MENU

25 de julho de 2016 - 10:46IMSA

IMSA: Starworks triunfa no GP de Lime Rock

pc_car

Mais uma para a conta: Renger Van der Zande/Alex Popow venceram de novo e seguem absolutos na ponta do campeonato na classe Prototype Challenge (Foto: IMSA.com)

RIO DE JANEIRO - No último sábado, foi disputada no circuito de Lime Rock Park a 8ª etapa do IMSA Weather Tech SportsCar Championship, sem a presença dos carros da classe principal da competição – a Prototype. Enganou-se quem achou que a corrida seria monótona. Pelo contrário: houve variações de estratégia, toques, alguns acidentes e, entre mortos e feridos, salvou-se a Starworks Motorsport, que mercê uma tática inteligente, venceu a prova na classificação geral com a dupla formada por Renger Van der Zande/Alex Popow.

A corrida começou tumultuada: o procedimento de largada deu errado duas vezes, os primeiros minutos foram em bandeira amarela e só na terceira tentativa, com alguns protótipos Oreca FLM09PC devidamente danificados, é que a corrida começou. Primeiro, quem dominou foi o #52 pilotado por Robert Alon, beneficiado pela ausência do #54 da CORE Autosport na pole position por troca de piloto – Jonathan Bennett foi quem largou no lugar de Colin Braun e a regra determina que o piloto parta do fundo do pelotão em sua categoria. Como eram só oito carros, a mudança foi indolor. E logo no início, também houve problemas para outro pole position, no caso da GTLM: o Ford #67 com Richard Westbrook deu uma saída de pista e ficou para trás. Mas uma amarela logo viria: um acidente com John Edwards após quatro voltas tirou a BMW #100 de esquadro.

Os problemas foram se sucedendo: o Porsche de Nick Tandy/Patrick Pilet parou duas vezes no mesmo ponto do circuito com problemas e a dupla perdeu 10 voltas nessa brincadeira. O protótipo de Jose Gutierrez/Sean Rayhall atropelou uma placa publicitária. E mais tarde, numa disputa por posição, a BMW de Dirk Werner/Bill Auberlen e o Porsche de Earl Bamber/Frederic Makowiecki se enroscaram. O impacto da BMW na pilha de pneus foi muito forte e o carro foi mais danificado que o 991 RSR da equipe Porsche North America. Também o #54 de Colin Braun/Jonathan Bennett desistiu na sequência de um contato com um Lamborghini Huracán da classe GTD.

Com o intenso tráfego os pilotos também tiveram que mostrar habilidade: a pista tem só 2,4 km de extensão e eram raros os momentos de pista livre. Quem aproveitou bem as paradas de box e se enroscou menos com os retardatários se deu bem. Por isso, Popow/Van der Zande dominaram grande parte da disputa e o holandês ainda tinha uma sobra para derrotar Alon e seu parceiro Tom Kimber-Smith, que chegaram a apenas oito décimos de segundo na quadriculada. James French/Kyle Marcelli completaram o pódio. E com a vitória, Popow e Van der Zande disparam na classificação. Eles somam 267 pontos contra 250 de Alon/Kimber-Smith.

gtlm_car

Oliver Gavin/Tommy Milner ofertaram à Corvette Racing o 100º triunfo em competições na etapa de Lime Rock. Foi também a 60ª dobradinha da equipe (Foto: IMSA.com)

Na classe GTLM, a Corvette se beneficiou do fato de que neste circuito os bólidos com motor turbo não levariam vantagem pela falta de trechos rápidos e saiu-se melhor que as rivais. Para melhorar, a vitória foi do #4 de Oliver Gavin/Tommy Milner, que com este triunfo – o terceiro no ano – continuam na liderança do campeonato entre os pilotos. Foi a 100ª vitória da Corvette Racing em provas nos EUA e em dobradinha, já que Antonio Garcia/Jan Magnussen também fizeram uma boa corrida e – mesmo após uma penalização – impuseram um bom ritmo para chegar à frente do Ford de Richard Westbrook/Ryan Briscoe.

Giancarlo Fisichella/Toni Vilander chegaram a liderar a prova em sua categoria, especialmente com o finlandês a bordo. Mas duas saídas de pista do veterano Fisico colocaram um pódio a perder. Pelo menos terminaram em 4º à frente do outro Ford guiado por Dirk Müller/Joey Hand, que dessa vez ficaram devendo.

gtd_car

Segunda vitória para Andy Lally/John Potter e para a Magnus Racing na classe GTD nesta temporada (Foto: IMSA.com)

A GTD apresentou disputas sensacionais ao longo das 2h40min de prova e muitas alternâncias entre os principais carros da categoria. Venceu o Audi R8 LMS da Magnus Racing, conduzido por John Potter/Andy Lally, com outro carro do construtor alemão logo atrás, este para Andrew Davis/Robin Liddell, da Stevenson Motorsports. Mesmo com problemas de freios, além do extrator quebrado durante grande parte da disputa, o Viper de Ben Keating/Jeroen Bleekemolen levou o último lugar do pódio. Bryan Sellers/Madison Snow fecharam em quarto com o melhor Lamborghini e Matt Bell/Lawson Aschenbach fecharam o top 5 da categoria em Lime Rock.

Líderes do campeonato, Alessandro Balzan/Christina Nielsen tiveram uma corrida atribulada: a Ferrari #63 da Scuderia Corsa foi atingida por um competidor durante a disputa e perdeu a porta da lateral direita. Na base do improviso, pegaram a porta da 488 GTE inscrita com o numeral #68 e seguiram assim mesmo. Terminaram ainda em 11º lugar na categoria após cair para último entre os 14 inscritos. Para melhorar, o Porsche #23 de Mario Farnbacher/Alex Riberas enfrentou sérios problemas na reta final da disputa e não recebeu a quadriculada. Com isso, a dupla da equipe de Giacomo Mattioli não perdeu sua dianteira na classificação.

A próxima prova da IMSA será em Road America, no circuito de Elkhart Lake, no dia 7 de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>