MENU

2 de novembro de 2015 - 00:02Super GT

Super GT: decisão com brasileiro em Motegi

Rd7_GT500_win001machine

A real ameaça a João Paulo de Oliveira e Hironobu Yasuda, líderes do GT500, é a dupla Ronnie Quintarelli/Tsugio Matsuda, vencedora da 7ª etapa do Super GT em Autopolis

RIO DE JANEIRO – O brasileiro João Paulo de Oliveira tem chances reais de conquistar seu segundo título no automobilismo japonês (ele já foi campeão da Super Formula quando esta se chamava Formula Nippon, há alguns anos). Daqui a exatamente duas semanas, no circuito de Twin Ring Motegi, o piloto do Calsonic Team Impul poderá comemorar um feito inédito na carreira – ganhar o Super GT na classe principal, a GT500.

No que depender do “Oribeira”, não faltará suor e garra. Como não faltou neste domingo na penúltima etapa, em Autopolis. Ele e seu companheiro de equipe Hironobu Yasuda tiveram a vitória nas mãos numa prova disputada em parte com pista escorregadia devido à chuva. Mas o pit stop em que Yasuda não conseguiu voltar à pista na frente do compatriota Tsugio Matsuda, companheiro de equipe do italiano Ronnie Quintarelli, praticamente decidiu tudo em favor da dupla do carro #1 – logicamente, a atual campeã da GT500.

Superados por 0″348 na pista ao fim de 65 voltas, Oliveira e Yasuda ainda lideram o campeonato, mas a presença de Quintarelli e Matsuda é cada vez mais incômoda. A diferença entre as duplas é de apenas dois pontos – e a GTA, organizadora do campeonato, fará como nos últimos anos, dando igualdade de condições às duplas e retirando os lastros adicionais impostos para tentar equilibrar a performance dos carros e levar a disputa até o final. A já divulgada lista de inscritos para Motegi, com 43 carros anunciados, confirma isso.

Neste ano, a GTA pode comemorar. Além dos líderes da tabela, pelo menos outras quatro formações ainda reúnem chances matemáticas: Yuji Tachikawa/Hiroaki Ishiura (-13), Satoshi Motoyama/Masataka Yanagida (-16), Naoki Yamamoto/Takuya Izawa (-17) e Daisuke Ito/James Rossiter (-17).

Rd7_GT300_win003machine

Kazuki Hoshino e Mitsunori Takaboshi ganharam na classe GT300, mas o título antecipado é de André Couto, que guiou um Nissan idêntico ao da foto

Na GT300, porém, fatura liquidada: o luso André Couto é o novo campeão com o 2º lugar alcançado na prova de Autpolis, vindo da 14ª posição entre os 27 carros que largaram na subcategoria. Com o resultado, o piloto da Gainer Tanax chegou a 89 pontos e não será alcançado por mais ninguém – até porque o vice-líder é Katsumasa Chiyo, que dividiu a pilotagem do Nissan GT-R GT3 Nismo com o piloto nascido em Macau.

A vitória foi de outro Nissan, o da B-Max NDDP guiado por Kazuki Hoshino/Mitsunori Takaboshi. Foi o segundo triunfo da dupla, que chegou a 61 pontos no campeonato e ao 3º lugar na tabela. Jörg Müller/Seiji Ara, com BMW Z4 GT3, subiram ao pódio com o terceiro lugar, seguidos por Naoki Yokomizo/Kyosuke Mineo e Richard Lyons/Tomonobu Fujii.

A classificação do Super GT após sete etapas está assim:

GT500

1. João Paulo de Oliveira/Hironobu Yasuda – 66 pontos
2. Ronnie Quintarelli/Tsugio Matsuda – 64
3. Yuji Tachikawa/Hiroaki Ishiura – 53
4. Satoshi Motoyama/Masataka Yanagida – 50
5. Naoki Yamamoto/Takuya Izawa e Daisuke Ito/James Rossiter – 49
7. Andrea Caldarelli/Ryo Hirakawa e Koudai Tsukakoshi/Hideki Mutoh – 36
9. Daiki Sasaki/Michael Krumm – 31
10. Kazuya Oshima/Yuji Kunimoto – 30
11. Juichi Wakisaka/Yuhi Sekiguchi – 26
12. Oliver Turvey/Takashi Kogure – 22
13. Kohei Hirate/Heikki Kövalainen – 18
14. Kosuke Matsuura/Tomoki Nojiri – 10
15. Daisuke Nakajima/Bertrand Baguette – 4

GT300

1. André Couto (campeão) – 89 pontos
2. Katsumasa Chiyo – 69
3. Kazuki Hoshino/Mitsunori Takaboshi – 61
4. Koki Saga/Yuichi Nakayama – 49
5. Ryuchiro Tomita e Jörg Müller/Seiji Ara – 45
7. Shinichi Takagi/Takashi Kobayashi e Björn Wirdheim/Katsuyuki Hiranaka – 41
9. Takeshi Tsuchiya/Takamitsu Matsui e Haruki Kurosawa/Naoya Gamou – 35
11. Takuto Iguchi/Hideki Yamauchi – 30
12. Richard Lyons/Tomonobu Fujii – 25
13. Manabu Orido – 22
14. Nobuteru Taniguchi/Tetsuya Kataoka – 20
15. Kazuki Hiramine – 18
16. Morio Nitta/Shigekazu Wakisaka – 14
17. Kyosuke Mineo/Naoki Yokomizo – 11
18. Kota Sasaki – 10
19. Christian Mamerow/Shinya Hosokawa – 9
20. Kenta Yamashita – 6
21. Kazuho Takahashi/Hiroki Katoh/Hiroshi Hamaguchi – 5
22. Kimiya Sato – 4
23. Alexandre Imperatori, Taiyo Iida e Yuya Sakamoto – 3
26. Yukhi Nakayama/Yuji Ide, Hisashi Wada/Masaki Jyonai e Akira Iida/Hiroshi Yoshimoto – 2

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *