MENU

30 de março de 2016 - 18:05Mundial de Endurance

Manor fecha time do WEC com mais um ex-Fórmula 1

042715_motor_merhi.vresize.1200.675.high.38

Único espanhol no WEC: Roberto Mehri assinou com a Manor para preencher a última vaga disponível no time britânico, que estreia na classe LMP2

RIO DE JANEIRO – A Manor Endurance, equipe chefiada por John Booth e Graeme Lowndon – que cuidavam do time de Fórmula 1 até o ano passado – confirmou o sexto e último piloto para a campanha de estreia da equipe no WEC em 2016 na classe de protótipos LMP2. Os britânicos lançam mão de mais um ex-Fórmula 1 para integrar o lineup que já tinha Tor Graves, Richard Bradley, Matt Rao, James Jakes e Will Stevens.

Hoje foi a vez de Roberto Mehri ter seu nome confirmado na inscrição extra do time, o Oreca 05 Nissan #45 que também terá Rao e Bradley em oito das nove corridas do calendário – à exceção das 24h de Le Mans. O piloto de 25 anos, campeão da Fórmula 3 Euro Series em 2011 e que teve passagens também pela World Series e pelo DTM como piloto da Mercedes-Benz, disputou parte da temporada passada na categoria máxima justamente pela Manor – fez 13 corridas e foi substituído nas demais pelo estadunidense Alexander Rossi. O melhor resultado do espanhol foi um 12º lugar no GP da Inglaterra, exatamente na mesma Silverstone que receberá a primeira etapa do WEC dentro de algumas semanas.

“É ótimo receber Roberto de volta à Manor”, disse John Booth. “Ele é um piloto talentoso, veloz e com bastante experiência. Eu sei que ele vai se adaptar muito rápido, já que trabalhou com diversos membros de nossa equipe na Fórmula 1 e foi companheiro de Will Stevens no ano passado”, completou.

A confirmação de Mehri preenche todas as vagas da lista oficial de inscritos do WEC para a primeira etapa do ano. Serão 27 pilotos na classe LMP1, 33 na LMP2, 18 na LMGTE-PRO e na LMGTE-AM – 96 no total. E Roberto será o único espanhol na competição em 2016.

Compartilhar

2 comentários

  1. André Fonseca disse:

    E tem quem ainda acha que só existe F1 no automobilismo mundial…

  2. Fernando Lima disse:

    Tem um outro espanhol, que não vai correr no próximo GP de F1 por questões médicas, que certamente ficará com uma dor de cotovelo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *