MENU

19 de março de 2015 - 10:14Mundial de Endurance

Audi: mais forte para o WEC em 2015

11018916_10203943318606311_6497626256002961497_n

Agora na classe 4MJ, a versão 2015 do R18 e-tron quattro foi totalmente revisada e passou por mais de 6 mil km de testes de pré-temporada

RIO DE JANEIRO – Totalmente revisada, a versão 2015 do protótipo R18 e-tron quattro da Audi já está pronta para o Prólogo do Mundial de Endurance (FIA WEC), que acontece daqui a alguns dias no circuito francês de Paul Ricard.

A marca dos quatro anéis de Ingolstadt realizou, em diferentes circuitos, mais de 6 mil km de testes com o novo sistema híbrido, localizado no eixo dianteiro do bólido e cuja energia recuperada é acionada pelo sistema flywheel. Estruturalmente, o e-tron quattro permanece o mesmo, tanto que o monocoque é similar ao carro que no ano passado levou uma surra da Toyota e um calor danado da Porsche. Mas há outras diferenças, como explica o engenheiro Christian Reinke.

“Em vez de adotarmos um segundo sistema, partimos de uma base inicial, aperfeiçoando o que já tínhamos e evoluindo para a categoria 4 MJ de armazenamento de energia”, disse. “Nos testes, avaliamos que esse único sistema híbrido nos ofereceu o melhor compromisso com todos os recursos disponíveis, bem como um ganho considerável nos tempos de volta, assim como uma menor complexidade e maior confiabilidade”, finalizou.

De acordo com a Audi, o sistema híbrido dianteiro vai ser capaz de gerar 270 HP extras agregadas à potência do motor diesel, que até o ano passado estava na faixa de 540 HP e pode ter ganho alguns cavalinhos a mais. Quem gostou foi o alemão Andre Lotterer, campeão das 24 Horas de Le Mans no ano passado, em parceria com Marcel Fässler e Bénoit Tréluyer.

“É visível o ganho com a potência extra”, diz o piloto. “Temos um impulso maior e por um tempo mais extenso. Dá pra sentir os benefícios da tração total nas quatro rodas agora, especialmente numa pista como a de Sebring.”

Vale lembrar que os últimos treinos da Audi antes do Prólogo em Paul Ricard foram feitos no circuito que terá neste fim de semana a 63ª edição das 12 Horas de Sebring. E por falar em Prólogo, Toyota e Porsche, que no ano passado correram na classe 6 MJ de armazenamento de energia, devem anunciar seus planos para 2015 justamente no evento marcado para o circuito de Le Castellet.

Compartilhar

7 comentários

  1. Isidio Cristovão disse:

    Obrigado Rodrigo estava muito curioso para saber a nova configuração do R18, a Audi não vai deixar barato o ano de 2014(Apesar da vitória de Le Mans) e vem muito forte para 2015. O carro é bem bonito de frente com novos faróis e entrada de ar e pelo jeito o motor continua o V6 4.0 TDi, na mudança de classe de MJ de 2 para 4 não afetou a cilindrada acho.

  2. Edilson disse:

    Rodrigo, tudo bem?
    Gostaria de ver um post sobre a corrida de duplas da Stock Car. Saber sua opiniao…
    Teremos a honra?
    abs e parabens pelo blog.

  3. geraldo101 disse:

    Olhando apenas os dados, parece pouco, ainda mais se Toyota e Porsche subirem para a categoria de 8 MJ como já se especulou, mas nunca se pode menosprezar ou esquecer a Audi: eles entendem do riscado, como demonstraram em Le Mans no ano passado, e devem ser respeitados.

    Eu espero, e torço, por uma Audi forte, apimentando ainda mais o campeonato.

  4. Fernando Lima disse:

    A Audi é, continua sendo e sempre será fortíssima…perdeu o campeonato mas venceu Le Mans…e claro que não se contentaria em ver os rivais andando à sua frente por muito tempo…

  5. Ficou mais robusto esse R-18, xará, ou é apenas minha impressão? Mas continua lindo. Abs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *