MENU

21 de abril de 2016 - 14:27Nascar

Smoke regressa

RIO DE JANEIRO – Boa notícia para a Nascar e para os fãs do três vezes campeão da Sprint Cup, Tony Stewart. O piloto de 44 anos, que anunciou sua despedida das pistas ao fim desta temporada, está liberado para voltar ao cockpit do Chevrolet SS #14 de sua equipe em sociedade com Gene Haas. Notícia anunciada hoje.

TonyStewart

Smoke deu uma dica sobre a sua liberação e seu retorno já neste fim de semana, na disputa da 9ª etapa da temporada no circuito de Richmond, na Virgínia, em sua conta de twitter. “Bem, a longa espera chegou ao fim. Volto ao cockpit do meu Mobil 1 Chevrolet em Richmond. Não vejo a hora de voltar a correr.”

Stewart sofreu uma fratura de vértebra no dia 31 de janeiro, quando estava de férias, guiando um veículo todo-terreno. Nesse período inicial da temporada, o piloto foi substituído por Brian Vickers e por Ty Dillon – este último foi escalado nas provas em que o carro da SHR era patrocinado pela Bass Pro Shops.

A Nascar confirmou que o piloto está apto a participar do Chase – desde que vença uma corrida e termine entre os 30 primeiros do campeonato, num caso semelhante ao de Kyle Busch ano passado.

5 comentários

  1. Vinicius disse:

    Rodrigo, você acha que o Smoke consegue chegar no Chase? Não sei se podemos comparar com o Buschinho/2015, pois este ainda está no topo da carreira e na melhor equipe da atualidade, enquanto o Tony está na descendente… o que você acha?

    • Rodrigo Mattar disse:

      Acho difícil. Ele já vem na curva descendente, como você disse. Como piloto, inquestionável. Um dos melhores dos últimos 25 anos. Mas não se cuida fisicamente. Ele é talento nato. Mas com 44 anos e já pensando na aposentadoria, complica…

      • Vinicius disse:

        Verdade… Ele não mostra aquela gana de outrora! Pra ser sincero acredito que ele só não se aposentou ano passado pra não ficar à sobra do Gordon.

      • Rodrigo Mattar disse:

        Será? Acho que isso não seria uma atitude típica do Tony Stewart.

      • Vinicius disse:

        Não estou querendo desmerecer o cara, pelo contrário, tricampeonato da Sprint Cup são pra poucos!! Mas ele mostrou muito pouca vontade de correr ano passado… chegou a andar atrás da Danica?!?! mas enfim, é mais uma grande perda para a categoria em dois anos seguidos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *