MENU

29 de maio de 2015 - 17:0324 Horas de Le Mans, Mundial de Endurance

Revival

2015529125884_2015-le mans-24-prologo-nissan-nismo azul_II

RIO DE JANEIRO – Por ocasião de sua estreia mais do que aguardada nas 24h de Le Mans, a Nissan apresenta uma pintura ao estilo “revival” para o GT-R LM Nismo #21 que será guiado em Sarthe por Tsugio Matsuda/Lucas Ordoñez/Mark Shulzhistkiy a começar pelo Journée Test do próximo domingo.

Essa pintura é alusiva ao modelo Nissan R90CK que, há 25 anos, conquistou a pole position para a prova com Mark Blundell a bordo. Consta que o construtor japonês reservou para a ocasião um motor especial de classificação com a formidável potência de 1000 HP e que este propulsor caminhava para se desmilinguir por completo. Apesar do chefe de equipe David Price berrar insistentemente pelo rádio para que o piloto abrandasse sob pena e risco do motor explodir, Blundell fez melhor: confiou no próprio taco, desconectou-se da comunicação via rádio, fez uma volta que beirou a perfeição e cravou a pole.

Nissan-LM-Blundell

Ah… e antes que me esqueça, o motor realmente quebrou. Depois que o britânico fez o tempo de 3’27″02, sob a média horária de 236,450 km/h.

6 comentários

  1. Nick Nagano disse:

    Rodrigo, interessante ressaltar também que há uma certa probabilidade da Nissan correr com um ou dois carros sem asa em Le Mans (um deles é esse revival aí, olha lá os mecânicos segurando a carenagem traseira dele!). Creio que eles vão fazer os testes no Journée, e se for pra frente, vai ter Nissan wingless na corrida.

    Eu li isso no Le Mans Portugal. Disseram que o carro, de início, foi projetado pra não ter asa e isso ia cair por terra nas 24 Horas de Le Mans. E ando vendo comentários de que a Toyota vai testar sem asa também, com o #1.

  2. Renan Farias disse:

    Cabe ressaltar que a pole position do Brundle com a Nissan foi já na configuaração da pista com duas chicanes no retão Mulsanne

  3. Alex disse:

    Os carros dessa época eram lindos: Jaguar xjr, Porsche 962, Sauber-Mercedes, Nissan r90, Toyota. Dava gosto de ver as corridas da IMSA (algumas chegaram a ser transmitidas pela TV Cultura e Band entre 90 e 91) só por isso.

  4. luigi disse:

    Este carro esta causando muita expectativa (pelo menos para mim) , vamos ver se anda ,ai quem sabe voltemos a sair do lugar comum na LM P 1 . Creio que se andar bem devera causar o mesmo impacto que devem ter causado os carros da Auto Union quando surgiram com aquele poderoso motor colocado atras do piloto ,contrariando todo o que se fazia até então ,grande professor Ferdinand ,criador de lendas do automobilismo. Tomara que Ben Bolwby e sua equipe (que tem o engenheiro Ricardo Divila entre seus membros) escrevam o seu nome na história do automobilismo tão brilhantemente quanto Porsche com suas criações pouco usuais, mas funcionais e competentes.
    Bom final de semana a todos .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *