MENU

19 de março de 2015 - 15:47United Sports Car Championship

12h de Sebring, treino livre #1: Action Express comanda

0-2015_372293

RIO DE JANEIRO – Atual campeã do Tudor United SportsCar Championship, a Action Express comandou na manhã desta quinta-feira a primeira sessão de treinos livres válida para a 63ª edição das 12 Horas de Sebring. A bordo do Corvette DP #5, o português João Barbosa cravou a melhor volta da sessão – 1’52″485, com vantagem superior a um segundo para o Ligier JS P2 HPD da Michael Shank Racing.

O carro #60 que terá a volta de Justin Wilson, sem chance na Fórmula Indy, foi conduzido em sua volta mais veloz do treino pelo experiente brasileiro Oswaldo Negri, um dos quatro representantes do país na tradicional corrida longa da Flórida. Vale observar que Christian Fittipaldi estará no #5 que divide com Barbosa e Sébastien Bourdais.

Olivier Pla marcou o 3º melhor tempo com o Ligier JS P2 Judd da Krohn Racing, enquanto outros dois Corvettes DP ficaram nas posições seguintes – o #10 da Wayne Taylor Racing e o #31 da Action Express/Marsh Racing. Em seu retorno às pistas, o HPD ARX-03b da equipe Tequila Patrón ESM ficou com o sexto tempo. A Chip Ganassi Racing, vencedora da disputa no ano passado, começou apenas com a nona posição na sessão, a 2″577 do melhor tempo.

Colin Braun foi o piloto mais rápido da sessão entre os integrantes da classe Prototype Challenge. A bordo do #54 da CORE Autosport, ele marcou 1’55″144 (10º tempo geral), quase um segundo melhor que o #85 da JDC/Miller Motorsports. O #11 da RSR Racing, que tem entre os tripulantes o mineiro Bruno Junqueira, ficou em 6º na categoria e 15º na geral – 1’57″044.

Estreando a pintura alusiva à primeira vitória nos EUA – que foi exatamente nas 12 Horas de Sebring, há 40 anos – a BMW Z4 GTE #25 ficou com o melhor tempo na divisão GT Le Mans. Dirk Werner registrou a melhor volta em 1’59″495 – e os oito primeiros carros da classe ficaram separados por apenas 0″805. Já na GT Daytona, o Porsche #23 da Alex Job Racing/Team Seattle foi o mais rápido graças a Mario Farnbacher. Também houve equilíbrio entre os principais classificados, com os seis primeiros dentro de 0″603 de segundo.

A lista de inscritos apresentou algumas baixas antes dos treinos: o BMW Riley DP #7 da Starworks Motorsport, que foi conduzido inclusive por Rubens Barrichello em Daytona, foi retirado pelo time de Peter Baron. Também o Porsche GTD #19 da Mühlner Motorsports America está fora. Dos 45 carros presentes, 43 marcaram tempo na primeira sessão.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *