MENU

24 de janeiro de 2016 - 17:27Automobilismo Internacional

O primeiro P1

Com o indefectível número #5 em seu carro, Pedro Piquet é o primeiro brasileiro a vencer uma prova de nível internacional em 2016

RIO DE JANEIRO – Pedro Piquet é o primeiro piloto brasileiro a conquistar vitórias no exterior em 2016. O filho do tricampeão mundial de F1 Nelson Piquet venceu neste domingo a prova #2 da rodada tripla da Toyota Racing Series, certame de monopostos disputado lá do outro lado do mundo, na Nova Zelândia, após um começo pouco auspicioso no fim de semana passado, em Ruapuna.

O triunfo do herdeiro do grande Nelsão aconteceu na pista de Teretonga Park, em Invercargill. Circuito curto, com 2,62 km de extensão, mas extremamente veloz. Pedro largou da pole position (pois tinha sido o 4º colocado na prova #1, disputada sábado) e venceu de ponta a ponta, ganhando também sua primeira corrida fora do Brasil, para o indisfarçável orgulho do pai, que estava na pista “lambendo a cria”. Aqui, o piloto foi bicampeão de Fórmula 3 e fez bonito também na Porsche GT3 Cup Challenge Brasil.

Na prova #3, Pedro chegou em 10º e o britânico Lando Norris, que disputou a Fórmula 4 em seu país com brilhantismo, venceu e lidera o campeonato com 380 pontos, contra 346 do russo Artem Markelov, que ano passado competiu na GP2 Series. Piquet é o 7º colocado com 271.

Outros dois pilotos com passagem pela F3 Brasil estão no Toyota Racing Series: o argentino Nicolás Dapero ocupa o 12º posto na classificação com 158 pontos e Rodrigo Baptista está em décimo-sétimo com 118. O primo deste, Bruno Baptista, também disputa a temporada de cinco rodadas triplas e está ligeiramente melhor, ocupando a 15ª colocação, com 149 unidades.

No próximo fim de semana, os pilotos correm a rodada #3 em Hampton Downs. Carnaval? Nem pensar! A 4ª rodada será em Taupo no início de fevereiro e o campeonato se encerra em Manfeild no fim de semana de 12 a 15 do próximo mês.

1 comentário

  1. Marchi disse:

    Eita família que acelera!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *