MENU

21 de março de 2015 - 10:28Mundial de Endurance

O alvo

1551541_10203951460089843_7933375887833479640_n

RIO DE JANEIRO – Aí está o carro a ser batido no Mundial de Endurance 2015: a versão revista e atualizada do Toyota TS040 Hybrid, que levou o construtor japonês a um título inédito nas corridas de longa duração e deu o campeonato mundial de pilotos do WEC a Sébastien Buemi e Anthony Davidson.

1920050_10203951459809836_1413962218733756799_n

À primeira vista, o protótipo sofreu, a exemplo do Porsche 919 Hybrid e do Audi R18 e-tron quattro, uma severa revisão aerodinâmica. Mecanicamente, o carro mantém a mesma filosofia: motor 3,7 litros V8 de aspiração normal com potência de 520 HP. A saber ainda se a filosofia dos Super Capacitores foi mantida: ano passado, esses artefatos montados na dianteira e traseira do bólido conferiam nada menos que 480 HP extras, deixando o Toyota com incríveis 1000 HP, potência só vista no automobilismo moderno nos carros da Can-Am, da Fórmula Indy e da primeira Era Turbo da Fórmula 1.

1901686_10203951460329849_6290542888785380924_n

Outra dúvida que persiste e só será dirimida quando começar o Prólogo do WEC em Paul Ricard: o carro vai atuar na categoria 6MJ ou na 8MJ em 2015? Com a confirmação da passagem do Audi para a classe 4MJ, não será surpresa se os japoneses derem um passo a mais neste ano – e é esperado que a Porsche faça o mesmo.

Compartilhar

2 comentários

  1. Stanley Ragazzi disse:

    O motor é 3.7 litros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *