MENU

26 de novembro de 2016 - 20:15Automobilismo Nacional

500 Milhas de Londrina: Tornado se isola no início da reta final

LONDRINA - Já estamos na reta final da 25ª edição das 500 Milhas de Londrina. O forte calor neste sábado – felizmente – não trouxe a chuva e a corrida se encaminha para terminar no total previsto de 263 voltas e não no máximo de 7h que os organizadores fixaram como tempo limite para uma das corridas mais tradicionais do Endurance nacional.

E não só o calor foi um fator numa corrida longa. Os problemas técnicos também. O Lamborghini #36 voltou, só que o câmbio do carro está travado em 6ª marcha e de lá não sai. O Predador, pole position da disputa, teve um acidente por conta da quebra da manga de eixo do protótipo. Também o MCR Audi Turbo #46 da Ferreirinha Motorsport se afastou do pódio após um problema pouco usual: derreteu o fio das lanternas do freio.

Assim, vai liderando o carro que teve menos problemas: o Tornado com motor Suzuki Hayabusa de 1,3 litro surpreende e lidera na geral, passadas mais de 200 voltas e pouco mais de 5h de disputa. A vantagem é confortável: quatro voltas para o Spyder VW de Leandro “Marvado” Totti e Maicom Tumiate. O 1R da SP Mec está em 3º lugar com Fernando Ohashi/Emílio Padron/Fernando Fortes já a seis voltas, enquanto o MRX Honda Mugen #32 da MC Tubarão segue em quarto, agora sete voltas atrás.

Antigos vencedores das 500 Milhas, Bley Júnior/Aloysio Moreira estão na quinta colocação. Não ameaçam os que estão à frente e não são ameaçados pelo Cobalt V8 #25 de Edras Soares/Ney Faustini. O protótipo Spyder #99 da Friato Racing, chefiada por Cesinha Bonilha e que tem a bordo Enrico Pucci e Felipe André – além do próprio Bonilha, teve alguns probleminhas há alguns minutos atrás e baixou para sétimo na geral. O valoroso VW Gol da Paline Racing deve faturar em sua categoria, ocupando neste momento o 8º posto.

E o top 10 tem outros dois VW Gol, estes atendendo ao regulamento do Regional de Marcas, com pneu radial: o #98 da trinca Lucas Inoue/Marcos Romera/Marcio Imagava tem seis voltas de frente para o #17 de Júlio Bueno/Alexandre Vaz/Marcelo Cordeiro. O Fusquinha de Claudemir Moises/Julio Saravy sobrevive e está num excelente 13º lugar na classificação geral.

Dos 30 carros que oficialmente estavam na bandeira verde, sete estão oficialmente fora da disputa. O último a abandonar foi o VW Gol 2 litros #30 de Rodrigo Tassi/Algacir Sermann em razão de um problema de motor. Antes de deixar as 500 Milhas, Duda Bana deixou sua marca – fez a melhor volta da prova em 1’14″443, na 95ª passagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>