MENU

14 de março de 2016 - 18:2624 Horas de Le Mans, Mundial de Endurance

O esquadrão Ford

FordGTtesting

Billy Johnson, Harry Tincknell e Scott Dixon serão os pilotos a compor o esquadrão Ford nas 24h de Le Mans. Em suma: não deu para Tony Kanaan…

RIO DE JANEIRO – Batido o martelo: a Ford já tem seus doze pilotos definidos para a disputa da 84ª edição das 24h de Le Mans, em junho. A corrida será, com absoluta certeza, uma das melhores da história para a classe LMGTE-PRO. O grid de 14 carros é o melhor dos últimos anos em qualidade e quantidade e, com a presença de Corvette, Porsche, Ferrari, Aston Martin e, claro, do construtor do oval azul de Detroit, as atenções estarão voltadas para a divisão mais competitiva e equilibrada do momento.

Com seus Ford GT inscritos com números alusivos ao tetracampeonato do histórico modelo GT40 (#66 a #69), a equipe de Chip Ganassi vai com força total na empreitada histórica. Serão duas frentes: a base britânica responsável pelos dois carros do WEC e a estadunidense, que alinha o novo carro desde a recente 24h de Daytona no IMSA Weather Tech SportsCar Championship. Hoje, foi confirmado oficialmente o lineup do construtor. E para tristeza de quem acreditava (como eu) ser possível ver a estreia de Tony Kanaan em Sarthe, não será dessa vez que isso vai acontecer.

Billy Johnson, que conhece o bólido como ninguém, pois trabalhou no desenvolvimento do Ford GT desde o primeiro momento junto a Scott Maxwell, foi confirmado no carro #66 que terá ainda os pilotos oficiais de toda a temporada do Mundial – o alemão Stefan Mücke e o francês Olivier Pla. A surpresa é o terceiro nome do #67: o britânico Harry Tincknell vai para sua 3ª participação em Le Mans, dividindo a pilotagem com seus quase compatriotas Marino Franchitti (que é escocês) e Andy Priaulx.

Na turma ianque, o #68 vai com Joey Hand, Dirk Müller e Sebastién Bourdais, que é um habitué da pista francesa. E se Kanaan não vai, quem terá o privilégio (antiguidade é posto) de andar com o Ford GT em Le Mans é Scott Dixon. O neozelandês fará sua estreia no #69 e em boa companhia, dividindo o carro com Ryan Briscoe e Richard Westbrook.

Agora falta só os times Ferrari – AF Corse e Risi Competizione – decidirem suas tripulações para aquela que, acreditem, será as 24h de Le Mans mais concorridas dos últimos tempos nos modelos de Grã-Turismo.

Quem viver, verá.

3 comentários

  1. Matheus disse:

    Nao teremos Porsche na LM Pro?

  2. Fernando Lima disse:

    Mesmo não indo para Sarthe este ano, o que seria absolutamente fantástico, vejo o futuro do Kanaan no endurance, pois sempre faz bons trabalhos quando requisitado pela Ganassi no WTSCC…
    Aguardemos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *