MENU

19 de novembro de 2015 - 19:51Mundial de Endurance

6h do Bahrein: Audi larga na frente na quinta-feira

2015-6-Heures-de-Bahrein-Adrenal-Media-DSC03101_hd

Marcel Fässler foi o mais rápido da quinta-feira com seu Audi #7 (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

RIO DE JANEIRO – Já que o encerramento do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) foi marcado para um sábado, os primeiros treinos livres para a 8ª e última etapa da temporada 2015 foram realizados nesta quinta-feira. Os 32 carros inscritos entraram na pista de Sakhir, no Bahrein, para as duas sessões de aclimatação dos equipamentos para as condições do circuito localizado no Oriente Médio.

A pista de 5,412 km de extensão viu o Audi R18 e-tron quatrro #7, com Marcel Fässler a bordo, marcar a melhor volta do dia. O piloto suíço virou em 1’42″133, seis décimos melhor que o alemão Timo Bernhard, o mais rápido da tripulação do Porsche 919 Hybrid #17, que pode ser campeã neste fim de semana. Ele fora o mais veloz da sessão matinal, com 1’42″800, apenas 0″017 melhor que Andre Lotterer.

Loïc Duval não andou na primeira sessão e mesmo assim foi o terceiro mais rápido do dia, com o tempo de 1’43″291, superando o Porsche #18 conduzido por Romain Dumas – enquanto o brasileiro Lucas Di Grassi, companheiro de Duval e do britânico Liver Jarvis no carro #8, cravou sua melhor volta da sexta-feira em 1’43″403, na parte da tarde.

O austríaco Alex Wurz, em sua corrida de despedida de sua trajetória no automobilismo, liderou o #2 da Toyota que ficou na quinta colocação, à frente do carro de Anthony Davidson/Sébastien Buemi/Kazuki Nakajima, que defendiam o título conquistado no ano passado. E entre os pilotos dos LMP1 não-oficiais e sem sistemas híbridos, Mathias Beche foi o mais rápido, virando 1’48″385 contra 1’49″200 do austríaco Simon Trummer. Dominik Kraihamer fechou o pelotão dos nove carros da categoria principal do WEC.

270058_560075_2015bah025

Dia positivo para Pipo Derani: o brasileiro da G-Drive Racing melhorou em seis segundos o tempo obtido no primeiro treino e fechou o dia com a melhor marca da LMP2 (Foto: Clément Marin/Divulgação)

Na classe LMP2, o brasileiro Pipo Derani – mesmo sem condições de ser campeão na categoria – mostrou que pode contribuir para mais um triunfo da G-Drive Racing. O piloto do Ligier JS P2 Nissan #28 fez o melhor tempo do dia em sua divisão, com 1’50″029 – melhorando em mais de seis segundos a performance na primeira sessão. Derani foi sete décimos melhor que o britânico Nick Tandy, que faz parte da tripulação do Oreca #47 da KCMG – que briga pelo título da temporada.

Tom Dillmann impressionou de novo com o protótipo da Signatech-Alpine e foi o terceiro mais veloz, com Sam Bird na quarta colocação. Jonny Kane foi o quinto com o Gibson 015S da Strakka Racing, trazendo na sequência o estreante BR01 Nissan da AF Racing, que faz uma aparição especial. O russo Mikhail Aleshin ainda foi melhor que os dois Ligier JS P2 HPD da Tequila Patrón ESM (a equipe não pode usar o seu patrocínio no Bahrein por conta da restrição de bebida alcoólica) e que o Morgan da SARD Morand.

Car #51 / AF CORSE (ITA) / Ferrari F458 Italia / Gianmaria Bruni (ITA) / Toni Vilander (FIN)- 6 Hours of Bahrain at Bahrain International Circuit - Sakhir - Bahrain

Toni Vilander colocou a AF Corse e a Ferrari na frente entre os LMGTE-PRO (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

Toni Vilander foi um dos poucos pilotos da LMGTE-PRO a baixar de 2 minutos nos treinos livres desta quinta: o piloto da AF Corse marcou o melhor tempo de sua divisão em 1’59″402, apenas 0″084 mais rápido que o companheiro de equipe, James Calado. Patrick Pilet, que conquistou neste ano o título do Tudor United SportsCar nos EUA, foi o terceiro e último a quebrar a barreira dos dois primeiros. Marco Sørensen estabeleceu a quarta posição com o Aston Martin #95 que se ausentara nas 6h de Xangai.

Richie Stanaway foi o quinto colocado no Aston Martin #99, virando em 2’00″396, na sessão noturna. A melhor volta do brasileiro Fernando Rees, companheiro dele e do neozelandês Alex MacDowall, foi em 2’01″796 – também de noite.

Car #72 / SMP RACING (RUS) / Ferrari F458 Italia / Victor Shaytar (RUS) / Andrea Bertolini (ITA) / Aleksey Basov (RUS)- 6 Hours of Bahrain at Bahrain International Circuit - Sakhir - Bahrain

Andrea Bertolini foi o melhor do dia com a Ferrari da escuderia russa SMP Racing na LMGTE-AM (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

Na classe LMGTE-AM, o italiano Andrea Bertolini foi o mais rápido com a Ferrari da SMP Racing – 2’00″866, contra 2’00″939 do estadunidense Patrick Long, que ficou em segundo no Porsche da Dempsey-Proton, que nesta corrida, aliás, está desfalcada do galã e piloto Patrick Dempsey, que está envolvido nas filmagens de “O bebê de Bridget Jones”, em Londres.

O português Pedro Lamy foi o 3º mais rápido com o Aston Martin #98, seguido pelo Corvette C7-R da Larbre Competition, marcando o regresso de Kristian Poulsen ao volante do #50 após duas etapas de ausência. Stuart Hall fechou os cinco primeiros.

As atividades de pista para as 6h do Bahrein continuam nesta sexta-feira: o terceiro e último treino livre será disputado às 6h da manhã (horário de Brasília), com duração de 60 minutos. A definição do grid começa ao meio-dia, também pelo horário de Brasília, com a classificação das divisões LMGTE, com os LMP na sequência. A corrida terá largada às 8h da manhã.

Compartilhar

4 comentários

  1. Renan disse:

    Rodrigo,

    A corrida deste sábado terá transmissão do FOX Sports ?

    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *