MENU

1 de maio de 2015 - 11:22Mundial de Endurance

6h de Spa-Francorchamps: Lotterer impede 1-2-3 da Porsche no último treino livre

17124637277_2b5fa9a9df_h

Andre Lotterer bateu o esquadrão Porsche e também o recorde da pista de Spa-Francorchamps para protótipos

RIO DE JANEIRO – A ameaça de chuva em Spa-Francorchamps é sempre grande, mas a sexta-feira começou com pista seca e tempo razoavelmente firme na Bélgica. Por isso, os pilotos aproveitaram para dar o máximo de voltas na última sessão livre antes do treino oficial que define as posições de largada. E a Audi, graças a uma volta voadora de Andre Lotterer, bateu a Porsche – que fazia 1-2-3 com sobras – e quebrou o recorde da pista, que durava desde 2010.

Com o R18 e-tron quattro modificado na aerodinâmica para uma melhor performance não só em Spa como nas 24 Horas de Le Mans, Lotterer virou sua melhor volta em 1’57″368 (média horária de aproximadamente 215 km/h), superando em apenas onze milésimos de segundo o tempo cravado por outro germânico – que normalmente anda muito bem em Spa: Nico Hülkenberg, a bordo da inscrição extra da Porsche com o carro #19. Neel Jani ficou em terceiro, a meio segundo do tempo do companheiro de equipe, com Brendon Hartley em quarto.

A bordo do segundo e-tron quattro que também está com a nova atualização de aerodinâmica, Lucas Di Grassi fez o quinto melhor tempo da sessão – 1’58″228. Mike Conway foi o sexto mais veloz com o Toyota TS040 Hybrid e Sébastien Buemi ficou em sétimo, bem longe do Audi #9 guiado por René Rast. O CLM P1/01 AER da ByKolles Racing, única inscrição não-oficial entre os LMP1 presentes a Spa-Francorchamps, ficou a quase 12 segundos do Audi líder entre os nove inscritos da LMP1.

Sam Bird estabeleceu o melhor tempo no último treino entre os carros da LMP2: o “Passarinho” virou em 2’08″415 com o Ligier JS P2 Nissan #26 da G-Drive Racing, quatro décimos abaixo do Oreca 05 Nissan da KCMG guiado por outro britânico, Matt Howson. Aliás, os súditos da rainha estão com fome de velocidade, pois o terceiro mais veloz foi Harry Tincknell, no Gibson 015S Nissan da Jota Sport. Só aí veio o brasileiro Pipo Derani, quarto colocado da classe, com o tempo de 2’09″311 no segundo Ligier da G-Drive.

Nelson Panciatici pôs o Alpine A450B Nissan #36 da Signatech em quinto, seguido do outro carro de configuração Spyder da divisão: o Morgan EVO de Oliver Webb, do Team SARD-Morand. Mais rápido na chuva, o Dome Strakka S103 Nissan ficou em sétimo no treino de pista seca, seguido por mais três Ligier JS P2 – respectivamente o #30 da Tequila Patrón ESM, o #35 da OAK Racing e o #31 do time de propriedade de Scott Sharp e Ed Brown.

17330193872_949f7d72a9_h

Fernando Rees foi o 2º mais rápido da LMGTE-PRO no último treino livre

O melhor tempo da LMGTE-PRO, estabelecendo a verdade atual da categoria, foi da Ferrari F458 #51 da AF Corse. Toni Vilander fez 2’18″390, quase dois décimos melhor que o brasileiro Fernando Rees, que neste fim de semana corre com seu Aston Martin Vantage GTE pintado de vermelho e amarelo. O britânico James Calado ficou em terceiro na outra Ferrari oficial de fábrica, seguido por Stefan Mücke em quarto e Christoffer Nygaard em quinto. Mais velozes no molhado, os Porsche 991 RSR acabaram relegados às últimas posições da divisão no terceiro treino livre, em que Fred Makowiecki foi meio segundo melhor que o novato alemão Sven Müller.

Na LMGTE-AM, Pedro Lamy fez, com sobras, o melhor tempo do treino. A marca do português – 2’19″485 – foi um segundo e sete décimos melhor que a do segundo colocado, o italiano Paolo Ruberti, este com o Corvette C7-R da Larbre. Na sequência, vieram o Porsche 991 RSR #88 de Klaus Bachler, a Ferrari #72 de Viktor Shaitar, a Ferrari #83 de Manu Collard, o Porsche #77 de Patrick Long, a Ferrari #55 com Alex Mortimer e, por fim, o Aston Martin #96 guiado na melhor volta do treino pelo italiano Francesco Castellaci. Nesta sessão de hoje, mais uma vez o ator-piloto Patrick Dempsey foi o mais lento, três segundos atrás da marca do alemão Roald Goethe.

A partir das 13h de Brasília, 18h locais, começa a definição do grid das 6h de Spa-Francorchamps. O treino terá 20′ de duração para Grã-Turismo e Protótipos, com a média das quatro melhores voltas definindo as posições de largada.

2 comentários

  1. Ricardo Cosme disse:

    Rodrigo, um detalhe interessante: Essa pole do Porsche foi mais rápida que a pole do Rosberg no grande premio belga de F1 em 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *