MENU

7 de janeiro de 2016 - 17:16Rali Dakar

Dakar 2016: Loeb vence de novo

A

RIO DE JANEIRO – Quatro especiais, três vitórias: o aproveitamento de Sebastién Loeb no Rali Dakar na categoria dos carros é simplesmente espetacular. E o francês da Peugeot segue firme durante a primeira semana de provas, quem sabe se candidatando para fazer história – e mesmo que não faça nesta sua estreia na mais dura competição off-road do planeta, o piloto de 41 anos prova porque é um dos maiores de todos os tempos na história do automobilismo e que veio ao evento para ficar.

Na etapa entre Jujuy e Uyuni, em que pese a dificuldade com a altitude excessiva, beirando 5 mil metros acima do nível do mar, o que afeta a parte física e principalmente a mecânica, roubando potência dos motores dos veículos participantes, Loeb e seu navegador Daniel Elena deram mais um show e venceram os 327 km cronometrados com o tempo de 3h32min34seg.

Mas não foi fácil: “El Matador” Carlos Sainz ficou em segundo a apenas 22seg de Loeb, mostrando franca recuperação e a velocidade de sempre. Stéphane Peterhansel perdeu três minutos dessa vez e sua desvantagem para o compatriota da Peugeot já subiu para 7min48seg após quatro etapas realizadas. Nasser Al-Attiyah, o primeiro com um outro carro (Mini), foi quarto a sete segundos de Peterhansel. Com isso, o atual campeão nos carros perdeu o 3º lugar geral para Sainz.

A Peugeot não teve seus quatro pilotos oficiais no top 10 pela primeira vez: Cyril Despres e seu navegador David Castera enfrentaram problemas (de eletrônica) na etapa e perderam cerca de 1h15min, tendo que andar em “modo de segurança” à velocidade de 50 km/h por vários quilômetros. E com isso, despencaram para 22º na classificação geral. Leeroy Poulter foi de novo o melhor piloto da Toyota na etapa, mantendo-se entre os cinco primeiros no agregado dos tempos. E Robby Gordon chegou pela segunda vez no top 10 de uma especial: o tresloucado estadunidense foi 8º colocado hoje a 9min20seg de Loeb. Mas como foi punido com acréscimo de tempo de uma hora pelos organizadores do ASO, o piloto ianque caiu para 24º na geral.

João Franciosi e Gustavo Gugelmin completaram a etapa em 4h11min15seg – 30º melhor tempo do dia. A dupla da equipe Ralliart Brasil está a 2h36min da liderança, mas ainda tem muito carro por vir. Por enquanto, eles ocupam a 33ª posição na geral.

Resultado da etapa #5 do Rali Dakar nos carros
Jujuy-Salta (327 km)

1. Sebastién Loeb/Daniel Elena (Peugeot) – 3h32min34seg
2. Carlos Sainz/Lucas Cruz Senra (Peugeot) – a 22seg
3. Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret (Peugeot) a 3min00seg
4. Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel (Mini) – a 3min07seg
5. Leeroy Poulter/Robert Howie (Toyota) – a 6min07seg
6. Mikko Hirvonen/Michel Périn (Mini) – a 7min42seg
7. Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (Toyota) – a 8min36seg
8. Robby Gordon/Kellon Walch (Gordini) – a 9min20seg
9. Bernhard Ten Brinke/Tom Colsoul (Toyota) – a 9min35seg
10. Orlando Terranova/Bernardo Graue (Mini) – a 10min15seg

Classificação geral extra-oficial

1. Sebastién Loeb/Daniel Elena – 13h17min25seg
2. Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret – a 7min48seg
3. Carlos Sainz/Lucas Cruz Senra – a 13min26seg
4. Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel – a 14min16seg
5. Leeroy Poulter/Robert Howie – a 18min38seg
6. Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz – a 21min55seg
7. Mikko Hirvonen/Michel Périn – a 23min24seg
8. Bernhard Ten Brinke/Tom Colsoul – a 29min00seg
9. Vladimir Vasilyev/Konstantin Zhiltsov- a 33min27seg
10. Yazeed Al Rajhi/Timo Gottschalk – a a 37min43seg

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *