MENU

24 de maio de 2017 - 17:46Nascar

Nascar antecipa novidades para 2018

i (1)

“Roval”: com 13 curvas e 2,42 milhas de extensão, o misto de Charlotte será o primeiro nesta configuração a fazer parte do calendário do Playoff da Nascar a partir da próxima temporada. O calendário de 2018 foi divulgado com diversas novidades

RIO DE JANEIRO – Estamos em maio e faltam menos de sete meses para o ano corrente terminar. E a Nascar já apresenta calendário para o ano de 2018 em todas as suas três principais divisões, provando mais uma vez o quão a categoria é profissional, exemplar e organizada.

Não apenas isso: o próximo campeonato terá mais períodos de folgas para equipes e pilotos da Monster Energy Cup Series e remanejamentos importantes nas datas e na dinâmica do Playoff, que pela primeira vez passa a contar com um circuito misto desde a introdução do formato de disputa de título em 2004.

Os puristas hão de alegar o contrário, mas o que há no Charlotte Motor Speedway é um traçado misto já experimentado em testes por AJ Allmendinger em janeiro – e que, pelo visto, agradou. Tanto que foi aprovado. Na versão “roval”, a pista terá 13 curvas e 2,42 milhas de extensão, equivalentes a 3,893 km. Com exceção de um pequeno trecho de aproximação da curva 1 do oval, o restante do traçado de 1,5 milha de extensão será utilizado. É uma forma de agradar aos fãs da categoria que sempre pediam um misto no Playoff – embora nas redes sociais muitos desses fãs tenham sido refratários à escolha da Nascar, que até faz sentido por Charlotte ser um dos circuitos mais icônicos do calendário. A corrida que acontece em 30 de setembro e fecha a primeira fase da decisão do campeonato da divisão principal terá 500 km de percurso e não 500 milhas, como normalmente será até este ano.

A introdução do “roval” de Charlotte não é a única alteração significativa: a pista de New Hampshire perde uma de suas datas e o Las Vegas International Speedway, como já era esperado, passa a sediar duas corridas. Chicagoland troca de data com Indianápolis: a pista de Joliet vai para Julho e o templo sagrado da Fórmula Indy terá sua Brickyard 400 organizada em setembro.

Detalhe: essa prova passa a ser a 26ª do calendário de 36 corridas – última antes do início do Playoff, que agora começa em Vegas e terá também o oval de Richmond, como nova aquisição no lugar justamente de Chicagoland.

O campeonato também vai começar com antecedência de uma semana. Tradicionalmente realizada no último domingo de fevereiro, a Daytona 500 será no dia 18 daquele mês. Os finais de semana de 1º de abril, 17 de junho e 25 de agosto não terão corridas da divisão principal. O All-Star Race será de novo num sábado, desta vez em 19 de maio.

As datas da Monster Energy Cup Series em 2018:

11/02 – Daytona Clash/Daytona Qualifying
15/02 – Daytona Duels
18/02 – Daytona 500
25/02 – Atlanta
04/03 – Las Vegas
11/03 – Phoenix
18/03 – Auto Club (Fontana)
25/03 – Martinsville
08/04 – Texas
15/04 – Bristol
21/04 – Richmond
29/04 – Talladega
06/05 – Dover
12/05 – Kansas
19/05 – Monster Energy All-Star Race (Charlotte)
27/05 – Charlotte 600
03/06 – Pocono
10/06 – Michigan
24/06 – Sonoma (Misto)
01/07 – Chicagoland
07/07 – Daytona 400
14/07 – Kentucky
22/07 – New Hampshire
29/07 – Pocono
05/08 – Watkins Glen (Misto)
12/08 – Michigan
18/08 – Bristol
02/09 – Darlington
09/09 – Brickyard 400 (Indianápolis)
16/09 – Las Vegas
22/09 – Richmond
30/09 – Charlotte (Misto)
07/10 – Dover
14/10 – Talladega
21/10 – Kansas
28/10 – Martinsville
04/11 – Texas
11/11 – Phoenix
18/11 – Homestead-Miami

Calendário da Xfinity Series:

17/02 – Daytona
24/02 – Atlanta
03/03 – Las Vegas
10/03 – Phoenix
17/03 – Auto Club (Fontana)
07/04 – Texas
14/04 – Bristol
20/04 – Richmond
28/04 – Talladega
05/05 – Dover
26/05 – Charlotte
02/06 – Pocono
09/06 – Michigan
17/06 – Iowa
30/06 – Chicagoland
06/07 – Daytona
13/07 – Kentucky
21/07 – New Hampshire
28/07 – Iowa
04/08 – Watkins Glen (Misto)
11/08 – Mid-Ohio (Misto)
17/08 – Bristol
25/08 – Road America (Misto)
01/09 – Darlington
08/09 – Indianápolis
15/09 – Las Vegas
21/09 – Richmond
29/09 – Charlotte
06/10 – Dover
20/10 – Kansas
03/11 – Texas
10/11 – Phoenix
17/11 – Homestead-Miami

Calendário da Camping World Truck Series:

16/02 – Daytona
24/02 – Atlanta
02/03 – Las Vegas
24/03 – Martinsville
04/05 – Dover
11/05 – Kansas
18/05 – Charlotte
08/06 – Texas
16/06 – Iowa
23/06 – Gateway
29/06 – Chicagoland
12/07 – Kentucky
18/07 – Eldora
28/07 – Pocono
11/08 – Michigan
15/08 – Bristol
26/08 – Canadian Tire (Misto)
14/09 – Las Vegas
13/10 – Talladega
27/10 – Martinsville
02/11 – Texas
09/11 – Phoenix
16/11 – Homestead-Miami

7 comentários

  1. Cristiano disse:

    Organização em outro nível… tenho uma dúvida, na série principal quantas provas não contam pontos para o campeonato?

  2. Vinicius disse:

    Na minha modesta opinião, não colocaria Richmond no playoff, pois é uma pista um pouco sem graça, e também colocaria outra pista no lugar de Phoenix na penúltima prova… Mas ter um circuito misto no playoff é sensacional!!

  3. Fernando Silva disse:

    Goltei das alterações, principalmente da inclisão de um traçado misto no play off. A Nascar, por vezes, pode errar aqui ou ali, de vez em quando, mas ninguém pode falar que não ouvem os fãs ou não tentam tornar a categoria ainda mais competitiva.

  4. João Ferreira disse:

    Eita, o que a NASCAR tá pretendo com este circuito misto em Charlotte?

    Enfim, eu gostei, mas vamos combinar, tem tanto circuito misto que poderiam correr hein, imagina Hermano Rodriguez, Road America e Laguna Seca.

    • Fabio disse:

      O grande problema, João, é que metade das pistas do calendário são propriedade da própria Nascar (através da ISC) e a outra metade é da Speedway Inc. Então infelizmente, os interesses dos acionistas falam muito mais alto do que o dos fãs.

      O pessoal lá nos EUA estava “reclamando” de que o misto que todo mundo pede não é essa gambiarra em Charlotte, faz tempo, desde as primeiras sugestões de que isso poderia acontecer. Porém, o “dono” da data é a Speedway Inc., que não iria abrir mão do evento na sua propriedade.

      Sinceramente, pra mim, essa inclusão me soou os temos de Bernie botando DRS porque os fãs queriam mais ultrapassagem na F1. No melhor estilo “é isso que vocês querem? tá aí!”, mas num era beeeeem isso né! hahahahaha

  5. D Junior disse:

    Puxa… e eu que já estava me programando para ver a prova em Chicagoland em setembro do ano que vem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *