MENU

14 de dezembro de 2015 - 19:10Automobilismo Internacional

Dobradinha Audi WRT nas 12h de Sepang

_AVF8280

A equipe Audi WRT venceu no último fim de semana as 12h de Sepang (Foto: SRO/Buggershots)

RIO DE JANEIRO – Os “Senhores dos Anéis” deram as cartas mais uma vez numa prova de Endurance: o novo modelo R8 LMS da Audi fez barba, cabelo e bigode na disputa das 12h de Sepang, realizadas sábado no mesmo fim de semana das 12h de Abu Dhabi – o que terá contribuído para que o interesse se diluísse entre as equipes participantes. Muitas nem cogitaram embarcar carros para a Malásia e outras fizeram o inverso: nem deram pelota para a prova de Yas Marina.

Mas há que se convir que dois eventos com menos de 30 carros cada, por mais bem organizados que sejam, perdem o atrativo por conta da coincidência de datas. A corrida malaia, antes realizada no Merdeka, o feriado da independência, foi transferida para dezembro com organização da SRO – e não escapou de ter uma velha conhecida dos locais: a chuva.

Com o forte calor da região, afeita às chamadas Monções, um toró se abateu sobre a pista durante a disputa, mas não foi capaz de atrapalhar o triunfo em dobradinha da equipe Audi WRT, da Bélgica. Foi uma corrida de caráter totalmente emocional para dois integrantes do carro #17 que recebeu a quadriculada da vitória: representou a volta de Laurens Vanthoor às pistas após o forte acidente sofrido em Misano Adriático numa prova do Blancpain Sprint Series e a despedida do veterano Stéphane Ortelli das hostes quatrargólicas: aos 45 anos, o experiente piloto está de saída da Audi, após anos de colaboração com a montadora germânica.

Os dois e mais Stuart Leonard venceram a disputa, que teve 228 voltas cumpridas e mais de 2h30 de paralisações por bandeira vermelha, culpa da chuva. A vantagem ao fim da prova foi de pouco mais de oito segundos sobre o carro #150 guiado por Enzo Ide/Christopher Haase/Christopher Mies. A Phoenix Racing completou o pódio 100% Audi, pondo o carro #16 de Nicki Thiim/Markus Winkelhock/Niki Mayr-Melnhof na terceira colocação.

Pole position da prova, a Ferrari F458 Italia GT3 da Clearwater Racing, guiada por Gianmaria Bruni/Mok Weng Sun/Matt Griffin/James Calado logo caiu para 10º ao fim da primeira hora e por lá ficou até antes do primeiro quarto de corrida, quando o carro do time de Cingapura enfrentou sérios problemas e caiu para décimo-quinto, já distantes onze voltas dos líderes. Voltaram à pista, mas acabaram desistindo após completar 3h14min de prova e 77 voltas.

Aliás, mesmo com o mau tempo, o índice técnico da corrida foi excelente. Apenas a Ferrari da Clearwater e um Lotus Exige não viram a quadriculada. 22 carros terminaram a disputa e nas demais subclasses, a Topspeed Racing, com um Lamborghini Huracán e a Wing Hin Motorsport, com um Toyota GT86, foram as campeãs das 12h de Sepang das divisões GTC e TC, respectivamente.

Confira a prova nos vídeos abaixo:

Compartilhar

1 comentário

  1. Gustavo disse:

    Sensacional ver uma vitória do Toyota GT86. Afinal, não é todo dia que se vê um carro equipado com motor Boxer, que não seja Porsche, vencendo corridas.

    Os Fusquinhas se sentem representados, e orgulhosos.

    Ah, ah, ah…

    = – )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *