MENU

20 de setembro de 2016 - 16:47Rali

Citroën C3 WRC: a fera pronta para 2017

Cs0fhvjWYAEvlaJ

Divulgada a primeira imagem do novo C3 WRC da Citroën (Foto: Reprodução/The Checkered Flag)

RIO DE JANEIRO – De acordo com o site The Checkered Flag, esta é a primeira imagem do novo Citroën C3 WRC, que será visto na próxima temporada do Campeonato Mundial de Rali (FIA WRC), na volta do construtor francês como equipe oficial de fábrica após um ano “sabático” e de intensos testes do novo carro que atende às exigências do regulamento técnico que  entrará em vigor a partir da 1ª etapa de 2017.

Desenvolvido por Kris Meeke ao longo deste ano, o novo carro é 55 milímetros mais largo que o modelo original de série, uma vez que no WRC os carros podem sofrer alterações de aerodinâmica, com o uso de spoilers dianteiros e paralamas mais largos, por conta dos pneus usados na competição.

Não obstante, os modelos do WRC para o próximo ano têm um decréscimo de peso – são 25 kg mais leves no peso mínimo – e são muito mais potentes: os motores 1,6 litro dotados de turbocompressor irão debitar cerca de 380 HP contra os cerca de 320 atuais.

O lançamento oficial do C3 WRC será no Paris Motor Show, no mês que vem. A temporada 2017 do WRC vai reunir, pela primeira vez em muito tempo, cinco times oficiais de fábrica: além da tricampeã Volkswagen, da sul-coreana Hyundai e da Ford, representada pela M-Sport, há ainda o celebrado retorno da Toyota com o seu modelo Yaris, num programa coordenado pela lenda Tommi Makinen.

Além da Citroën, of course.

Será um ano dos mais divertidos. Podem favoritar.

 

 

Compartilhar

3 comentários

  1. Bom dia !

    Poxa… baixinho assim e com vão livre entre pneus e paralamas pequeno assim para WRC??????

    DTM no WRC… hehehehhe

    No primeiro salto vai arrancar tudo…

    ehheheehehehehehhe

  2. Juninho disse:

    Mattar, estou meio por fora. Com relação a voltar da Citroën ao WRC, o que deverá acontecer com a sua equipe no WTCC? Ficarão com equipes particulares ou estarão fora do grid mesmo? Abraço

    • Rodrigo Mattar disse:

      Juninho, acho que ficarão com equipes particulares. Os carros ainda são competitivos.

      O que foi anunciado é que o Yvan Muller está fora do WTCC em 2017 e o José María López , além de disputar a Fórmula E pela Virgin/DS Racing, pode parar no WEC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *