MENU

26 de abril de 2017 - 17:10Supercars Series

Supercars: Ford domina em Phillip Island

coulthard-630x354

Fabian Coulthard é o novo líder do Supercars na Austrália

RIO DE JANEIRO – Os Ford Falcon FG X foram as grandes vedetes da 3ª rodada do Supercars Series australiano, disputada neste fim de semana em Phillip Island, no estado de Victoria. O espetacular circuito à beira do mar foi o palco dos triunfos de Fabian Coulthard, da DJR Team Penske e de Chaz Mostert, com o carro preparado pela Rod Nash Racing e assistido pela Prodrive Racing Australia.

Mas não foi fácil para ninguém: os pneus macios fornecidos pela Dunlop foram responsáveis por um recorde negativo registrado no fim de semana. Houve 17 furos de pneus – só na etapa de sábado.

Com a vitória no sábado e um 17º lugar na corrida seguinte (mercê uma punição), mesmo assim o primo distante do ex-piloto de Fórmula 1 David Coulthard é o novo líder do campeonato, superando Shane Van Gisbergen – que teve como melhor resultado a quarta posição na corrida de abertura da rodada dupla – por sete pontos (568 a 561).

Com o outro carro da Penske, Scott McLaughlin foi o mais rápido do fim de semana: fez as duas pole positions e a volta mais rápida nas duas provas disputadas sábado e domingo. Mas o piloto do carro #17 acabou apenas em 10º e décimo-quarto ao final das disputas, prejudicado primeiro por uma penalização e depois por um erro de estratégia de sua escuderia.

O multicampeão Jamie Whincup salvou um 2º lugar no sábado, seguido por Garth Tander no Holden da Garry Rodgers Motorsport. A boa surpresa foi David Reynolds conquistando um pódio na etapa do domingo, logo atrás de Mark “Frosty” Winterbottom, campeão da série em 2015.

Quem anda bem apagado neste início de campeonato é Craig Lowndes, que sofreu o acidente mais forte do fim de semana, durante os treinos. O piloto da Triple Eight Race Engineering foi 12º (após uma penalização por cruzar a linha rápida nos pits) e 23º colocado no fim de semana. Em contrapartida, Simona de Silvestro mostrou progressos e alcançou o melhor resultado dela na temporada – décimo-terceiro, em ambas as corridas. A suíça ocupa o 19º lugar na classificação com 273 pontos.

A próxima etapa é em Perth, no circuito de Barbagallo, nos dias 6 e 7 de maio.

Classificação após três rodadas e cinco corridas (*)

1. Fabian Coulthard (Ford) – 568 pontos
2. Shane Van Gisbergen (Holden) – 561
3. Chaz Mostert (Ford) – 531
4. Jamie Whincup (Holden) – 522
5. Scott McLaughlin (Holden) – 471
6. Garth Tander (Holden) – 444
7. Cameron Waters (Ford) – 427
8. Mark Winterbottom (Ford) – 417
9. Craig Lowndes (Holden) – 368
10. James Moffat (Nissan) – 360

(*) A corrida #1 de Symmons Plains foi cancelada e não houve pontuação

Compartilhar

5 comentários

  1. Wellington disse:

    Ola Rodrigo,

    Se me permite uma pequena correção… Scott McLaughlin não sofreu com furos, ele tomou uma punição igual a do Lowndes no Sábado (junto com o SVG e mais metade do grid – por uma bobagem que a direção de prova inventou), e no Domingo a equipe fez uma tática diferente para ele (que estava atrás de Fabian e creio que não queriam deixa-lo preso no congestionamento nos pits naquele primeiro safety car).

    No Domingo…. cara que coincidência estranha tanto o Whincup e o Shane terem na mesma volta o mesmo pneu traseiro direito furado né?

    Agora, eu espero não estar ficando louco… mas só eu acho que a direção de prova esta tentando prejudicar a DJR penske? qualquer bobagem que eles façam que possa ser interpretado como uma infração vira uma punição… tá eu sou fã do Scott McLaughlin, e claro ele esta na DJR… mas pó… em Adelaide ele tomou uma punição por aquecer os pneus quando o safety car tinha acabado de apagar as luzes (mas ele estava lá no fim do grid, e putz ficar 5 segundos a mais que os outros não fazem tanta diferença pro tamanho da punição que tomou…) na terceira corrida (a do strike coletivo), a caca que ele fez no safety car de entrar pros pits na bandeira vermelhas e que deixou os 888s na frente seria normal, se não fosse o fato de a direção de prova querer reiniciar a corrida a noite! se não fossem os donos das equipes reclamar os pontos teriam valido… e agora… essa punição ai da linha rápida do pit, eu estava vendo a corrida, e só o Scott McLaughlin estava sob investigação… ai saiu a punição, 15s no pit, e só… ai um bom tempo depois, quando a TV achou os outros fazendo a mesma coisa, e perguntando o porque só ele tomou punição, do nada aparecem as “investigações dos outros pilotos”´e a punição a eles, era só a TV mostrar outro piloto e pimba… pó todo mundo entrou ao mesmo tempo naquele pitstop e fez igualzinho… e só viram ele!? posso esta maluco, mas a cada corrida me parece que eles ficam procurando e só querem prejudicar a DJR… não vou nem entrar no mérito de quem seria (em todos os casos) o grande favorecido ai…. 888s….. e eu sei que regras são regras… mas nossa… bom senso não faz mal a ninguém… tem coisa que acontece sem querer e sem favorecer ninguém… e nem colocar ninguém em risco, as punições nessa corrida do Sábado foram assim, e a culpa foi da direção de prova que não colocou um cone para limitar a entrada do pit (o que ela fez no Domingo)….
    Espero realmente que eles parem de pensar que ali é a Formula 1… pq já encheu… deixem os pilotos correrem! quero ver os 888s e os DJRs se pegarem na pista! Todos queremos ver o melhor vencendo, independente de quem seja!

    Estarei eu louco ou paranoico? hahhahaha

    Diga ai Rodrigo sou eu ou a nessa doideira minha pode ter algo?

    aaa e se puder me responder (caso saiba) uma coisa… Porque o pole position sempre larga do lado sujo? em todas as categorias o pole sempre larga no mínimo no lado limpo, as vezes até um pouco a frente… mas aqui na supercars o pole sempre larga lado a lado e ainda no lado sujo… e eu nunca entendi o porque já que isso prejudica o pole, dando ao segundo no grid uma grande vantagem….

    • Rodrigo Mattar disse:

      O Fabian Coulthard já levou 35 pontos de punição e isso porque temos apenas três corridas disputadas até agora no campeonato.

      • Wellington disse:

        Punição dada porque ele estava no meio de um Sanduíche entre dois carros da Nissan saindo da curva 2, o cara nem viu o Rick Kelly ao lado dele, o cara não tinha o que fazer ai se tocaram e o strike acabou acontecendo… nada de anormal e o cara toma isso de punição!

        Nem comento a que ele tomou nesse fim de semana… porque o sinal estava vermelho na saída do pit, para impedir que os carros saiam antes do safety car passar com o pelotão… mas ele já tinha passado… a tempos….

        acho que temos uma conspiração… hahahah

  2. Pedro Ribeiro disse:

    Tá aí um campeonato digno de passar durante a madrugada ao invés dos VTs da série B…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *