MENU

24 de novembro de 2015 - 14:00Automobilismo Nacional

500 Milhas de Londrina: quem vamos?

11693900_565371806943906_2035615208747377661_n

Em sua 24ª edição, as 500 Milhas de Londrina prometem ter um bom grid, à altura da tradição da corrida (Foto: Reprodução Facebook/500 Milhas de Londrina)

RIO DE JANEIRO – Sempre quis acompanhar de perto as 500 Milhas de Londrina, que junto às 12h de Tarumã (ainda pretendo ver essa) e os 500 km de Interlagos, são as provas mais tradicionais da Endurance brasileira, já que as Mil Milhas Brasileiras continuam ausentes do calendário desde 2008 e pelo visto permanecerão assim por muito tempo, mediante uma pendenga judicial que parece não ter fim.

Agora a oportunidade chegou. Depois de um convite do Daniel Procópio, acompanhado da ressalva do Beto Borghesi (um dos promotores e também piloto, campeão duas vezes na geral em 1998 e 1999), o blogueiro viajará para aquela cidade paranaense para assistir  a 24ª edição da prova, que será disputada no sábado a partir das 16h de Brasília – com preliminar do Regional de Marcas e da Copa Classic (que minha mulher, aliás, adora), tendo a ilustre presença do Flavio Gomes, meu colega de Fox Sports.

Disputada desde 1992, quando o circuito foi inaugurado, a prova que terá 263 voltas de percurso ou duração máxima de 7h, teve 48 carros no seu maior grid, em 2006. Para este ano, os organizadores esperam a presença de mais de 40 veículos, divididos em oito categorias, de acordo com critérios técnicos.

Categoria I – Força livre (GT Nacionais e/ou Importados, Protótipos Nacionais com motores sobrealimentados ou aspirados)

Categoria II – Protótipos Nacionais 16V

Categoria III – Protótipos Nacionais 8V

Categoria IV – Silhouette/Maserati Trofeo/GT3 importados e produzidos até 2008

Categoria V – Turismo (Aspirados e Sobrealimentados, acima de 2,1 litros)

Categoria IV – Turismo com pneus Slick

Categoria VII – Fórmula Spyder Race

Categoria VIII – Marcas Paranaense/Speed Fusca

Alguns dos carros já confirmados são os MC Tubarão, que já saíram da oficina da equipe em Campo Bom, no Rio Grande do Sul, para tentar a primeira vitória na prova; o MRX com motor Nissan da Power Imports, que liderou os 500 km de São Paulo no Velocittá e acabou quebrando a poucos minutos do fim; o Predador da família Bana e um MRX com motor Audi Turbo da Auto Racing (e não da Ebrahim Motors, que inscreveria um Audi R8 LMS, desculpem) e também o 1R de uma boa turma de São Paulo, formada por Henrique Assunção/Emílio Padron Yanez/Jefferson Leandrini.

O atual bicampeão da prova Aloysio Moreira quase ficou de fora: seu parceiro Oswaldo Ferreira não pode disputar a prova deste ano em razão de problemas médicos. Mas o piloto, que mais uma vez deverá defender a Tumiate Competições no Protótipo Spyder #38 socorreu-se de um antigo campeão da prova – Luiz Bley Júnior, vencedor da prova em 1993 a bordo de um Passat – para participar do evento.

A programação começa na quinta-feira, com a realização de treinos livres para as 500 Milhas, Regional e Classic Cup. Na sexta, mais treinos livres e a definição do grid de largada para as provas do sábado. Os carros inscritos nas 500 Milhas terão meia hora de pista para qualificar, a partir de 16h15 de Brasília. A Classic e o Regional de Marcas fazem tomada de tempo na sequência.

No sábado, os horários são os seguintes:

Regional Paranaense
1ª bateria – 9h35 (35 minutos + 2 voltas)
2ª bateria – 13h10 (35 minutos + 2 voltas)

Classic Cup
1ª bateria – 10h35 (25 minutos + 1 volta)
2ª bateria – 14h (25 minutos + 1 volta)

500 Milhas de Londrina
16h – Largada para 263 voltas ou máximo de 7h
23h – Pódio

Maiores informações, no bom site oficial da prova, aqui. E o blog, é claro, trará todas as informações direto do Autódromo de Londrina.

11 comentários

  1. Alvaro Ferreira disse:

    Boa viagem, Rodrigo, curta bastante! E aproveite a bela cidade de Londrina.

  2. Marc Arnoldi disse:

    Quem vamos ? Nós então !

  3. Gustavo disse:

    Não deixe de trazer MUITOS detalhes da prova.

    Divirta-se.

  4. Leandro Duarte disse:

    Não poderei acompanhar, também desejo muito um dia poder ver de perto e não só ficar babando ao ouvir os sons ao passar ao lado do autódromo.

    Que seja um belo evento e que tenha uma boa estadia.

  5. VENHAM PARA AS 12 HORAS DE TARUMÃ !!!!

    DEZEMBRO 2015 DIA 18 JÁ DESEMBARQUEM !

    https://vimeo.com/31569156

    FALOU !

  6. Felipe Cezar disse:

    Chega quando à Londrina, Rodrigo?

    será muito bem vindo!

  7. Douglas Kaucz disse:

    Boa dica para assistir neste sábado. A transmissão vai ser pelo youtube mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *