MENU

14 de fevereiro de 2017 - 07:12Automobilismo Nacional

Mais do mesmo

RIO DE JANEIRO (Não gostei…) – A julgar pelo que li no Grande Premium, o automobilismo brasileiro vai continuar na base do “mais do mesmo” na administração de Waldner Bernardo, o “Dadai”, como sucessor de Cleyton Pinteiro.

Sabem por que? Simples… achei as respostas às ótimas e pertinentes perguntas do Victor Martins e sua equipe um tanto quanto vagas, às vezes beirando a falta de paciência. Acho que o sr. Waldner Bernardo precisa primeiro melhorar o trato com a imprensa, porque não começou muito bem. Deveria ter sido menos evasivo em pontos delicados, principalmente quando o tema foi o Autódromo de Jacarepaguá, que a última gestão decisivamente ajudou a destruir, junto aos vilões que já conhecemos de cor e salteado.

E vir exigir que as críticas sejam “construtivas”? Ora… se a CBA seguir o modus operandi da pífia administração anterior, que afundou o esporte na lama, vamos bater pesado, sim senhor.

Cada vez mais fico com a impressão que se perdeu uma oportunidade gigante de mudança no esporte a motor deste país.

E vocês, leitores?

Compartilhar

6 comentários

  1. OZZMAIR disse:

    Se perdeu a chance no automobilismo , assim como em todas as instituições. Esse país respira por aparelhos , infelizmente meu caro Rodrigo.

    Um abraço e parabéns (bem atrasado) pela transmissão das 24hs de Daytona , foi louco!!!

  2. Roberto Borges disse:

    Como em todas as outras esferas nesse Brasil, perdemos sim uma boa chance de mudança. Concordo plenamente!
    Não sei, sinceramente, o que esse pessoal espera do futuro. Estão destruindo tudo, como se diz, matando as galinhas dos ovos de ouro.

  3. Vinicius disse:

    Brasil sil sil!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  4. highdownforce disse:

    Também achei as respostas de muita má vontade.

  5. Glauter disse:

    Pelo que entendi, o cara concedeu a entrevista achando que seria ovacionado e receberia votos de incentivo para “continuar com o excelente trabalho da gestão anterior”. Já começou mal pelo simples fato de não aceitar críticas.

    Eu realmente não creio que será mais do mesmo… Será pior ainda!

    Off- Topic: Campanha Rodrigo Mattar e Edgard Mello Filho fixos na transmissão da NASCAR em 2017!!!

  6. Alessandro Neri disse:

    O automobilismo brasileiro, assim como o próprio país, jaz inerte na UTI. Com sinais vitais cada vez mais fracos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *