ACO confirma equipes convidadas para Le Mans 2016

A
USCC2015_RoadAmerica_MichaelShankRacing_41-700x242
Indicada pela IMSA, a Michael Shank Racing poderá ser uma das equipes confirmadas em fevereiro para a edição 2016 das 24h de Le Mans

RIO DE JANEIRO – O Automobile Club de l’Ouest (ACO), que organiza em conjunto com a FIA o World Endurance Championship (WEC) e também cuida das 24h de Le Mans, anunciou hoje as equipes com direito a convites automáticos para a prova de 2016.

De um total de 14 vagas, 11 estão confirmadas pela entidade, mas nem todos os times devem responder aos convites, o que só saberemos em 5 de fevereiro, quando será feito o anúncio oficial dos concorrentes da clássica prova francesa (58 titulares e alguns suplentes), bem como do FIA WEC e do ELMS. As últimas confirmações acontecem após 24 de janeiro, quando se encerra a temporada 2015/2016 do Asian Le Mans Series (AsLMS).

Os vencedores de Le Mans neste ano ganharam o convite automático em cada categoria. Assim, a Porsche está com um lugar garantido na LMP1, a KCMG Racing na LMP2, a Corvette Racing na LMGTE-PRO e a SMP Racing na LMGTE-AM.

Entre os times do ELMS com direito aos convites diretos, foram indicadas a Greaves Motorsport pelo título conquistado em 2015 na LMP2, a dinamarquesa Formula Racing e a Marc VDS (que encerrou suas atividades), a TDS Racing e o Team LNT, este último contemplado com uma vaga na LMP2. A Formula Racing provavelmente se inscreverá na divisão LMGTE-AM, assim como o time de Xavier Combet.

A IMSA designou duas escuderias do futuro Weather Tech SportsCar Championship para a batalha da França: além da Scuderia Corsa, que já disputou a prova deste ano, a Michael Shank Racing foi contemplada com um convite para a LMP2. O time de Giacomo Mattioli foi indicado para a divisão LMGTE-AM, embora já tenha à disposição a nova Ferrari F488 GTB para disputar quatro provas do Tequila Patrón North American Endurance Cup.

As vagas do AsLMS ainda em aberto contemplam uma inscrição na LMP2 para o campeão desta classe, uma em qualquer divisão LMGTE (PRO ou AM) para a equipe campeã da divisão GT e a campeã da LMP3 pode optar por figurar no plantel da LMP2 ou até na LMGTE-AM.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames