AsLMS: 30 carros aguardados para a etapa de Fuji

A
2d80f6df-113a-4032-b368-1361c271faea
A Jackie Chan DC Racing venceu na abertura do campeonato em Zhuhai e encabeça os favoritos à vitória nas 4h de Fuji, próxima etapa do Asian Le Mans Series 2016/17

 

RIO DE JANEIRO – Segunda etapa do Asian Le Mans Series (AsLMS), as 4h de Fuji serão a última corrida da categoria neste ano. O certame terá ainda mais duas provas, previstas para 2017, depois desta no Japão. A corrida marcada para o próximo dia 4 tem 30 carros na lista provisória de inscritos anunciada nesta quinta-feira.

São aguardados 14 protótipos – quatro LMP2, nove LMP3 e um CN – e mais 16 modelos de Grã-Turismo. Metade do grid é da categoria GT e um solitário Porsche GT Cup deve compor o plantel na única categoria que não esteve representada na abertura do campeonato em Zhuhai.

Lista de inscritos para as 4h de Fuji AQUI

Entre os quatro LMP2 – os mesmos que correram na China – novidades: o alemão Fabien Schiller compondo com Struan Moore e Giorgio Maggi a tripulação do Oreca #8 da Race Performance. A Algarve Pro Racing faz um pequeno ajuste no seu lineup de pilotos, já que Mark Patterson e Jonathan Hirschi foram convocados para guiar o #24 junto a Tacksung Kim. Isto faz com que Andrea Roda vá para o #25, no qual Nicky Catsburg participou da primeira corrida.

Vencedora na etapa inaugural, a Jackie Chan DC Racing pode ter um terceiro piloto para guiar o #35 junto com Ho-Pin Tung e Gustavo Menezes. Eles lideram o campeonato com 25 pontos, contra 18 de Tacksung Kim/Andrea Roda/Matthew McMurry e 16 de Andrea Pizzitola/Michael Munnemann/Nicky Catsburg.

1ae76269-dff9-47a6-b420-34d2cc4dff6b
A classe GT vai responder por exatamente metade dos 30 carros aguardados na próxima etapa

Na LMP3, são aguardados os mesmos nove bólidos que disputaram a prova inaugural do campeonato. O único asterisco está na G-Print by Triple 1 Racing: Julio Acosta correu em Zhuhai, mas o nome do piloto colombiano não aparece na prévia de inscritos para Fuji. Hanss Lin segue sem companheiro de equipe, ao menos por enquanto. A DC Racing, campeã do ano passado, começou a temporada do mesmo modo que terminou a anterior: David Cheng/Pu Jun Jin/James Winslow lideram com 25 pontos, seguidos por Nigel Moore/Phil Hanson com 18, Hanss Lin/Julio Acosta com 15, Miro Konopka/Darren Burke/Mike Simmpson com 12, Neale Muston/Constantin Calko com 10 e Richard Bradley/Wiliam Lok/Philippe Descombes em 6º lugar, com nove pontos. O único protótipo CN será mais uma vez inscrito pela PS Racing – este carro só completou 37 voltas em Zhuhai.

O plantel da classe principal de Grã-Turismo tem pelo menos uma novidade: o Team Audi Korea inscreve – com suporte técnico da Phoenix Racing Asia –  um R8 LMS que tem entre os pilotos o ex-Fórmula 1 Alex Yoong – lembram dele? Esse carro substitui o #66 da TianShi, que foi o primeiro a desistir na China. A Ferrari 488 GT3 do Team BBT, que pegou fogo durante as voltas de abertura dos boxes para a formação do grid, deve ser reconstruída a tempo de participar da etapa em Fuji.

Malaysian Grand Prix Race
A Lamborghini Huracán da VSR vai de Yuhi Sekiguchi na prova de Fuji, no lugar do sul-africano Adrian Zaugg

Entre os pilotos, a VSR do italiano Vincenzo Sospiri chamou o local Yuhi Sekiguchi para andar no Lamborghini Huracán #6 ao lado de Corey Lewis e Kei Cozzolino. E o austríaco Philipp Eng foi convocado pelo Team AAI para substituir Xavier Maassen na segunda BMW M6 que o time de Taiwan deve inscrever para a corrida do Japão.

A Spirit of Race venceu em Zhuhai e lidera o campeonato: Nayrat Muzayyin/Rui Águas/Marco Cioci comandam a classificação com 26 pontos, seguidos por Mok Weng Sun/Keita Sawa/Matt Griffin com 18, Kei Cozzolino/Adrian Zaugg/Corey Lewis com 15, Michele Rugolo/Fréderic Vervisch/Chaoyin Wei com 12 e Cong Fu Cheng/Alessio Picariello/Steven Lin somando 10 pontos e completando os cinco primeiros colocados.

O único GT Cup é o Porsche da TKS, equipe do Japão: o #96 será guiado por Takuma Aoki/Shigeto Nagashima/Shinyo Sano.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames