MENU

9 de fevereiro de 2015 - 12:16Automobilismo Internacional

Senna e McLaren: a volta da parceria

mclarengt_bruno_senna01

Senna e McLaren: unidos, mais uma vez (Foto: Patrick Gosling/Divulgação)

RIO DE JANEIRO – A McLaren é a equipe mais emblemática da carreira do tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna. Não é para menos: tirando a passagem pela Lotus, em que começou a conquistar as primeiras vitórias, o brasileiro experimentou as maiores glórias no automobilismo pela escuderia fundada por Bruce McLaren e dirigida por Ron Dennis desde 1981.

E o sobrenome Senna está de volta à McLaren.

É que Bruno Senna, sobrinho de Ayrton, foi confirmado hoje como um dos pilotos de desenvolvimento da McLaren para o novo modelo 650S GT3, que estreou nas 12 Horas de Abu Dhabi, com ótimo desempenho. Com o status de “factory driver”, Senna junta-se ao português Álvaro Parente, ao francês Kévin Estre e ao britânico Rob Bell para disputar as principais provas de Grã-Turismo do mundo.

“Para mim, é uma grande honra me juntar à McLaren”, explicou Bruno, de 31 anos. “Além de ser um dos grandes nomes da história do esporte a motor, é a equipe em que meu tio experimentou o gosto do sucesso. Tive a chance de competir com um McLaren há alguns anos nas 24 Horas de Spa-Francorchamps e estou ansioso para poder estar ao volante do 650S GT3”, finalizou.

Com a experiência de quem competiu na Fórmula 3 inglesa, GP2 Series, Fórmula 1, European Le Mans Series, 24 Horas de Le Mans e Spa-Francorchamps, além do FIA WEC, com certeza Bruno vai agregar bastante à McLaren neste ano. “É o que esperamos dele”, afirmou o diretor Andrew Kirkaldy.

O calendário de provas de Bruno Senna em 2015 com a McLaren ainda não foi divulgado. Mas certamente será feito para não criar problema com os compromissos do brasileiro na Fórmula E.

Compartilhar

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *