47CE-A27D-7BAE0BAAE681

3º colocado na geral, o português Paulo Gonçalves tem feito um excelente Rali Dakar até aqui; o piloto da Honda venceu sua primeira especial na edição de 2015

RIO DE JANEIRO – O domingo de etapa maratona nas Motos, com 321 km cronometrados entre Iquique e Uyuni, na chegada dos competidores sobre duas rodas na Bolívia, trouxe mais uma vitória da Honda e de um piloto de Portugal na categoria. Terceiro colocado na geral, o português Paulo Gonçalves foi o mais rápido na trilha, com o tempo de 3h56min00seg – apenas catorze segundos mais veloz que Marc Coma, vice-líder nesta edição e atual campeão da prova.

Aliás, Coma e Gonçalves descontaram – e bem – a diferença que os separa de Joan Barreda Bort, líder na soma geral dos tempos. O piloto da Honda #2 foi apenas o 12º colocado, a 6min13seg de Gonçalves e 5min59seg pior que Coma. Com isso, a diferença baixou para 6min28seg entre os dois espanhóis e o terceiro colocado geral está a quase 11 minutos de Barreda.

Atrasado na classificação geral em decorrência de problemas nas últimas etapas, o austríaco Matthias Walkner foi o terceiro colocado, somente 30 segundos pior que Gonçalves. Pablo Quintanilla continua num excelente Rali: o chileno foi o quarto colocado, mesma posição que ocupa na classificação geral, com o estreante australiano Toby Price em quinto. A melhor Yamaha apareceu em 6º, com Juan Pedrero Garcia.

Alain Duclos foi o sétimo com sua Sherco TVS, à frente do vencedor da última especial antes do descanso – o português Hélder Rodrigues. Stefan Svitko e Riaan Van Niekerk fecharam os dez mais rápidos do dia. O brasileiro Jean Azevedo foi o 31º colocado com 4h17min47seg, ocupando o vigésimo-oitavo posto na geral.

A etapa teve um forte acidente com o piloto francês Roman Souvignet, que vinha em 26º na categoria com sua KTM número #62. O piloto caiu no km 22 da especial, com suspeita de fratura num punho e num cotovelo. Souvignet foi imediatamente assistido e evacuado pelo serviço médico do Dakar.

O resultado da etapa #7 nas motos:

1º #7 Paulo Gonçalves (Honda) – 3h56min00seg
2º #1 Marc Coma (KTM) – 3h56min14seg
3º #27 Matthias Walkner (KTM) – 3h56min30seg
4º #31 Pablo Quintanilla (KTM) – 3h57min32seg
5º #26 Toby Price (KTM) – 3h57min49seg
6º #10 Juan Pedrero Garcia (Yamaha) – 3h59min20seg
7º #14 Alain Duclos (Sherco TVS) – 3h59min48seg
8º #5 Hélder Rodrigues (Honda) – 4h00min05seg
9º #18 Stefan Svitko (KTM) – 4h01min09seg
10º #20 Riaan Van Niekerk (KTM) – 4h02min06seg

Classificação geral:

1º #2 Joan Barreda Bort – 25h40min48seg
2º #1 Marc Coma – 25h47min16seg
3º #7 Paulo Gonçalves – 25h51min47seg
4º #31 Pablo Quintanilla – 26h06min04seg
5º #26 Toby Price – 26h10min08seg
6º #5 Hélder Rodrigues – 26h14min44seg
7º #18 Stefan Svitko – 26h21min11seg
8º #11 Ruben Faria – 26h21min43seg
9º #14 Alain Duclos – 26h31min19seg
10º #9 David Casteu – 26h57min40seg

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *