Um novo brasileiro no WEC

U
20141004092821murphy_elms_paul_ricard-12
Pipo Derani deixou ótima impressão pela Murphy Prototypes no ELMS e está garantido no WEC, numa das equipes da classe LMP2

RIO DE JANEIRO – A lista de entradas do WEC será divulgada amanhã – os leitores do blog já sabem. E uma notícia que viria a reboque da confirmação dos inscritos do Mundial de Endurance já vazou, através do Motorsport.com: o brasileiro Pipo Derani, 21 anos de idade, vai dispútar a competição em 2015. A equipe, no entanto, ainda não foi anunciada.

Derani vai competir na classe LMP2, a segunda divisão de protótipos que têm motores de até 450 HP de potência. É a mesma pela qual o piloto paulista competiu – e com muito destaque – em duas provas do European Le Mans Series (ELMS) pela Murphy Prototypes. O saldo foi muito positivo: pole position e pódio (3º lugar) em Paul Ricard, além da volta mais rápida na prova do Estoril, em que Derani destacou-se por ser disparadamente o piloto mais rápido em seu turno de pista.

As qualidades do jovem brasileiro chamaram a atenção de diversas equipes de Endurance e Derani foi visto no box da Aston Martin Racing durante as 6 Horas de São Paulo. O que poderia ser uma possibilidade de participação pela marca britânica acabou indo por água abaixo pelo anúncio da Young Driver na LMGTE-PRO com uma tripulação só de pilotos dinamarqueses e a provável redução para três Aston Martin Vantage GTE em 2015.

No fim das contas, deu tudo certo: as negociações avançaram e o piloto está garantido no WEC. “É um momento muito emocionante para mim e eu não posso esperar para começar no Campeonato Mundial de Endurance”, disse Derani ao site Motorsport.com. “Eu já tenho um sentimento muito bom dentro da equipe e o pacote que temos é muito forte, de fato. Vou terminar o que comecei em 2014, quando eu competi no ELMS. Meus objetivos e ambições com a minha nova equipe são lutar por vitórias, mas tenho em mente que eu tenho muito a aprender e esta é a mentalidade com que estou entrando no FIA WEC. Estou confiante de que este será um ano memorável para mim.”

Já que a equipe não foi divulgada, ainda, fica a pergunta: para onde vai Derani? Signatech-Alpine, KCMG, G-Drive Racing ou OAK Racing? Façam suas apostas.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

3 Comentários

  • Vou apostar que Derani vai guiar pela KCMG, por ter o mesmo Oreca Nissan da Murphy Prototypes. Mais gostaria que fosse na G-Drive pelo carro mais moderno.

  • Para onde vai ,nesta temporada ; não sei ! Mas tem a minha torcida para que chegue no mais alto patamar que possa ter planejado. Diferentemente de alguns outros pilotos ou pilotinhos que ficam embirrados em :¬ Quero formula;quero formula; quero formula !!!!! . O Derani , como mostra a história e tradição que piloto bom se da bem em qualquer categoria ,encontrou o seu caminho no WEC e desejo de coração todo o sucesso para ele .Que seja o nosso Tom Kristensen e angarie o mesmo respeito no mundo do automobilismo esportivo.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames