TUSC: só 18 carros para Long Beach

T
Memo+Rojas+Tequila+Patron+Sports+Car+Showcase+9Hf_d3LfRnrl
Quorum baixo para a 3ª etapa do Tudor United SportsCar Championship

RIO DE JANEIRO – A IMSA divulgou nesta quarta-feira a lista de inscritos para o GP de Long Beach, 3ª etapa do Tudor United SportsCar Championship. Como apenas as divisões Prototype e GTLM foram anunciadas desta vez, a pista urbana da Califórnia verá somente 18 carros – três a menos que no ano passado.

São 10 bólidos na classe principal e os restantes na GTLM, sendo que somente o BMW Dinan Riley DP #7 da Starworks Motorsport não tem piloto algum confirmado – e o mais provável é que seja anunciado o forfait desta inscrição, baixando o total para dezessete.

Lista de inscritos para o GP de Long Beach

Entre os protótipos, aliás, será vista a estreia do Delta Wing em pistas de rua: a trapizonga será guiada por Memo Rojas e Katherine Legge. A Michael Shank Racing reconstruiu seu Ligier JS P2 HPD após o enorme acidente nas 12 Horas de Sebring e o carro #60 será conduzido como sempre por Oswaldo Negri e John Pew.

Líder do campeonato, Christian Fittipaldi tentará a segunda vitória no ano – e a terceira de pilotos brasileiros na geral, já que Tony Kanaan triunfou em Daytona – a bordo do Corvette DP #5 da Action Express Racing. Christian e o português João Barbosa somam 69 pontos, contra 65 de Scott Dixon – que não corre em Long Beach – e 62 da dupla Michael Valiante/Richard Westbrook.

Na GTLM, com oito carros confirmados, a novidade vem da Porsche: Earl Bamber e Nick Tandy não participam da corrida de Long Beach. O carro #911 terá Patrick Pilet/Fred Makowiecki e o #912 virá com Richard Lietz/Jörg Bergmeister. Antonio Garcia/Jan Magnussen, que ganharam as duas primeiras provas do ano ao lado do australiano Ryan Briscoe, defendem a liderança com 72 pontos somados, contra 58 de John Edwards/Lucas Luhr, da equipe BMW Team RLL.

O GP de Long Beach será no próximo dia 18 de abril, um sábado. A corrida é a mais curta do calendário, com apenas 1h40min de duração.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

2 Comentários

  • Esta etapa é atípica e não deveria nem mesmo ser considerada “longa duração”. no caso do grid eu concordo em correr apenas duas das quatro classes, por questões de segurança. Minha aposta será no #5 na classe protótipe e no Porsche #911 de Patrick Pilet/Fred Makowiecki na GTLM.

  • Essas corridas de até 2h45, o Ligier JS P2 da Shank não ganha a não ser que aconteça uma hecatombe. Ah sim, e torço pro Mazda Prototype conseguir imprimir um ritmo de corrida bom visto que na época que o carro era a vergonha da Prototype, em Detroit e Laguna Seca, conseguia competir de igual com os DP’s e LMP2. Pois vamos combinar que não vai adiantar nada o Negri correr igual um louco no qualy pra chegar na metade da corrida. O Pew cagar tudo, a Shank deveria pensar a longo prazo e alinhar 2 Ligier com dois pilotos que mostrem alguma habilidade mesmo que a base do “pagando, mas piloto” como o Yacaman que não é nenhum piloto de alto calibre, mas mostrou serviço no Morgan Nissan no ano passado.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames