MENU

29 de março de 2015 - 20:12Motovelocidade

Gallina vecchia…

valentino-rossi-movistar-yamaha-motogp-qatar-test-2015-4

Gênio: aos 36 anos, Valentino Rossi continua a impressionar todos nós que gostamos de Motovelocidade

RIO DE JANEIRO - Em bom português, como diz o velho ditado, “galinha velha ainda dá um bom caldo”. Pois o “Gallina Vecchia” da MotoGP, aos 36 anos, mostrou hoje que ainda dá caldo. Muito caldo.

A vitória de Valentino Rossi, a 109ª da carreira, mais do que um triunfo emblemático no grid mais forte da história da MotoGP, com 12 campeões mundiais em diferentes categorias num total de 25 pilotos inscritos e quase 400 vitórias na história da Motovelocidade, foi mais uma daquelas que fazem a gente tirar o chapéu diante da genialidade de “The Doctor”.

Hoje, o piloto da Yamaha #46 foi soberbo. Conservou os pneus de sua motocicleta no circuito de Losail durante a primeira parte da corrida, se manteve próximo dos rivais – Jorge Lorenzo e dos Andreas Dovizioso e Iannone – para atacar na hora certa, no momento certo.

Com a tarimba e a experiência de 20 temporadas no Mundial, Valentino segurou o verdadeiro rojão que foi a Desmosedici GP15 da Ducati, que atingiu velocidades espantosas em reta, para cruzar a linha de chegada ao fim de 22 voltas e faturar a prova de abertura do campeonato de 2015, algo que não acontecia há cinco anos. Aliás, o pódio da MotoGP foi todo de pilotos italianos: Rossi, Dovizioso e Iannone, quebrando a banca dos espanhóis. Há quanto tempo isto não acontecia? Sinceramente, eu nem sei responder…

Um feito como este de Rossi no GP do Catar é pra emoldurar na parede de casa. O Mundial de Motovelocidade em 2015 não poderia começar de outra forma. Galinha velha ainda dá um bom caldo.

Auguri, Vale!

8 comentários

  1. Vinicius disse:

    Rossi é monstro sagrado!
    Rossi é Gênio!!!!!!!!!!!
    Rossi é FODA!!!!!!!!!!!!!!!

    Desculpa o palavrão Rodrigo,mas não há palavras pra descrever tamanho sentimento e tamanha genialidade!

  2. jan crispim disse:

    vale deve estar mais que feliz

  3. Eduardo disse:

    Motovelocidade começando com tudo. Até saí com um sorriso de orelha a orelha após 3 belas corridas. A Moto3 também foi uma corrida excelente – em certos pontos até melhor que a MotoGP – e a Moto2 foi bem surpreendente.

    Rossi mostrando porque é uma lenda viva do esporte a motor. Soube como aliar economia de pneus, controle dos rivais e oportunismo. Quando pegou a liderança, não soltou mais. Já o Lorenzo foi meio bipolar, fez uma primeira metade de corrida excelente, porém perdeu rendimento demais na segunda, a ponto de nem beliscar o pódio.

    Há de se ressaltar também a evolução absurda que a Ducati teve. A dupla da equipe oficial e mais o colombiano Hernandez fizeram grande corrida, mostrando que os problemas que a montadora teve devem ser coisa do passado. Prevejo que a Ducati brigará em pé de igualdade com Honda e Yamaha nesta temporada.

    Outro ponto de vista a ser observado é a Honda. Marc Marquez mostrou muita qualidade e força de vontade ao fazer uma corrida de recuperação excelente. Já o Dani Pedrosa parecia ter jogado as coisas para o alto quando viu que começou a ficar longe do pelotão principal.

    Enfim, ao que tudo indica, teremos uma bela temporada pela frente.

  4. Antonio Seabra disse:

    Espetacular !!!
    Hoje lembrei de quando ele venceu a primeira, na volta a Yamaha, e escreveu: “Gallina Vecchia fa bon brodo”. E agora vc lembrou tambem, pra todos nós.
    Salve Sao Rossi !

    Antonio

  5. Fernando Lima disse:

    Rossi tem muita lenha para queimar ainda…e parece que ontem foi o dia dos veteranos…não ei se viu, Mattar, mas o Montoya começou também vencendo a temporada da Indy…faltou só o Gordon na Nascar para a trinca veterana ser completa.

  6. Luciano disse:

    Eu via a corrida e foi das boas!!! O “Doutor” veio lá de trás, na dele e no meio da corrida estava entre os top 4 e só esperou a hora do bote mortal… O Lorenzo vai ter que melhorar mais do que mostrou na corrida, pois faltou gás para metade final da corrida para ao menos colocar as botas no pódio. Gostei de ver as Ducati andando na frente, e acho que só falta um pouquinho mais de agilidade pois motor está sobrando… E as Honda?? O Marquez deu aquela vacilada no início da corrida mas em outras situações iguais ele tinha chegado naquele grupinho de Yamaha e Ducati que estava comando da festa no Qatar rapidinho, no máximo na metade final da corrida, mas dada a bandeirada o danado nem ameaçou o Lorenzo que já estava capenga… E essa do Pedrosa largar o osso mal dada a partida no campeonato?? O cara está dando uma desculpa de uma contusão ou fratura mal curada no antebraço que sei não…

  7. giovani Netzel disse:

    O bom de torcer para o Valentino Rossi e acompanhar sua corridas, e que de vez em quando ele tira um coelho da cartola e desiquilibra seus rivais. O Marques por exemplo, tremeu na largada, e depois quase fez bestira. Não vemos mais essa genialidade em nenhuma outra categoria,
    Parafraseando o mestre….. Alguri Vale…. e Grazie per la mostra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>