MENU

14 de maio de 2015 - 11:55United Sports Car Championship

O fim do Team Falken

2014 Tudor USCC - 12 Hours of Sebring

RIO DE JANEIRO – Má notícia para os que acompanham o Tudor United SportsCar Championship: o Team Falken Tire vai deixar a categoria GTLM no fim deste campeonato. É um duro golpe para uma divisão que já não vem com um grande plantel de inscritos em 2015 – são oito carros apenas para toda a temporada – e o fim da variedade de pneus na principal categoria de Grã-Turismo, porque tirando a Michelin, a Falken era a única a desenvolver compostos – além, claro, da Continental, responsável pelo fornecimento das divisões Prototype, Prototype Challenge e GT Daytona.

Coordenada por Derrick Walker, antigo dono de equipe na Fórmula Indy e ex-mecânico da Brabham nos tempos em que Wilsinho Fittipaldi guiou por lá na Fórmula 1, a equipe estreou em três provas da American Le Mans Series em 2009, com um Porsche 911 (997) GT3 RSR. Dois anos depois, já venciam corridas com a dupla formada por Wolf Henzler e Bryan Sellers – foram três ao todo, dando à modesta escuderia o 4º lugar ao fim do campeonato de 2011. Ganharam ainda o GP de Baltimore em 2012 e a Petit Le Mans, última prova da história do certame, ano retrasado – e repetiram a dose em Road Atlanta na temporada passada, quando já havia sido inaugurado o Tudor United SportsCar Championship. E desde então, Henzler e Sellers têm à disposição o 991 GT3 RSR do fabricante alemão.

A decisão de retirada é meramente estratégica. A Falken Tire considera que seu objetivo nas corridas estadunidenses de Endurance foi cumprido.

“A equipe fará muita falta para seus fãs – e para todos nós”, disse Scott Atherton, CEO da IMSA. “Como sempre, a IMSA oferecerá uma plataforma aberta para vários fabricantes de pneus na GTLM”, concluiu.

Compartilhar

2 comentários

  1. Cuca Beludo disse:

    Mas será que o Derrick Walker irá manter o programa de endurance ou irá abandonar para focar seus esforços na INDYCAR ? Ou fazer algo diferente, comprar um novo Porsche 991 GT3 R para correr na GTD ?

  2. Fernando Lima disse:

    Não é um duro goolpe no TUSCC. É mais um, porque já perderam os maravilhosos SRT Viper LMGTE por uma decisão infame do grupo FIAT. Num primeiro momento podemos considerar que esta ausência será suprida pelo novo Ford GT que será alinhado pela Ganassi, mas espero que outros carros e equipes ingressem no campeonato, que é muito legal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *