Le Mans 2015: o grid mais espetacular dos últimos tempos

L
poster-24-heures-du-mans-2015
O pôster oficial das 24h de Le Mans 2015: destaque absoluto para o novo Nissan GT-R LM Nismo

RIO DE JANEIRO – A cereja do bolo da conferência de imprensa desta quinta-feira em Paris foi o anúncio da lista oficial de entradas da 83ª edição das 24 Horas de Le Mans. A principal corrida de Endurance do planeta terá grandes atrações na edição de 2015. Foram mantidos os 56 concorrentes “de oficio”, mas desta vez o comitê de seleção do ACO trouxe apenas sete suplências, num total de 63 carros confirmados.

O grid é sem dúvida alguma o mais espetacular dos últimos tempos, principalmente pela presença de quatro times oficiais de fábrica na LMP1 (Audi, Toyota, Porsche e Nissan), afora a participação de equipes oficiais de Ferrari, Corvette, Porsche e Aston Martin na principal classe de Grã-Turismo. Os independentes dão também um colorido oficial, completando a formidável lista que conta com um total de 14 LMP1, 20 LMP2, nove LMGTE-PRO, 13 LMGTE-AM e sete reservas.

A prioridade do comitê de seleção foi para os 35 inscritos do FIA WEC, restando aí 21 lugares a serem distribuídos entre os concorrentes que tiveram direito às entradas automáticas e depois aos participantes do ELMS e do Tudor United SportsCar Championship, com presenças regulares nas 24 Horas de Le Mans. Os convites restantes foram transformados, assim, em suplências, restando de fora três protótipos LMP2 e quatro LMGTE-AM na lista final. Quem encabeça a lista de suplências é o SRT Viper GTS-R da Riley Technologies-TI Auto Exchange – e sempre existe a possibilidade de uma ou outra desistência. Não custa a Jeroen Bleekemolen e aos ianques cruzarem os dedos…

Ao plantel da LMGTE-AM, além dos sete carros do WEC, juntam-se mais duas Ferrari F458 Italia GTE da AF Corse – três, a bem da verdade, pois o carro da Scuderia Corsa, dos EUA, é assistido pelo time de Amato Ferrari, além da fidelíssima JMW Motorsport e os dois Porsche 911 (997) GT3 RSR anunciados para o Team AAI, de Taiwan. A divisão terá quatro fabricantes envolvidos na disputa.

Na LMGTE-PRO, a única adesão aos sete carros anunciados para o Mundial de Endurance vem dos EUA. A Corvette Racing mais uma vez estará em Sarthe para o duelo contra os construtores europeus, com dois C7-R novinhos em folha. Os carros serão guiados por Jan Magnussen/Antonio Garcia/Ryan Briscoe e Oliver Gavin/Tommy Milner/Jordan Taylor – formações anunciadas assim que se confirmou a presença do “Trovão” em Sarthe.

A LMP2 ganhou 10 competidores vindos não só do ELMS como também do Asian Le Mans Series. Aos participantes “full season” do WEC, juntam-se SMP Racing (com dois carros), Pegasus Racing, Krohn Racing, Greaves Motorsport, Ibanez Racing, Thiriet by TDS Racing e Murphy Prototypes. Além, claro, do Team Jota Sport, campeão da categoria em 2014 e da OAK Racing, vencedora do AsLMS.

O panorama da LMP1 é aquele que todos já imaginavam: 14 carros confirmados para Sarthe, com a adesão das terceiras inscrições de Audi, Porsche e Nissan – a única exceção (de novo) entre as fábricas oficiais é a Toyota. O terceiro R18 e-tron quattro terá Filipe Albuquerque/Marco Bonanomi/René Rast. A Porsche confirmou o neozelandês Earl Bamber e o britânico Nick Tandy como os companheiros do piloto de Fórmula 1 Nico Hülkenberg. E a Nissan revelou que o japonês Tsugio Matsuda é um dos designados para o terceiro carro, que levará o número #21.

Entre os reservas, além da Riley Motorsports, nota-se a presença de um segundo Oreca da KCMG, o segundo carro da Ibanez e o Ligier JS P2 da Algarve Pro Racing, de Portugal. A Formula Racing, da Dinamarca, bem como a Proton Competition e o Gulf Racing UK completam a lista de espera para Le Mans 2015.

Três brasileiros – os mesmos confirmados no WEC – devem competir nas 24 Horas de Le Mans: Lucas Di Grassi, num dos Audi LMP1; Pipo Derani, num dos Ligier LMP2 da G-Drive Racing e Fernando Rees, a bordo de um dos três Aston Martin LMGTE-PRO. Tenho a impressão que poderemos ter outros dois: Oswaldo Negri pela Krohn Racing (LMP2) e Bruno Senna também na Aston Martin (LMGTE-PRO).

O que seria espetacular.

Ah… e na retaguarda, teremos novamente, como nos últimos 32 anos, o talento do engenheiro Ricardo Divila, trabalhando pela Nissan. Como eu poderia esquecer de você, Divila?

A lista completa para a 83ª 24 Horas de Le Mans está aqui

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

8 Comentários

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames