MENU

2 de janeiro de 2017 - 19:28Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (353)

mag-br81

RIO DE JANEIRO – O piloto do carro que ilustra mais este Túnel do Tempo no blog é o aniversariante do dia. Trata-se do italiano Giuseppe Gabbiani, mais conhecido como “Beppe” Gabbiani, que esteve na Fórmula 1 nos anos 1970 e 1980. Hoje, Gabbiani completou seis décadas de vida.

Nascido em 2 de janeiro de 1957 na cidade de Piacenza, Gabbiani começou sua carreira nos karts em 1971. Conquistou cinco títulos naquela modalidade, incluindo um Mundial Júnior em 1974. Passou para os monopostos, correndo na Fórmula Itália e depois na Fórmula 3 europeia, onde foi rival de Nelson Piquet, competindo pela equipe Trivellato – a mesma em que Riccardo Patrese ganhara o campeonato no ano de 1976.

A estreia na F1 aconteceu numa circunstância pouco agradável: além da pouca experiência, já que tinha apenas 21 anos, “Beppe” entrou no Team Surtees, com um carro fraco e substituindo o “Gorila de Monza” Vittorio Brambilla, gravemente ferido num acidente na largada do GP da Itália de 1978. Óbvio que Gabbiani não se classificou para os GPs dos EUA-Leste, em Watkins Glen e Canadá, em Montreal.

Na F2, conquistou o 5º lugar no Europeu de 1979 e em 1981 voltou à Fórmula 1. Contratado por Enzo Osella para disputar a temporada completa, fez apenas três GPs – EUA-Oeste (em Long Beach), San Marino e Bélgica. Não terminou nenhuma das três corridas e ainda colecionou 12 desclassificações ao longo do campeonato. Jean-Pierre Jarier, com um carro idêntico, conseguiu várias largadas e posições de chegada bastante interessantes.

Sem chances na Osella, “Beppe” voltou para a Fórmula 2: em 1982 foi 5º colocado com um Maurer-BMW e no ano seguinte, pela equipe Onyx com um March-BMW, ganhou quatro provas, mas foi apenas o 4º colocado na classificação do campeonato. Acabou desistindo dos monopostos pouco tempo depois. Nos Carros Esporte, disputou cinco vezes as 24h de Le Mans, além de provas do FIA GT e de Superturismo. Encerrou a carreira de piloto de competição em 2008.

Há 36 anos, direto do túnel do tempo.

Compartilhar

1 comentário

  1. Jacob Lindener disse:

    Boa tarde Rodrigo!
    Se quiser, dê uma olhada nesse vídeo:
    https://www.youtube.com/watch?v=xXIVxBN8078&feature=youtu.be
    Talvez seja uma boa sugestão para um túnel do tempo.
    Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *