MENU

9 de fevereiro de 2015 - 18:27Nascar

Sprint Cup: grid quase preenchido

Jeb-Burton-BK-main.jpg.main

Jeb Burton (centro) vai disputar a temporada 2015 da Sprint Cup: aos 22 anos, o piloto que veio da Camping World Truck Series assinou por três anos com a BK Racing

RIO DE JANEIRO – Neste sábado, a Nascar começa a temporada 2015 com um “aquecimento” do que vem aí a partir da semana seguinte, com o início da disputa das três principais séries – Camping World, Xfinity e Sprint Cup – em Daytona. O mítico oval da Flórida abre os trabalhos com a disputa do Sprint Unlimited, prova não oficial para a qual 25 pilotos estão previamente habilitados. Entre eles, evidentemente, o campeão Kevin Harvick.

Já para a Daytona 500, o plantel terá 43 carros e talvez tenhamos mais pilotos do que as vagas disponíveis (provavelmente serão 50), o que tornará os Duels da quinta-feira tão importantes quanto em 2013, em que apenas dois sobraram na festa e no ano passado, quando seis foram eliminados da disputa. A lista de inscritos vai se desenhando aos poucos, com as últimas vagas preenchidas nos times menores.

O último piloto anunciado foi Jeb Burton, até aqui o único Rookie confirmado para toda a temporada da Sprint Cup. O piloto de 22 anos irá arriscar sua reputação a bordo do Toyota Camry #26 da BK Racing. A equipe terá três carros em Daytona, com JJ Yeley tendo assinado a tempo inteiro para andar no #23 e Johnny Sauter fará uma tentativa de qualificação na abertura do campeonato com o #83.

A HScott Motorsports, que fez boa temporada ano passado com Justin Allgaier, continua com motores preparados pela Hendrick e amplia o esquema para dois carros. O recém-chegado à equipe é Michael Annett, que traz os seus patrocinadores junto, deixando assim a Tommy Baldwin Racing, que logo contratou Alex Bowman.

Esta última, por sinal, vendeu parte de sua estrutura para a Premium Motorsports, abrindo a chance de haver um carro para toda a temporada, que será revezado entre Brian Scott (que correrá nele em Daytona) e Brendan Gaughan. Michael McDowell fará um programa de provas restrito com a Leavine Family Racing, para um total de 20 etapas. Ryan Blaney, que é contratado da Penske para a Xfinity Series, foi escalado pela Wood Brothers para um total de 18 corridas na Sprint Cup. Mas ninguém entre os pilotos indicados para a chamada “partial season” chama mais a atenção do que Chase Elliott.

O filho de Bill Elliott, já indicado para a vaga de Jeff Gordon em 2016 na divisão principal da Nascar (que não será mais Sprint Cup, é bom lembrar), estreia na turma de cima pela Hendrick num Chevrolet com o número #25 e em apenas cinco etapas, começando por Martinsville e passando por Richmond, Charlotte, Indianápolis e Darlington. O objetivo é o bicampeonato da Xfinity Series. Queimar etapas seria péssimo para o garoto.

Além da aposentadoria de Gordon, outros pilotos estarão no fim da vigência de seus contratos quando a temporada 2015 se encerrar. Não será difícil ver Jimmie Johnson, por exemplo, renovando com a Hendrick, equipe que sempre defendeu na Sprint Cup. Já a situação da “Dama de Verde” Danica Patrick está longe de ser confortável. Ela leva patrocínio à Stewart-Haas Racing, traz mídia e retorno para a equipe, mas resultado que é bom… a piloto poderá ser apeada de seu lugar para 2016, marcando um possível regresso para a Fórmula Indy.

Os prováveis participantes da Daytona 2015, prova de abertura da Sprint Cup 2015 serão estes:

#1 JAMIE McMURRAY
Chip Ganassi Racing
Chevrolet SS

#2 BRAD KESELOWSKI
Team Penske
Ford Fusion

#3 AUSTIN DILLON
Richard Childress Racing
Chevrolet SS

#4 KEVIN HARVICK
Stewart-Haas Racing
Chevrolet SS

#5 KASEY KAHNE
Hendrick Motorsports
Chevrolet SS

#6 TREVOR BAYNE
Roush-Fenway Racing
Ford Fusion

#7 ALEX BOWMAN
Tommy Baldwin Racing
Chevrolet SS

#9 SAM HORNISH JR.
Richard Petty Motorsports
Ford Fusion

#10 DANICA PATRICK
Stewart-Haas Racing
Chevrolet SS

#11 DENNY HAMLIN
Joe Gibbs Racing
Toyota Camry

#13 CASEY MEARS
Germain Racing
Chevrolet SS

#14 TONY STEWART
Stewart-Haas Racing
Chevrolet SS

#15 CLINT BOWYER
Michael Waltrip Racing
Toyota Camry

#16 GREG BIFFLE
Roush-Fenway Racing
Ford Fusion

#17 RICK STENHOUSE JR.
Roush-Fenway Racing
Ford Fusion

#18 KYLE BUSCH
Joe Gibbs Racing
Toyota Camry

#19 CARL EDWARDS
Joe Gibbs Racing
Toyota Camry

#20 MATT KENSETH
Joe Gibbs Racing
Toyota Camry

#21 RYAN BLANEY
Wood Brothers Racing
Ford Fusion

#22 JOEY LOGANO
Team Penske
Ford Fusion

#23 JJ YELEY
BK Racing
Toyota Camry

#24 JEFF GORDON
Hendrick Motorsports
Chevrolet SS

#26 JEB BURTON
BK Racing
Toyota Camry

#27 PAUL MENARD
Richard Childress Racing
Chevrolet SS

#29 JUSTIN MARKS
RAB Racing
Toyota Camry

#30 RON HORNADAY
The Motorsports Group
Chevrolet SS

#31 RYAN NEWMAN
Richard Childress Racing
Chevrolet SS

#32 BOBBY LABONTE
Go FAS Racing
Ford Fusion

#33 TY DILLON
Richard Childress Racing
Chevrolet SS

#34 DAVID RAGAN
Front Row Motorsports
Ford Fusion

#35 COLE WHITT
Front Row Motorsports
Ford Fusion

#38 DAVID GILLILAND
Front Row Motorsports
Ford Fusion

#40 LANDON CASSILL
Hillman-Smith Motorsports
Chevrolet SS

#41 KURT BUSCH
Stewart-Haas Racing
Chevrolet SS

#42 KYLE LARSON
Chip Ganassi Racing
Chevrolet SS

#43 ARIC ALMIROLA
Richard Petty Motorsports
Ford Fusion

#44 REED SORENSON
Team XTREME Racing
Chevrolet SS

#46 MICHAEL ANNETT
HScott Motorsports
Chevrolet SS

#47 AJ ALLMENDINGER
JTG Daugherty Racing
Chevrolet SS

#48 JIMMIE JOHNSON
Hendrick Motorsports
Chevrolet SS

#51 JUSTIN ALLGAIER
HScott Motorsports
Chevrolet SS

#55 MICHAEL WALTRIP
Michael Waltrip Racing
Toyota Camry

#62 BRIAN SCOTT
Premium Motorsports
Chevrolet SS

#66 MIKE WALLACE
Premium Motorsports
Toyota Camry

#78 MARTIN TRUEX JR.
Furniture Row/Denver Mattress
Chevrolet SS

#83 JOHNNY SAUTER
BK Racing
Toyota Camry

#87 JOE NEMECHEK
Nemco Motorsports
Chevrolet SS

#88 DALE EARNHARDT JR.
Hendrick Motorsports
Chevrolet SS

#95 MICHAEL McDOWELL
Leavine Family
Ford Fusion

#98 JOSH WISE
Phil Parsons Racing
Chevrolet SS

Compartilhar

6 comentários

  1. GUSTAVO RANGEL disse:

    Aí vc olha todos esses nomes, principalmente os mais novos e entende cada vez menos pq o Nelsinho não ficou lá (patriotismo ZERO nesse comentário). OU melhor…..talvez até dê pra entender…..mas aí os que defendem que a NASCAR é muito diferente de uma certa categoria mundial não ficarão satisfeitos……

  2. Fernando Lima disse:

    Depois de um ano complicado por caprichos de operadoras de tv, nada como assistir novamente a uma temporada completa da NASCAR. O Chase Elliot realmente é um talento nato, ms as vezes temo que acabe como o Ricky Sthenhouse Jr…que despontou como talento mas depois…bem, deixa para lá.
    Gosto muito deste Ryan Blaney, esse moleque vai dar muito trabalho.

  3. VitorSouza disse:

    Rodrigo, só pra corrigir uma informação errada ali no texto, em 2013 dois pilotos ficaram de fora da Daytona 500 (Mike Bliss e Brian Keselowski) e em 2014 foram seis (Eric McClure, Morgan Shepherd, Dave Blaney, Ryan Truex, Michael McDowell e Joe Nemechek).

    Outra coisa que vale ressaltar: Johnny Sauter irá fazer algumas poucas corridas no #83, ele competirá de forma principal pela Truck no #98. Nas corridas restantes, o #83 deverá ficar com Matt DiBenedetto.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Você está correto, Vitor. Vou corrigir isso, ok? Grande abraço e obrigado.

      PS.: quanto ao Sauter eu sabia que era só a tentativa para a Daytona 500 e não mais do que isso.

  4. Flavio disse:

    Rodrigo,

    O Nelsinho Piquet saiu porque quis da Nascar, ou foi convidado a se retirar devido aquela briga que teve?
    E o Paludo, também não corre mais?
    Abraços.
    Flavio

    • Rodrigo Mattar disse:

      Nenhum dos dois conseguiu patrocínio para custear suas temporadas em 2014, mas Nelsinho talvez tenha sido ‘queimado’ pela má escolha de equipe para a Nationwide Series e por pequenos acontecimentos extrapista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *